TELEFONE E WHATSAPP 9 8266 8541 | Quem Somos | Anuncie Já | Fale Conosco              
sitedagranja
| Newsletter

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

ASSINAR

| Anuncie Aqui

Planeta Eu

20/11/2013

Manifesto pela Educação


Sabe sobre o Manifesto pela Educação? É o terceiro feito no Brasil e ontem foi entregue ao Ministro da Educação em Brasília e em 30 e tantas cidades no Brasil. Foi escrito por 200 pessoas. Os Românticos Conspiradores.

Sei pouco a respeito, mas sei que quero que as crianças tenham oportunidade de estar em escolas que sejam mais sensíveis e respeitosas com as crianças e adolescentes, e imagino que o Manifesto vá nessa linha. Li pouco dele, mas quero apoiar que se pense em mudanças para a educação.

Tive a sorte de morar num lugar onde existem escolas muito especiais onde meus filhos tiveram a oportunidades de não ficarem "brigados com o conhecimento", onde tiveram muitas horas livres para brincar e se relacionar com crianças de várias idades. Agora no ensino médio eles tem tido muitas experiências felizes na escola.

Quero isso para todas as crianças, não só para os meus. Por isso quando soube que Regina Pundek, Regina Machado, Denis Plapler que são meus "vizinhos" estavam envolvidos nisso quis ajudar.

Cheguei no finalzinho, não fiz praticamente nada, mas estava lá ontem na cerimônia de entrega do Manifesto em Cotia, na Câmera Municipal da minha cidade. A Secretária da Educação não compareceu, apesar de convidada.

Regina Pundek abriu a cerimônia chamando para a mesa as crianças pequenas da sua escola que vieram muito conscientes do que estava acontecendo. Na parte de dentro, onde ficam os vereadores, ela chamou os pais das crianças.

Depois ela contou porque estava ali, que sua trajetória tinha começado quando ela bem nova tinha percebido que a escola "limpinha" que tinha escolhido para seus quase bebês separava os irmãos, que podiam se ver apenas por, acho, 15 minutos no intervalo e que ficavam fazendo exercícios de psicomotricidade para "aprender". Ela foi estudando, estudando e acabou criando sua escola, onde, muitas vezes, vão parar as crianças "problemas" de outras escolas.

O processo de escolha das crianças que foram entregar o Manifesto na Cerimônia foi feito através de sorteio por elas mesmo. Elas sabiam que o Manifesto estava propondo um outro tipo de escola e por isso elas foram convidadas a pensar que escola queriam para as outras crianças. Li várias dessas propostas. Gostei muito de " banho de esguicho e andar descalço!"

Conheço o pessoal da Pedagogia da Sensibilidade, Pedagogia Profunda, Pedagogia Waldorf, Escolas democráticas e a da Regina, que ela diz que se procurar um nome, esse será Pedagogia do Respeito... acho que todas essas pedagogias estão falando da mesma coisa: As crianças não precisam de exercícios de psicomotricidade, apostila igual para todos, recreio de apenas 20 minutos, olhar para a nuca do menino da frente por anos a fio, colar em prova, ficar de sapato o dia inteiro, não tomar banho de esguicho, ficar apenas com as crianças da sua idade, viver em corrida de obstáculo, tipo acabou uma lição e agora outra e outra e outra, serem submetidos ao poder de professores que não ganharam seu respeito, serem avaliados por notas e, pior, reprovados por elas. Não sentirem que faz sentido o que estão aprendendo, sua rotina de aprendizado ser pautada por regras gerais que vem de lugares distantes e não criadas por sua escola com suas características especiais, não terem tempo de ver o conhecimento decantar suave e profundamente dentro de si porque são invadidos por uma avalanche de informações, etc etc...

Penso nas crianças que são expelidas da escola por não terem condições de se adaptar a esse sistema que está aí... ouvi dizer que são 3 milhões no país... não sei se sei o número é correto... sei que uma só, que esteja se sentindo menos por não conseguir se adaptar, já me corta o coração... porque ela se sente assim porque não pulou todos os obstáculos, caiu em algum deles, tem a perninha ferida, o coração partido...

Fui uma delas... fui até o final, fiz faculdade, mas passei dormindo pela escola todos os muitos anos em que estive lá...

Ventos de mudança!

Na foto, meu filho e sua amiga, fazendo trabalho social. A escola possibilitou essa vivência.


Veja mais

Você está melhor?
No Baile com Hitler
Ela não veio
Santa ou maligna?
Isso é verdade ?
Sim, ele respondeu!
Ser cantora ou ciumenta?
Pirei na Batatinha!
Leva meu coração?
Eu minto sim!
Nana Nenê!
Os mansos e o presente
Vamos de mãos dadas!
Zezinho Bruce e eu, no Crepúsculo!
Papai Mamãe: um Clássico!
Piquenique com os Seres de Luz!
Sou feia!!
O corpo desobediente! por Jany
Não tem só bem pensar!
Voa Aurélio! por Jany

 


Jany

Escritora e Focalizadora de Dança Circular no UlaBiná.

Pesquisar




X





















© SITE DA GRANJA. TELEFONE E WHATSAPP 9 8266 8541 INFO@GRANJAVIANA.COM.BR