TELEFONE E WHATSAPP 9 8266 8541 | Quem Somos | Anuncie Já | Fale Conosco              
sitedagranja
| Newsletter

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

ASSINAR

| Anuncie Aqui

Varal com texto Voltar

01/04/2009

Celso Grecco, o criador da Bolsa de Valores Sociais


A entrevista com Celso Grecco, o criador da Bolsa de Valores Sociais, não poderia ter acontecido em um lugar mais granjeiro. Nós nos encontramos no Cantinho do Pão e lá conversamos por um bom tempo e navegamos pelo universo das bolsas de valores e do marketing social, além de falar das questões climáticas e da pobreza que assola o nosso planeta.

Celso Grecco é sensível e criativo, e iniciou nossa conversa dizendo a sua definição preferida para a palavra sustentabilidade: “Sustentabilidade é a solidariedade intertemporal”. A sintética frase ficou fazendo eco em minha mente. Ela é do diplomata e economista Rubens Ricupero e suas interpretações perpassam os universos poético, ecológico, espiritual, fraternal, dentre outros.

Esse inquieto homem de marketing e publicidade, que sempre sonhou em trabalhar com o 3º. setor, se diz um apaixonado pelo que faz, sobretudo por conviver com muitas pessoas bem intencionadas. Grecco fundou a agência Atitude, há 9 anos, e começou a aconselhar seus clientes a desenvolver ações de responsabilidade social que espelhassem a natureza de suas empresas. Para ele, quanto mais a vocação da empresa tem identidade com suas ações sociais, mais eficazes elas serão.

A criação da Bolsa de Valores Sociais

E foi assim com a Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo). Em 2003, a partir de uma reflexão e estudo profundos sobre a missão e os valores da organização, Celso Grecco criou a Bolsa de Valores Sociais: um "pregão" que funciona dentro da Bovespa e que lista Organizações Sociais que passam a fazer “fundraising” (levantamento de fundos), através da "venda de suas ações sociais" a "investidores sociais". Como uma bolsa de valores cria valor, tanto para a empresa como para seus investidores, seus atributos credibilidade, transparência e governança migram para os investimentos sociais. Dessa forma, a noção lucro social entra em pauta e isto representa uma verdadeira mudança de paradigma, pois ele é conseqüência quando se investe em uma organização fidedigna. Pelo site http://www.bovespasocial.org.br qualquer pessoa pode conhecer as organizações sociais disponíveis para receber investimentos e essas organizações são monitoradas em relação ao uso e à efetividade dos investimentos recebidos. Portanto, através do site, os investidores - pessoas jurídicas e físicas - podem acompanhar passo a passo as organizações nas quais eles investiram.

Muhammad Yunus e Kofi Annan – ganhadores de Nobel da Paz - valorizam a iniciativa de Grecco

Hoje, a Bolsa de Valores Sociais já captou e transferiu cerca de R$ 12 milhões para organizações sociais de todo o Brasil e, somando-se a isso o fato de que ela passou a ser pensada em outros países, fez Celso Grecco receber o prêmio do “Vision Awards 2008”, na Alemanha, entregue pelas mãos do Nobel da Paz Muhammad Yunus. Yunus ou “banqueiro dos pobres” como é chamado o homem cujo sonho é erradicar a pobreza do mundo, já se interessava muito pelo tema e, desde 2004, passou a propagar a importância da criação de bolsas de valores sociais pelo mundo. Ele e Celso encontraram-se em um evento em Oxford, onde dividiram um painel sobre o tema. O também Nobel da Paz, Kofi Annan, da ONU, interessou-se pelo projeto de Grecco e fez com que ele merecesse um estudo de caso.

O projeto de Celso Grecco teve apoio do Presidente Lula

O presidente Lula também se interessou pelo projeto e pediu uma audiência que, a princípio, era para durar 15 minutos. Tão grande foi o interesse do presidente, que o encontro durou uma hora e meia e Lula chamou José Dirceu, Luiz Gushiken e Patrus Ananias para participar. Deu o apoio das embaixadas brasileiras na França, Espanha, Chile e Alemanha para Celso visitar as bolsas de valores desses países.

Atualmente, Celso Grecco está dando consultoria para Portugal, no que diz respeito a seu premiado “case”, como também tratando de questões referentes a responsabilidade social, sustentabilidade e financiamento do 3º. setor.

Sustentabilidade, pobreza e meio ambiente

“Se não resolvermos a questão da pobreza, não vamos alcançar a sustentabilidade. Parte significativa dos problemas ambientais tem raízes na pobreza".
Estas duas colocações são de Celso Grecco. Ele é categórico ao afirmar que, salvo as agressões ambientais causadas criminalmente ou por falta de legislação (expansão urbana desenfreada, por exemplo) boa parte de degradação ambiental é advinda da pobreza. E argumenta que é sempre preciso gerar renda e oferecer alternativas para aquelas populações e comunidades que têm atividades que degradam o meio ambiente.

A crise e os investimentos em projetos sócio-ambientais

Grecco reconhece que a crise vem afetando os investimentos em projetos sociais. No entanto, segundo ele, não está faltando investimentos em projetos ambientais: “Você pode passar incólume pela pobreza e, inclusive, ignorá-la, mas a questão das mudanças climáticas vai nos afetar a todos”, alerta Grecco. E continua: “Nós podemos escolher fazer ou não fazer nada em relação à pobreza, mas somos reféns das mudanças climáticas. Aqui não há escolha, é fazer ou fazer”.

E por que morar na Granja?

Proponho um novo desafio para Celso: faço a ele uma pergunta corriqueira, mas ele se esmera em respondê-la de forma criativa. Ele e a família escolheram morar na Granja há 12 anos. E o que mais os moveu foi o senso de comunidade daqui: “deixar o carro com a janela aberta, esbarrar em amigos e conhecidos aqui e ali, deixar a conta em aberto na banca ou no restaurante freqüentado, aquele sentimento de pertencer e de gostar do que se vê ao seu redor”, para Grecco, foram alguns diferenciais que consolidavam este sentimento de viver em comunidade. “Mas acho que estamos perdendo isto”, finaliza nossa conversa um Celso Grecco apaixonado por seu trabalho, por suas causas, mas preocupado com o futuro de nosso Planeta e da nossa Granja Viana.

Fotos por: Ligia Vargas


Veja mais

Do privilégio ao exercício da responsabilidade
Espaço Integração 17 anos
Sustentabilidade em foco
Sobre a atuação da jovem Greta
Desmitificando a hérnia de disco
TV Vagalume: Chorou ganha colo
TV Vagalume: A criança faz parte da tribo família
Bolo improvisado por Natureba TV
Queijo Vegano no Natureba TV
Batata Chips de forno que não gruda
TV Vagalume: Ajudando as crianças a lidar com a raiva
TV Vagalume: A quietude na convivência com as crianças
O que fazer quando a criança faz birra?
Biscoitos de Polvilho Colorido no Natureba TV
Leite de Coco caseiro no Natureba TV
Mousse de Chocolate na NaturebaTV
Naturvin - Cooperativa de Vinhos Naturais
Vinhos libaneses
Vinhos da Provence
Expovinis Brasil 2015

 




Pesquisar




X





















© SITE DA GRANJA. TELEFONE E WHATSAPP 9 8266 8541 INFO@GRANJAVIANA.COM.BR