TELEFONE E WHATSAPP 9 8266 8541 | Quem Somos | Anuncie Já | Fale Conosco              
sitedagranja
| Newsletter

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

ASSINAR

| Anuncie Aqui
Voltar

28/10/2020

Passeio no parque

Parques voltaram a funcionar aos finais de semana


Parques estaduais e municipais de SP voltaram a funcionar aos finais de semana 

Tanto a prefeitura da Capital quanto o governo adotaram restrições por causa da pandemia de Covid-19. Desde agosto, unidades na cidade de SP operavam em horário normal apenas de segunda a sexta. Assim, os nossos CEMUCAM, administrado pela Prefeitura de São Paulo e o Parque Jequitibá (Estadual)  também voltam a abrir nos finais de semana em horário normal. Os mesmos da pré-pandemia, mas os locais não poderão ultrapassar 60% de sua capacidade.

O Ibirapuera, por exemplo, fica aberto das 5h às 0h — e 24h de sábado para domingo. O CEMUCAM abre diariamente, das 6 às 18hs e o Parque Teresa Mais já está abrindo normalmente, inclusive aos sábados e domingos, das 7 às 18hs, desde a entrada de Cotia na fase verde do Plano SP.

Atualmente, a Capital e toda a Região Metropolitana de São Paulo está na fase verde, menos restritiva.

Saiba horário de funcionamento de cada um dos parques abertos em São Paulo neste link.

Regras de reabertura

  • uso de máscara é obrigatório;
  • a administração deve recomendar aos frequentadores o distanciamento de, no mínimo, 1,5 metro dos outros visitantes;
  • quem faz parte de grupo de risco (idosos, grávidas, lactantes e pessoas com doenças crônicas) deve evitar visitar esses locais;
  • a recomendação é que sejam praticadas, prioritariamente, atividades individuais;
  • aglomerações devem ser evitadas;
  • aulas coletivas de ginástica e o uso de equipamentos de ginástica ou recreação infantil estão liberados – no entanto, o distanciamento deve ser obedecido;


Veja, abaixo, o horário de funcionamento, aos finais de semana, dos parques estaduais da cidade de São Paulo:

  • Villa-Lobos/Cândido Portinari: 5h30 às 19h
  • Água Branca: 6h às 20h
  • Horto Florestal: 5h30 às 18h
  • PET - Núcleo Eng Goulart: 8h às 17h
  • PET - Núcleos Jacuí, Biacica e Jd Helena: 8h às 17h
  • Juventude: 6h às 19h
  • Guarapiranga: 8h às 17h
  • Belém: 6h as 18h
  • Jequitibá: 8h às 17h
  • Chácara da Baronesa: 8h às 17h
  • Embu Guaçu: 8h às 17h
  • Gabriel Chucre: 6h às 18h

Segundo a gestão estadual, o funcionamento dos parques aos finais de semana e feriados será avaliado durante um mês. Caso necessário, mudanças podem ser feitas nas diretrizes do protocolo.

As estruturas em ambientes fechados administradas pela Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente – como, por exemplo espaços de leitura e brinquedotecas – permanecerão sem operar.

Já atividades ao livre organizadas por parceiros e por quem já tenha algum convênio firmado com o estado poderão ser retomadas. Para isso, as seguintes regras deverão ser seguidas:

ocupação de até 60% da capacidade do local;

ingressos poderão ser vendidos em bilheteria física desde que o protocolo sanitário seja obedecido;

e acesso controlado e com hora marcada.

Os parques deverão disponibilizar álcool gel em todas as portarias de acesso, aferir a temperatura dos visitantes nas entradas – caso os frequentadores queiram. A limpeza e desinfecção de banheiros com água sanitária será intensificada, assim como a desinfecção de equipamentos de uso comum, como bebedouros, bancos e lixeiras.

Nos parques Villa-Lobos/Cândido Portinari, Água Branca, Horto Florestal e Juventude, que recebem um maior número de visitantes, serão instaladas cabines de desinfecção nas entradas principais. O Conselho Federal de Química, no entanto, é contrário ao uso dessas cabines. Após alerta da entidade, o prefeito Bruno Covas vetou, em agosto, um projeto de lei que tornaria obrigatório o uso desses equipamentos, sob a justificativa de que não há comprovação científica da sua eficácia.

Permissionários de serviços de alimentação, lazer e estacionamento dos parques também poderão reabrir, mas também terão de seguir algumas regras, como o respeito ao distanciamento social no atendimento, nos locais de consumo e nas filas, para evitar aglomerações.



 

Pesquisar




X























© SITE DA GRANJA. TELEFONE E WHATSAPP 9 8266 8541 INFO@GRANJAVIANA.COM.BR