TELEFONE E WHATSAPP 9 8266 8541 | Quem Somos | Anuncie Já | Fale Conosco              
sitedagranja
| Newsletter

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

ASSINAR

| Anuncie Aqui
Voltar

20/02/2020

Já Rolou - SOS Zona Oeste

Após as chuvas da segunda-feira, 10/02, mais um movimento se formou na Granja Viana: o SOS Comunidades Zona Oeste, organizado pela designer Rachel Hoshino, que mobilizou suas redes de contatos para ajudar as comunidades da Região do CEAGESP, onde centenas de pessoas perderam todo o que tinham com as chuvas. “Comecei a receber mensagens de pedido de ajuda para as comunidades que ficam na Região do CEAGESP de pessoas ligadas ao INSTITUTO ACAIA, que atua fortemente na região há 25 anos”, conta Rachel.

“Conhecendo o trabalho do Instituto, logo corri para o armário para separar algumas coisas e quando me dei conta, tudo era muito, muito pouco perto da tragédia que havia acontecido na região”, lembra-se. “Foi então que pensei como poderia ajudar mais e comecei a acessar minha rede de contatos e pessoas que conheço por não serem passivas diante de situações tão graves”, comenta.

Ela conta que começou pelo grupo de mães da escola de seu filho e logo o caldo engrossou, como uma grande corrente. Para organizar e facilitar o trabalho, estabeleceu pontos de coleta em diversos lugares da Granja e de São Paulo com itens diferentes de arrecadação, para que o material já pudesse sair e chegar organizado.

Na Granja foram pontos de coleta:

- Atelier Rachel Hoshino – toalhas de banho, lençóis e roupas

- Cozinha de Santo Antônio – artigos de higiene pessoal e fraldas

- Drogaria Nova da Granja – artigos de higiene pessoal e fraldas

- Onodera - água

- Escola Pequenos Granjeiros – água

- Raquel Natação – água e cobertores, que ainda continua arrecadando até próxima semana.

Segundo ela, juntando as doações da Granja Viana e de São Paulo, já foram entregues seis carretos com água (mais de 500 galões de 5 litros), 1 carreto de fraldas e material de higiene pessoal, outro de lençóis e toalhas, além de muitos cobertores.  Tudo entregue na Escola - Atelier Acaia na Vila Leopoldina. Lá o material é inventariado por voluntários e redistribuídos dentro das Favelas da Linha e do Nove, dentro dos barracões-escolas que existem nas comunidades.

O movimento teve a participação de muitas pessoas e também doação em dinheiro.

No momento estão fazendo um levantamento do que ainda falta ou é urgente. Essas comunidades ocupam a região há quase 50 anos e estão resistindo à pressão de empreendimentos de luxo para deslocamento. Existem líderes, jovens e fortes que acompanham sessões da Câmara de São Paulo. na reivindicação de construção de moradias e infraestrutura no local.

“A criança na foto é meu filho”, conta Rachel. “Fico muito feliz que ele participe desta ação, pois é uma forma de mostrar que as crianças também precisam sentir o gosto da solidariedade desde cedo”, explicou. “Eu também fiquei muito feliz em ver que mesmo quando a gente não tem muito o que dar e quando a gente aciona a rede, o pouco vira muito!”




Pesquisar




X






















Libra
23 de setembro a 22 de outubroAlguns c...
Previsão Completa


© SITE DA GRANJA. TELEFONE E WHATSAPP 9 8266 8541 INFO@GRANJAVIANA.COM.BR