TELEFONE E WHATSAPP 9 8266 8541 | Quem Somos | Anuncie Já | Fale Conosco              
sitedagranja
| Newsletter

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

ASSINAR

| Anuncie Aqui

Varal com texto Voltar

21/08/2008

Cirurgia Plástica: Prótese Mamária


O aumento da mama, ou mamoplastia de aumento, é um dos procedimentos cirúrgicos em cirurgia plástica mais realizados hoje em dia.

Os seios são basicamente glândulas, dutos de leite e tecido adiposo, o qual confere formato e tamanho às mamas.

A elasticidade da pele também contribui para determinar o formato dos seios. Com o passar do tempo, fatores como a idade, genética, gravidez, alteração de peso, exposição solar e gravidade causam alteração em seu tamanho e forma.


Na mamoplastia, um implante é posicionado nos seios e isso pode ajudar a balancear o tamanho de uma mama com relação à outra, além de aumentar seu tamanho e lhes dar uma nova forma. Importante salientar que o procedimento não corrige certos graus de ptose (queda da mama), que podem ser resolvidos através de um mamoplastia associada.

No Brasil em os implantes são feitos de silicone e seu conteúdo pode ser silicone em gel ou solução salina. Não há indicativos de que o implante de silicone em gel seja um fator de risco para o câncer de mama, doenças do tecido conectivo ou doenças auto imunes. O silicone com solução salina, ou soro fisiológico, tem a mesma concentração de sal presente no corpo. Assim, o implante apresenta um risco muito baixo de dano à saúde.

Os implantes variam em forma e envoltório. Podem ser em formato de gota ou redondo, lisos ou com alguma textura. Seu tamanho varia conforme seu volume. O tipo de implante certo para cada mulher é definido de acordo com suas preferências, seu tipo de vida, seu contorno corporal e a quantidade de pele nos seios.

Tenha certeza de conversar claramente com seu médico acerca do tipo de implante que é certo para você!



Os implantes são geralmente posicionados ou sob o músculo peitoral ou entre esse músculo e o tecido adiposo da mama. Em qualquer um desses casos, a prótese não afeta a amamentação. As glândulas mamárias e os dutos de leite não entram em contato com as próteses.



O procedimento dura de uma a duas horas. Antes de seu início, a área é esterilizada e a anestesia, administrada. O anestesista decidirá entre a anestesia local combinada com a sedação intravenosa ou a anestesia geral.

Há três tipos de incisões possíveis para o procedimento: I – periaureolar; II – axilar ou III – sob o seio (inframamária).

A periaureolar é a mais comum. É uma pequena incisão no perímetro inferior da auréola em forma de meia lua. A incisão inframamária se dá no sulco da mama. A única que não deixa cicatriz na mama é a axilar, que é feita no cavo da axila.



Todas têm a mesma função, abrir caminho para a formação de uma vão livre onde o implante será posicionado. Esse vão é denominado Loja.

O implante salino pode ser introduzido vazio, e enchido posteriormente através de um duto.

As incisões serão fechadas com sutura, adesivo ou fita cirúrgica. Se forem fechadas com sutura não absorvível, estas devem ser removidas em dez dias. As cicatrizes diminuirão gradativamente em alguns meses e podem levar até um ano para atingiram sua característica final.

Como em qualquer procedimento cirúrgico, haverá um período inicial doloroso e inchaço na região, os quais perduram por alguns dias. Entretanto, o inchaço pode permanecer por algumas semanas.

Durante 3 semanas será necessário o uso de um sutiã compressivo, que ajuda a suavizar o inchaço e ajuda manter a posição dos implantes. Por isso, é muito importante o seu uso pelo tempo prescrito pelo cirurgião plástico.

O retorno ao trabalho poderá ocorrer de três a sete dias após a cirurgia. È importante evitar atividades extenuantes ou levantamento de peso por aproximadamente três ou quatro semanas, sob pena de retardamento do processo de cura e danos à prótese.

Quando os implantes houverem se assentado e o inchaço tiver sumido completamente, será possível ver os resultados definitivos da cirurgia. É importante salientar que os seios continuarão mudando de forma no decorrer do tempo; mas os resultados da mamoplastia são duradouros.

Os seios ficam firmes porque as próteses têm uma consistência firme. Mas o organismo pode vir a provocar o endurecimento da cápsula de silicone, alterando a forma da prótese. Nesse estágio, que usualmente pode ocorrer em 15 ou 20 anos, a prótese poderá ser substituída.

Qualquer médico licenciado pode conduzir a mamoplastia, mas é crucial se submeter ao procedimento com um médico treinado e credenciado. A escolha de um cirurgião membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica é o primeiro passo para garantir qualidade e bons resultados. O cirurgião plástico somente é credenciado após dois anos em cirurgia geral e três em cirurgia plástica. São, ao todo, onze anos estudando, treinando e se aperfeiçoando para a prática desse tipo de procedimento. Proteja-se escolhendo um membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Dr Marcelo Olivan
Membro Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica


Veja mais

Do privilégio ao exercício da responsabilidade
Espaço Integração 17 anos
Sustentabilidade em foco
Sobre a atuação da jovem Greta
Desmitificando a hérnia de disco
TV Vagalume: Chorou ganha colo
TV Vagalume: A criança faz parte da tribo família
Bolo improvisado por Natureba TV
Queijo Vegano no Natureba TV
Batata Chips de forno que não gruda
TV Vagalume: Ajudando as crianças a lidar com a raiva
TV Vagalume: A quietude na convivência com as crianças
O que fazer quando a criança faz birra?
Biscoitos de Polvilho Colorido no Natureba TV
Leite de Coco caseiro no Natureba TV
Mousse de Chocolate na NaturebaTV
Naturvin - Cooperativa de Vinhos Naturais
Vinhos libaneses
Vinhos da Provence
Expovinis Brasil 2015

 




Pesquisar




X





















© SITE DA GRANJA. TELEFONE E WHATSAPP 9 8266 8541 INFO@GRANJAVIANA.COM.BR