TELEFONE E WHATSAPP 9 8266 8541 | Quem Somos | Anuncie Já | Fale Conosco              
sitedagranja
| Newsletter

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

ASSINAR

| Anuncie Aqui
Voltar

19/05/2020

Escola na sua Casa

Escola de Cotia cria plataforma exclusiva para aulas remotas


De repente, estudantes se viram adaptados à nova realidade de sala de aula virtual e dizem que, apesar de sentir falta do contato físico com professores e colegas, as aulas garantem o aprendizado.

Notebook ou tablet, celular, fone de ouvido. O uniforme foi trocado muitas vezes pelo pijama ou uma roupa bem à vontade. A carteira pela mesa de jantar ou pela escrivaninha do quarto. Este é o novo cenário das “salas de aulas” de escolas públicas e particulares do Brasil.

Professores, pais e alunos se viram, de repente, tendo que mudar completamente suas rotinas para se adaptar à nova realidade de aulas remotas por conta do isolamento e distanciamento social, imposto pelo governo para conter o avanço do Covid-19 desde meados de março, quando os estudantes mal haviam retornado das férias. 

A coordenadora pedagógica do Colégio Espaço Potencial Objetivo de Cotia, Daniela Santos Machado, nos contou que diante do prolongamento da determinação do isolamento, a direção do colégio junto à equipe pedagógica optou por voltar às aulas em formato online. “Tínhamos que garantir que os nossos alunos não tivessem prejuízos em seus processos pedagógicos”. 
“A direção não mediu esforços para acelerar e motivar o uso das novas tecnologias para alcançar a todos os alunos com aulas ao vivo”, conta Marcelo Rizzo, diretor do Espaço Potencial Objetivo. “A versatilidade na qual estão ocorrendo as aulas e atividades dadas pelos professores, demonstram nosso compromisso em preservar a qualidade educacional como sempre oferecemos.”

Se o aluno não pode ir à escola, a escola vai até o aluno. Uma força-tarefa formada pela direção, gestão, coordenadores, professores e Tecnologia da Informação, agiu rápido e investiu, até chegar, em tempo recorde, à plataforma “Escola na sua Casa”, com aulas ao vivo e gravadas, respeitando sempre a faixa etária de cada aluno, da Educação Infantil ao Pré-Vestibular. 
A coordenadora exemplifica: “Para os alunos da Educação Infantil existe uma alternância entre aulas gravadas e aulas ao vivo, respeitando o limite de tempo em que as crianças nessa idade devem ficar expostas a internet”.
 

Professora Luiza em aula de matemática Online para os pequenos

A partir do Ensino Fundamental 1, as aulas acontecem ao vivo, de acordo com a grade curricular de cada série e mantendo os horários das aulas como aconteciam em modo presencial. Nos casos do Ensino Fundamental 2 – a partir do 6º ano até o Ensino Médio -, foram necessárias algumas adaptações nesse horário de aula. 

Interação e criatividade

Se de um lado a escola teve que fazer investimento pesado em tecnologia para garantir o acesso de todos os alunos às aulas remotas, do outro lado [pais e alunos] não precisaram dispor de nada mais além do que praticamente todos têm: internet, celular ou notebook, um fone de ouvido e câmera, que normalmente já vem acoplada aos aparelhos. E por fim, baixar o programa que dá acesso à sala virtual. 

Pais, professores e alunos aprovaram o método utilizado pelo colégio e Daniela comemora: “Está sendo um sucesso! Essa situação nos deixa tocados, mas ver aqueles lindinhos felizes porque estão vendo os amigos e a ‘prô’, não tem preço!”, emociona-se.  Daniela destacou ainda a parceria dos pais: "muitos se preocuparam em melhorar a internet, investiram em tecnologia, adaptaram-se ao que pedimos e estão se mostrando parceiros acima de tudo”. 

A nova metodologia de aula deu tão certo que, segundo a coordenadora, quando a pandemia passar e os alunos voltarem, a sala virtual deve ser incorporada à rotina como complemento às aulas presenciais. 

Rotina mudou pouco

Gabriela Prudêncio, aluna do terceiro ano do Ensino Médio é uma das alunas que, embora triste por não poder encontrar os amigos na escola, está satisfeita com o método adotado pelo Objetivo de Cotia.  “No começo achei que não ia me adaptar, mas estou gostando muito”, relatou a estudante. "Para mim, a maior dificuldade é não estar presente, isso acaba comigo, a falta do contato físico, de ver os professores e todos”. 

A rotina mudou muito pouco. Ela acorda cedo, pois a aula inicia às 7h10. A diferença é que não precisa colocar o uniforme e o café da manhã fica para o horário do intervalo. Entre uma aula e outra, cinco minutos para sair de uma sala [virtual] e entrar na outra e acertar detalhes técnicos ou pequenas oscilações de conexão.  “Não estou tendo dificuldades. Os professores se esforçam muito. Dá para ver o carinho deles e da escola em geral." Gabi Prudêncio está entre os milhares de estudantes que irá prestar o Enem – Exame Nacional do Ensino Médio, no final do ano e perguntada se essa mudança de rotina iria dificultar o desempenho na prova, ela disse que não.  “No começo, quando ainda não havia o EAD eu estava muito preocupada, mas hoje acho que não, pois estamos nos dedicando muito mais e com as aulas gravadas ajuda bastante.”

Alternativa maravilhosa

“Nada substitui o professor na sala de aula, mas é uma alternativa maravilhosa para o momento que estamos passando”, relatou o Plantonista Administrativo do Hospital do Taboão, Adilson Ferreira da Silva, 51 anos e pai da Maria Clara Gonçalves, estudante do 1º ano do Ensino Médio.  Para receber a “Escola em Casa”, Adilson conta que fez uma pequena adaptação na sala de jantar e separou um cantinho para a filha. E ajuda quando precisa imprimir trabalhos e fazer algumas pesquisas. “Estamos numa situação complicada e temos que apoiar”. 
Pai presente, ele não reclama da missão de ajudar a filha nas atividades da escola, até porque, independente de isolamento e aulas remotas, isso já fazia parte de sua rotina e de sua esposa. “Pai ajudar filho nas tarefas escolares não é peso, é aprendizado”.

A novidade para ele é o fato de poder acompanhar as aulas com a filha e conhecer os professores. “Sempre tive essa curiosidade de saber como o professor atua na sala de aula. Fiquei muito satisfeito em ver essa interação entre professor e aluno.  Estou achando muito interessante. Eu só lamento que muitos colegas de minha filha de outras escolas não estejam tendo a mesma oportunidade.” 

Colégio Espaço Potencial Objetivo de Cotia
Av. Catarina Etelvina Pedroso, 93 - Vila São Francisco de Assis - Cotia - SP
Informações: 11 4703-3362
Mais informações:  www.potencialobjetivocotia.com.br 
Acompanhe pelas Redes Sociais:
facebook.com/PotencialCotia I @objetivocotia Youtube/ espacopotencial


 

Pesquisar




X



















© SITE DA GRANJA. TELEFONE E WHATSAPP 9 8266 8541 INFO@GRANJAVIANA.COM.BR