TELEFONE E WHATSAPP 9 8266 8541 | Quem Somos | Anuncie Já | Fale Conosco              
sitedagranja
| Newsletter

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

ASSINAR

| Anuncie Aqui
Voltar

12/01/2021

Movimento #ficavivi

Ação busca reverter decisão judicial que pretende retirar uma menina de 9 anos de sua família adotiva



Por Mônica Krausz

Nesta segunda-feira (11/01), a menina "Vivi" (nome fantasia), completou 9 anos de idade, 7 deles vividos legalmente com uma família formada por adoção em guarda provisória, acolhida com muito amor. Em seu primeiro ano de vida foi retirada do convívio com os pais biológicos por ser a mãe biológica usuária de drogas e o pai biológico acusado de matar o próprio pai (avô biológico de Vivi) por motivos fúteis ligados à herança.

O seu segundo ano de vida, Vivi passou em um abrigo de crianças até ser entregue pela Vara da Infância e da Juventude de sua região à guarda provisória dos atuais pais adotivos que vêm lhe dando muito amor, cuidados e educação desde então, sempre aguardando o grande dia de receberem a guarda definitiva e a sonhada certidão de nascimento com seus nomes unidos em um só documento.

Foi nesta segunda-feira, dia de seu aniversário, que um grupo de especialistas no tema da adoção, advogados, psicólogos, procuradores de justiça, representantes dos grupos de apoio a adoção de todo o país se uniram em uma Live para discutir uma decisão controversa de uma desembargadora em Minas Gerais.

Depois de 7 anos, a "Justiça", por decisão da desembargadora, que deve ignorar totalmente o Estatuto da Criança e do Adolescente, que rege o bem estar da criança, resolve devolver a guarda da menina de 9 anos à avó paterna, que convive com um filho condenado pelo assassinato do próprio pai. Detalhe importante: a menina hoje pode ser a única herdeira do avô biológico assassinado.

O objetivo da Live foi chamar a atenção da Justiça e da Sociedade Brasileira sobre a possibilidade da "destruição da estrutura psicológica desta criança", nas palavras da Dra. Suzana Sofia Schettini, psicóloga, mãe adotiva e Diretora de Relações Públicas da Associação Nacional de Grupos de Apoio à Adoção (ANGAAD). E também para a possibilidade da descrença em todo o Sistema Nacional de Adoção.

Com essa decisão "é o Sistema Nacional de Adoção que está ruindo", diz o Procurador de Justiça da área de infância do Rio de Janeiro, Sávio Bittencourt. Segundo ele, o caso deve ser encaminhado ao Conselho Nacional de Justiça para revogação, pois a injustiça que se faz a um é a ameaça que se faz a todos. 

Como mãe adotiva e Jornalista Amiga da Criança titulada em 2001 pela ANDI (Agência de Notícias dos Direitos da Infância), esta jornalista que aqui escreve assistiu a toda a live às lágrimas, pois não é possível conceber que tal decisão prevaleça. E foi às lágrimas que escrevi este texto conclamando aos leitores do Site da Granja para que assinem a petição que está colhendo assinaturas para a revogação desta decisão. Também chamo a todos para curtir o canal do Youtube criado para discutir o andamento deste processo. 

Hoje você pode ajudar a impedir a destruição desta família formada por adoção e talvez de suas vidas, assinando esta petição pela revisão da sentença que obriga os pais adotivos a devolver a criança à avó biológica. "Não podemos deixar Vivi morrer psicologicamente", diz a Dra. Suzana Sofia Schettini. 

Segundo o Promotor de Justiça do Ministério Público de Minas Gerais André Tuma Delbim Ferreira, com a mobilização de todos essa decisão não há de prevalecer. Segundo ele, já está em curso um Embargo de Declaração baseado nos vínculos parentais já estabelecidos  pelo convívio da família formada por adoção nestes anos todos. 

Emocionante a fala de Manuel, o pai adotivo de "Vivi", ao afirmar sua esperança e perseverança na Justiça de um amor que não se revoga. E a fala contundente da mãe adotiva, Carolina, ao definir a atual decisão como um "estelionato afetivo". 

Criança não é objeto de posse que se tira e põe onde quiser a qualquer hora, criança tem sentimentos e ama. 

Acompanhe o movimento #ficavivi pelas redes sociais: 

Youtube: https://youtu.be/hg_rPPDVZXg

Facebook: ficavivi/

Instagram: ficavivi


 

Pesquisar




X























© SITE DA GRANJA. TELEFONE E WHATSAPP 9 8266 8541 INFO@GRANJAVIANA.COM.BR