TELEFONE E WHATSAPP 9 8266 8541 | Quem Somos | Anuncie Já | Fale Conosco              
sitedagranja
| Newsletter

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

Receba nosso informativo semanal


Aceito os termos do site.


| Anuncie | Notificações
TENHA NOSSAS NOTÍCIAS DIRETO NO WHATSAPP, CLIQUE AQUI.
Voltar

30/08/2021

Obras na Raposo começam pela ligação do Parque São George ao Jardim da Glória


As obras de melhorias na rodovia Raposo Tavares podem começar ainda este ano, em outubro. E serão executadas no período noturno, segundo anunciou nesta segunda-feira (30) o Prefeito de Cotia Rogério Franco, durante coletiva com a imprensa. 

A obra, que será licitada pelo governo do Estado nos próximos dias, contempla intervenções do km 23,2 ao km 26,8. 

A prefeitura chegou a anunciar que o investimento seria de R$ 132 milhões, mas durante a coletiva, o prefeito, respondendo a uma pergunta de Thereza Franco, do Site da Granja, disse que o custo será de até R$ 96 milhões que serão pagos pelo Estado. À prefeitura caberá arcar com o custos das desapropriações, que segundo o prefeito estão em torno de R$ 30 milhões, além das melhorias nas vias internas. 

As obras serão divididas em três fases e, na primeira, haverá intervenção nas proximidades do km 24,800, onde será construída uma nova transposição sobre a rodovia, e o trevo do km 26, que deverá ser adequado e melhorado. 

Um viaduto sobre a rodovia, no km 24,820, ligará a Rua Mazel à Rua dos Manacás, que funciona como uma marginal leste da SP-270. Esta intervenção será ainda complementada com a implantação de uma nova ligação entre a Rua dos Manacás e a Avenida das Acácias e implicará na remoção da passarela existente naquele local.

Ciclofaixa

Embora não esteja neste projeto, a região também deve receber uma ciclofaixa, obra que vem se arrastando desde 2020 e deve ligar o Parque Teresa Maia ao Parque Cemucam, passando pelas ruas Direita e Denne. 

No trevo do km 26, na lista Leste da rodovia, será feita uma remodelação das alças do trevo parcial existente (projeção da Estrada Embu), além de nova opção de viário municipal.

A segunda fase do projeto abrange três localidades: as proximidades do km 26,500, onde haverá uma nova transposição sobre a rodovia no alinhamento da Avenida José Giorgi; uma marginal e outras melhorias do lado da Pista Leste, na altura do km 27,500; e uma faixa adicional, também na Pista Leste, na continuidade do trevo do km 26.

Também nesta fase será feita a transposição no km 26,500, da Avenida José Giorgi para a Pista Leste, sentido capital, e a implantação de Via Marginal e Acesso, km 27,500, Pista Leste - uma nova pista lateral às margens da Rodovia Raposo Tavares, do lado da Pista Leste (sentido capital), entre o km 27,600 e o km 27 (Avenida Sir Henry Welcome), além de ampliação e melhorias na própria Pista Leste, próximo do entroncamento com a Estrada da Capuava. 

Entre os kms 25 e 26, sentido capital, será implantada uma faixa adicional desde a alça de entrada até a marginal que se inicia no km 25. Uma nova via de ligação entre a Estrada Velha de Cotia e a Estrada Embu.

Já a fase três do projeto prevê grandes reformulações nas proximidades do trevo da Granja Viana, altura do km 22,800. O dispositivo existente é um trevo parcial que conecta a estrada com a Avenida São Camilo, que se constitui na principal via de entrada à Granja Viana. 

O prefeito também explicou que a famosa “mão inglesa” que dá acesso ao Shopping Open Mall e é uma das responsáveis pelo trânsito na Raposo, deixará de existir. O acesso àquela região será feito por meio de um novo retorno. Questionado sobre o por quê desse trecho, sendo o principal causador do trânsito, ter ficado por último, o prefeito concordou com o fato e disse aos jornalistas que irá conversar com o DER para tentar inverter a ordem do cronograma.

Obras no período noturno

Segundo o prefeito, uma das condições que ele pediu que constasse no edital de licitação, é de que as obras deverão ocorrer no período noturno – das 21 às 05h, “para que a gente não tenha esse transtorno. No horário de pico já é difícil, imagine com as obras”. Rogério Franco reiterou que não haverá pedágio na rodovia.  

Ao responder outra questão do Site da Granja sobre o fato de o Projeto de mobilidade ter dado prioridade para veículos, descartando outros modais de transporte, como bicicleta ou transporte de massa, tendo em vista que o estudo verificou que os principais causadores de trânsito eram os próprios moradores da cidade, Rogério Franco retificou o estudo apresentado à época. “Alguns estudos eram apenas especulativos. Descobrimos com estudos de fluxo de tráfego que não era essa a informação. A maioria dos carros que utilizam a Raposo no horário de pico são de outros municípios. Não temos dúvidas de que algumas intervenções internas têm que ser feitas, mas vamos por partes”. Acrescentou que a prioridade será executar esse projeto da Raposo, mas que tem projeto específico para os bairros para que as pessoas possam circular sem ter que utilizar a rodovia. 

Vias internas

O projeto completo prevê melhorias também em vias internas da Granja Viana, mas o cronograma ainda não foi divulgado pela prefeitura, uma vez que depende do andamento das desapropriações. Segundo Franco, algumas áreas foram cedidas por comerciantes, outras ainda estão trâmites.

A novidade está na ligação entre o Parque São George e avenida José Giorgi passando por dentro do Pequeno Cotolengo. A área em que passará a estrada será na parte dos fundos e já foi vendida pra um grande grupo logísitico. “Serão 370 mil metros quadrados de galpão, gostei muito do projeto”, disse o prefeito. O projeto está em aprovação na prefeitura e a contrapartida deste empreendimento será preparar o sistema viário.

Abaixo, alguns destaques da obra que envolvem as vias internas na Granja Viana: 

  • Implantação de mão única na São Camilo sentido Raposo e também no atual viaduto do km 22,800
  • Ampliação da marginal do Shopping Granja Vianna até o km 21, onde deverá ser construído um novo viaduto, e com isso, será criada uma faixa margeando a rodovia por quase dois quilômetros
  • Criação de rotatória no cruzamento da São Camilo com a José Felix
  • Criação de via alternativa à José Felix passando pelo Hospital São Camilo, sentido Raposo
  • Será aberta uma nova via ligando as ruas Dom Joaquim com a José Felix de Oliveira
  • Criação de nova via ligando a Rua José Felix à São Camilo
  • Ampliação de faixas em alguns trechos da Raposo
  • Implantação de rotatória no encontro da São Camilo com a rua Roma
  • Implantação de rotatória no encontro da José Felix com rua Nova Amazonas
  • Implantação de uma nova via que partirá da rotatória da José Felix com São Camilo, ligando à rotatória da José Felix com a Nova Amazonas
  • Também está prevista uma via que criará uma ligação com a rua Roma, partindo da nova via que será aberta entre a José Felix e a Nova Amazonas. Neste encontro de novas vias também está prevista uma rotatória
  • Implantação da Via Cotolengo ligando a José Giorgi ao Parque São George
  • Ampliação de faixa da Raposo no sentido São Paulo, na altura do km 25 até o Bem-te-vi e Rua Mesopotâmia
  • Implantação de uma via ligando a Estrada do Embu à Estrada Velha de Cotia
  • Implantação de uma nova via também no km 26 dando acesso direto da José Giorgi à Raposo sentido São Paulo.

Outros assuntos foram mencionados na coletiva, como Violência Contra a Mulher, Acessibilidade, Verticalização X Desmatamento, temas que merecem mais informações e que serão destaque do Site da Granja em breve, aguardem!

Conheça o projeto completo

Assiste um trecho da coletiva. 


(Por Sonia Marques)


 

Pesquisar




X









































© SITE DA GRANJA. TELEFONE E WHATSAPP 9 8266 8541 INFO@GRANJAVIANA.COM.BR