TELEFONE E WHATSAPP 9 8266 8541 | Quem Somos | Anuncie Já | Fale Conosco              
sitedagranja
| Newsletter

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

ASSINAR

| Anuncie | Notificações
Voltar

14/06/2021

Cotia recebe segunda residência inclusiva para pessoas com deficiência, agora feminina


Na quinta-feira (10), o Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social, inaugurou nova unidade de Residência Inclusiva, a segunda na cidade,  atendendo exclusivamente o público feminino, sendo ela jovens e adultas com deficiência e em situação de vulnerabilidade social, atendidas pelo Pequeno Cotolengo sob direção do Padre Rodinei Thomazzela.

A unidade comporta até 10 usuárias e conta com profissionais para dar apoio às moradoras, sendo um coordenador, um assistente social, psicólogo, equipe de cuidadores, motorista, auxiliar de limpeza e um cozinheiro. O Governo do Estado  investirá, anualmente, cerca de  R$ 540.000,00 na nova unidade, recurso destinado ao pagamento dos profissionais, despesas e manutenção do espaço.

A casa inaugurada tem três quartos, sala de TV, sala de jantar, sala de atividades e recreação, cozinha, três banheiros, quintal com churrasqueira, lavanderia, sala da equipe técnica com entrada independente e garagem para dois carros. Todos os ambientes são acessíveis.

“O acolhimento, respeito e dignidade são pilares das políticas públicas sociais, garantindo a proteção e inclusão, sendo este o compromisso do nosso Governador João Doria, especialmente para a população em maior fragilidade”, destacou Célia Parnes, Secretária de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo, que esteve na inauguração, acompanhada pela Secretária Célia Leão, da Secretaria da Pessoa com Deficiência.

“Quando eu penso em deficiências, se eu tirar os óculos, eu não enxergo, eu tenho esse limite. Então quem de nós não tem algum tipo de dificuldade para alguma coisa na vida? Todos nós temos fragilidades, mas nós precisamos de uma mão pra nos ajudar a caminhar junto. Fica mais fácil. Sozinha a caminhada é árdua”, comentou a Vice-Prefeita e Secretária de Direitos Humanos, Cidadania e Mulher de Cotia Ângela Maluf (PV),  que participou do evento juntamente com a Secretária Adjunta Olympia de Navasques, representando o Prefeito Rogério Franco (PSD).

Sobre as Residências Inclusivas Estadualizadas

Criado em 2009, o programa Residência Inclusiva é um serviço de proteção social especial de alta complexidade voltado para o público jovem e adulto, acima de 18 anos, com deficiências leves ou moderadas, como por exemplo Síndrome de Down e deficiência cognitiva, e que se encontram com o vínculo familiar fragilizado ou totalmente rompido.

Atualmente, o Estado de São Paulo conta com 85 Residências Inclusivas municipais e intermunicipais. Elas estão distribuídas em 22 regiões: Alta Noroeste, Araraquara, Piracicaba, Campinas, Avaré, Grande São Paulo Oeste, Franca, Bauru, Botucatu, Grande São Paulo Norte, Mogiana, Itapeva, Barretos, Baixada Santista, Grande São Paulo ABC, São José do Rio Preto, Vale do Ribeira, A Alta Sorocabana, Grande São Paulo Leste, Capital, Marília e Vale do Paraíba.


 

Pesquisar




X































© SITE DA GRANJA. TELEFONE E WHATSAPP 9 8266 8541 INFO@GRANJAVIANA.COM.BR