Fone: (11) 4617-3641 | Quem Somos | Anuncie Já | Fale Conosco            
sitedagranja
| booked.net | Newsletter

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

ASSINAR

| Anuncie Aqui
Voltar

08/03/2010

Acidente grave na Raposo

Fonte: G1 Os moradores de Cotia, João Luis (48) e Cleidinéia Montaneiro(42) voltavam de um Pronto Socorro de São Paulo na madrugada desta segunda-feira (8), onde tinham levado a filha Suellen (12), que estava com crise de bronquite, quando se depararam com um veículo que vinha na contramão na Rodovia Raposo Tavares na altura do Km.


Fonte: G1


Os moradores de Cotia, João Luis (48) e Cleidinéia Montaneiro(42) voltavam de um Pronto Socorro de São Paulo na madrugada desta segunda-feira (8), onde tinham levado a filha Suellen (12), que estava com crise de bronquite, quando se depararam com um veículo que vinha na contramão na Rodovia Raposo Tavares na altura do Km. 22, em Cotia.

Ele entrou na contramão na pista sentido interior da Raposo Tavares no km 45, em Vargem Grande Paulista. Dali, percorreu mais de 20 quilômetros até se chocar com este veículo.

Antes da tragédia, outros motoristas conseguiram desviar do carro que vinha no sentido errado. Em um deles, estava uma mulher grávida e o motorista acabou batendo na mureta de proteção.

Com a batida, o veículo que transportava a família pegou fogo. O casal morreu na hora e a filha, de 12 anos, que estava no banco de trás, só sobreviveu porque foi socorrida por policiais rodoviários que chegaram ao local do acidente minutos depois da batida. Ela foi levada para o hospital com ferimentos leves. "Ela está em estado de choque, eles não deram a notícia do pai e da mãe, que eles faleceram", disse a tia.

O motorista que entrou na contramão sobreviveu, mas está internado em estado grave. No carro dele, os policiais encontraram uma latinha de cerveja. Duas faixas da rodovia ficaram interditadas por três horas. Às 7h desta segunda-feira (8), o trânsito era lento. E, por volta das 8h, os veículos foram retirados e as pistas, liberadas.

No início da tarde desta segunda-feira, os familiares das vítimas permaneciam na delegacia que investiga o caso. Os motoristas que conseguiram desviar do carro na contramão também devem prestar depoimento.


Socorro
Um dos soldados da polícia rodoviária que prestou atendimento à família disse que seguia no sentido São Paulo quando percebeu o carro na contramão, na altura do km 36. Ele seguiu o veículo, por isso chegou ao local do acidente alguns minutos depois. Um outro motorista parou para ajudar e cedeu o extintor de incêndio.

O vidro do carro foi quebrado e a menina, retirada. Segundo o soldado, ela pediu para que salvassem os pais. Quando voltaram ao carro, o veículo estava tomado pelo fogo, impossibilitando o socorro ao casal. O motorista do carro na contramão saiu sozinho e deitou no chão. Ainda segundo o soldado, ele disse que estava na faixa certa e que as outras pessoas vinham no sentido contrário. Ele irá responder por homicídio com dolo eventual, quando se assume o risco de matar.









 

Pesquisar





















© SITE DA GRANJA. TELEFONE E WHATSAPP 96948-3326 INFO@GRANJAVIANA.COM.BR