TELEFONE E WHATSAPP 9 8266 8541 | Quem Somos | Anuncie Já | Fale Conosco              
sitedagranja
| Newsletter

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

ASSINAR

| Anuncie Aqui

Planeta Eu

16/07/2012

O chinês e o quebra cabeça


Espiar embaixo do manto, ver Deus ali construindo o mundo. Como Gepeto, sua oficina e Pinóquio. Como Papai Noel na fábrica de brinquedos no Polo Norte.

Deus constrói o mundo a cada dia e nosso passatempo preocupado tem sido conjecturar por quanto tempo esse gerenciamento muito à vontade nas mãos do Homem vai se sustentar...

Esse Homem, que tem ouvidos de muito pouco alcance e, portanto apesar de viver numa esfera enorme muito povoada, não escuta muito mais que o barulho de seus pensamentos, incapaz de ouvir um choro logo ali atrás da parede do vizinho. Somos bons em construir, vamos loteando a Terra, dividindo em meu/ seu... mais meu que seu, quando possível.

Mas, você bem sabe, tem um chinês sentindo coisas muito parecidas com o que você e eu sentimos, lá longe, noutra fatia deste planeta bonito. E nem adianta saber disso, é como se não existissem estes tantos que não são nós. Vivemos embriagados pela nossa existência achando que ela é tudo que há. No entanto, agora, milhões de homens, como eu, como você, estão também percorrendo caminhos pela superfície do planeta, criando relações, amizades, atritos...

Pensar nisso me faz formiga num formigueiro, que pode ser banida da existência pela sola de um sapato, um tsunami. Pensar assim é desespero na certa. Fica tudo sem sentido.

No entanto, uma moça, Claudia Piedade, me fala que cada um de nós é uma peça de um enorme quebra cabeça, e que se nós não encontrarmos nosso lugar, nossa peça ficará faltando. Puxa! Então não há tempo a perder falando mal do vizinho, é preciso encarar a vida como uma jornada em busca desse lugar, que, muito possivelmente, está bem aqui, sob nossos olhos, esperando um tanto de silêncio para se fazer presente.

O que sei é que quando alguém nos estende a mão e a conexão acontece fica tudo fácil, até ser peça de quebra cabeça. Quando nos ferimos uns aos outros, aí a vontade é sumir, levantar o manto onde Deus está ali embaixo concentrado e pedir para ele parar o mundo para a gente descer.

Por isso, se puder, aproveite o teu tempo na Terra para ajudar o Chefe: restabeleça ligações importantes que se perderam, estenda a mão, dê folga para as mágoas, fique pertinho, nem que seja só em pensamento: bandeira da Paz dentro do coração...


Veja mais

Você está melhor?
No Baile com Hitler
Ela não veio
Santa ou maligna?
Isso é verdade ?
Sim, ele respondeu!
Ser cantora ou ciumenta?
Pirei na Batatinha!
Leva meu coração?
Eu minto sim!
Nana Nenê!
Os mansos e o presente
Vamos de mãos dadas!
Zezinho Bruce e eu, no Crepúsculo!
Papai Mamãe: um Clássico!
Piquenique com os Seres de Luz!
Sou feia!!
O corpo desobediente! por Jany
Não tem só bem pensar!
Voa Aurélio! por Jany

 


Jany

Escritora e Focalizadora de Dança Circular no UlaBiná.

Pesquisar




X





















© SITE DA GRANJA. TELEFONE E WHATSAPP 9 8266 8541 INFO@GRANJAVIANA.COM.BR