TELEFONE E WHATSAPP 9 8266 8541 | Quem Somos | Anuncie Já | Fale Conosco              
sitedagranja
| Newsletter

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

ASSINAR

| Anuncie Aqui
Voltar

05/06/2019

Boas vindas aos imigrantes

Alunos da Escola Granja Viana estudam imigração a partir da história de suas próprias famílias


Por Mônica Krausz 

Duas bisas muito simpáticas estiveram recentemente na Escola Granja Viana em um alegre encontro com as crianças, contando suas histórias para os alunos do 4º ano do Ensino Fundamental: Dona Vida Paternost, de 100 anos, que saiu adolescente da Eslovênia e veio trabalhar no Brasil como babá, e Yolanda Frascaroli, de 93 anos, vinda da Itália durante a Primeira Guerra Mundial. Elas emocionaram os alunos, que já vinham pesquisando sobre a sua história e de suas famílias desde o 1º ano. Seus incríveis relatos mostraram a eles que a história não existe apenas nos livros, mas é feita de momentos que marcam as vidas das pessoas, suas famílias e comunidades. 

Segundo Bárbara Ache, coordenadora pedagógica da Educação Infantil e Ensino Fundamental I, a proposta da EGV é também discutir as diferentes culturas, o respeito às diferenças, o não preconceito em relação ao imigrante, entre outras questões tão presentes inclusive nos dias de hoje. 

Das bisas presentes eles ouviram histórias de luta e vitória, de saudades e de construção de novas vidas. Também puderam aprender um pouco sobre o cotidiano no passado, sobre as mazelas da guerra e o amor pelo país que as acolheu. 

Dona Vida, por exemplo, contou ter saído da Eslovênia com uns 16 anos, quando embarcou para o Brasil com a família de um embaixador para trabalhar como babá. Deixou seus pais e outros familiares em seu país, e por causa da guerra, não conseguiu mais voltar à sua terra natal. Lembrou que viajou em um navio com pessoas de alto poder aquisitivo e que a viagem até aqui durou duas semanas. Aqui ela aprendeu a falar várias línguas, entre a elas o francês e o italiano. E foi onde se casou e vive até hoje.

Já Dona Yolanda veio da Itália, em uma época de guerra e fome. Seu marido tinha muitos conhecimentos com marcenaria e assim ele encontrou uma forma de viver no Brasil e ter seu próprio negócio. Contou terem vindo após o final da Segunda-Guerra Mundial, quando o trabalho na Itália se tornou muito escasso. Primeiro veio seu marido e depois ela, com uma filhinha de um ano de idade. 

Ainda que os livros sejam um registro fundamental da jornada humana, a história oral contada por aqueles que a viveram e ainda hoje a guardam na memória, é de um valor incalculável para as gerações que estão só começando a escrever a sua própria. E a entender que o imigrante também é parte essencial e indissociável na construção permanente e sem fim de uma nação.

Assim como as crianças receberam as bisas de braços abertos, no próximo dia 13 a Escola Granja Viana estará de Portas Abertas para as famílias da região e suas crianças da Educação Infantil até o 4º ano do Ensino Fundamental. As crianças visitantes terão uma vivência com os alunos da escola e os adultos participarão de uma apresentação pedagógica. 

Participe! Faça sua inscrição pelo telefone (11) 4617-2777.  

EGV Portas Abertas

Dia 13/6, das 14 às 15h30. 

Escola Granja Viana

Rua José Félix de Oliveira, 1271

https://www.escolagranjaviana.com.br/

facebook.com/escolagranjaviana.oficial



 

Pesquisar




X























© SITE DA GRANJA. TELEFONE E WHATSAPP 9 8266 8541 INFO@GRANJAVIANA.COM.BR