TELEFONE E WHATSAPP 9 8266 8541 | Quem Somos | Anuncie Já | Fale Conosco              
sitedagranja
| Newsletter

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

ASSINAR

| Anuncie Aqui
Voltar

06/10/2020

Granjeiros sequestrados

Um alerta para a região próxima da saída da Raposo para o Rodoanel


Um casal de granjeiros estava com a filha bebê em seu carro nas proximidades da saída da Raposo Tavares para o Rodoanel quando um veículo Hyundai preto os fechou e já desceram armados, forçando a entrada no carro do casal. Isso aconteceu na noite de quarta-feira (30/09).

Era só o começo de momentos de muita aflição. Os levaram para um local bem escuro e lá separam o casal. O marido ficou no próprio carro com o bandido, a esposa foi levada pra outro carro com a criança e outros bandidos.

Então foram levados para uma comunidade, que nem sabem onde era pois estavam abaixados no carro com armas apontadas para suas cabeças. Na comunidade, foram presos em um barraco sem janelas e obrigados a passar seus documentos , celulares, senhas dos aplicativos e cartões. “Eles diziam o tempo todo que se meu marido errasse as senhas, eles nos matariam, a mim e a nossa bebê, na sua frente”, conta a esposa.

Ela conta que mesmo depois de terem passado tudo, ainda ficaram no barraco com cinco bandidos até por volta da meia noite e meia. Então os levaram para uma viela e um deles veio com o carro do casal. Os três foram colocados no carro do casal novamente, ainda lhes tomaram mais alguns objetos pessoais, inclusive alianças, e os deixaram na saída para a Raposo sentido Cotia. Antes de sair do carro ainda avisaram que não era para irem até a delegacia pois estariam sendo vigiados. Foram direto pra casa. “O medo era tanto que antes de chegar no condomínio, meu marido ainda parou para ver se não havia nenhum bandido do porta-malas”, conta a sequestrada.

Agora eles lutam para recuperar o dinheiro sacado no sequestro. Segundo o banco, mesmo com o B.O. o dinheiro não é devolvido quando o saque é feito com as senhas do sequestrado.

A granjeira, que preferiu não se identificar, fez questão de passar esse alerta para que outras pessoas não passem pelo que ela passou.  “Estando de noite nas ruas da região e mesmo na Raposo, não dirijam muito devagar para evitar esse tipo de abordagem”, aconselha. 


 

Pesquisar




X



















© SITE DA GRANJA. TELEFONE E WHATSAPP 9 8266 8541 INFO@GRANJAVIANA.COM.BR