TELEFONE E WHATSAPP 9 8266 8541 | Quem Somos | Anuncie Já | Fale Conosco              
sitedagranja
| booked.net | Newsletter

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

ASSINAR

| Anuncie Aqui

Minha Vida Animal Voltar

10/06/2015

Envenenamentos... uma triste realidade


Você sabia que os casos de envenenamentos são ocorrências comuns nas clínicas veterinárias, só perdem para os atropelamentos? Nestes casos, os gatos, que já são as maiores vítimas de casos de violência entre os animais domésticos, sofrem mais com envenenamentos, propositais ou não. No entanto, as clínicas recebem mais casos de cães envenenados. Isto porque os gatos têm mais acesso às ruas onde acabam ingerindo veneno e morrendo em poucas horas sem socorro. Já os cães, em geral, são envenenados no próprio quintal de casa, facilitando a descoberta do envenenamento pelos donos. O que também não quer dizer que eles também não sejam vítimas de envenenamentos fora de casa. Este é um dos motivos para você NUNCA deixar seu animal ter acesso à rua. Ele não terá chance de ser socorrido.

Mas, o que fazer quando você percebe que algo está errado com o seu amigão? Na dúvida, corra ao veterinário! Muitas pessoas resolvem esperar pra ver se o animal vai melhorar... Outras alegam não ter dinheiro para levar ao veterinário... Não pense duas vezes! Se você gosta realmente do seu pet e não quer perdê-lo, leve! Seja honesto com o profissional. Explique a sua situação. Ele não vai deixar de prestar socorro. Depois dê um jeito para pagar o tratamento. Hoje é muito comum as pessoas se cotizarem para salvar a vida de animais de rua. Seus amigos não irão deixá-lo na mão.

Mas, atenção! Muitas vezes, o perigo pode estar bem perto. Dentro de casa. Algumas substâncias consideradas inofensivas também podem matar pequenos animais. Saiba que remédios de uso humano como aspirina, mertiolate, água boricada, inseticidas, desinfetantes, ceras e outros produtos de limpeza e até algumas plantas podem causar sérias intoxicações e até a morte.

O veneno que mais causa a morte de cães e gatos é o "chumbinho", um poderoso tóxico que é comercializado ilegalmente, usado para matar ratos. No Brasil, uma portaria de 1980 proíbe produtos contendo estricnina, que figura na lista da Anvisa de substâncias proscritas no país. No entanto, muitos locais comercializam o veneno ilegalmente. Quem vende e quem compra pode ser preso.

Conhecido também como veneno 1080, o chumbinho é considerado o mais perigoso do mundo porque não tem cor, cheiro ou sabor, é altamente solúvel em água e facilmente absorvido pela pele. Pior! Não há nenhum antídoto conhecido e saiba que uma colher de chá do veneno pode matar até 100 pessoas adultas.

O “chumbinho” não mata apenas o animal envenenado, mas também os outros que estiverem dentro da sua cadeia alimentar. Até mesmo o fato do cão ou gato ter ingerido ou lambido um rato morto ou agonizante já pode causar o envenenamento. As crianças também são as principais vítimas fatais. No Brasil, são registradas cerca de 200 mortes de crianças causadas pelo chumbinho, por ano. Ter um produto desses em casa é extremamente perigoso.

O efeito do "chumbinho" em animais é bem rápido, aparecendo 5 a 10 minutos após a ingestão. Os sinais irão depender do tamanho do animal e da quantidade ingerida. Grandes quantidades podem causar morte súbita. O veneno causa lesões nos pulmões, fígado e rins. Se o animal apresentar um ou mais dos sintomas relacionados abaixo, corra para o veterinário. Principalmente se existir o produto em casa.

Além do "chumbinho", outros raticidas muito perigosos são utilizados e comercializados livremente. É o caso dos anticoagulantes, que causam hemorragias. A sua ingestão ocasiona sangramentos generalizados e levam à morte.

Sintomas do envenenamento em cachorros e gatos
• Apatia
• Salivação excessiva;
• Fortes tremores musculares ou fraqueza: o animal não consegue ficar em pé;
• Sangue na urina;
• Vômito;
• Diarreia;
• Convulsão;
• Inquietação ou prostração;
• Falta de coordenação;
• Tremores;
• Falta de ar;
• Hemorragia oral ou nasal;
• Fraqueza;
• Pupilas contraídas, entre outros.

É crime comercializar o produto, e quem compra também está cometendo uma contravenção.
Quem coloca propositadamente iscas com "chumbinho" (ou qualquer outro veneno) para matar o cão ou gato do vizinho pode ser preso.

O envenenamento de animais está previsto na Lei de Crimes Ambientais (Lei Federal 9.605, de 13/02/98). O artigo 32 da lei diz que é considerado crime ambiental “praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos”. A pena prevista é detenção de três meses a um ano e multa.


Veja mais

Como transportar animais corretamente
Vítimas anônimas
GPS para pets já é realidade
Buraqueira, uma corujinha muito fofa
Dia Nacional dos Animais por Ângela
Pets: uma ligação profunda
O espetáculo que mata!
O perigo das latas no lixo
A saúde dos beija-flores
Seu pet e a estação do inverno
O inverno chegou e com ele a Tosse dos Canis
Aranha marrom, pequena e perigosa!
Jacu, que ave é essa?
Maus tratos contra animal, ação imediata
Fisioterapia Animal, uma chance para eles
Pets x Fogos de Artificios
Herdeiro manso das selvas
Gatos nos deixam mais saudáveis
Seu cão é um “mala”?
Sua empresa na nuvem

 


Angela Miranda

Angela Miranda, jornalista, geógrafa e moradora da Granja Viana há 30 anos.

Pesquisar




X

















© SITE DA GRANJA. TELEFONE E WHATSAPP 9 8266 8541 INFO@GRANJAVIANA.COM.BR