TELEFONE E WHATSAPP 9 8266 8541 | Quem Somos | Anuncie Já | Fale Conosco              
sitedagranja
| Newsletter

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

ASSINAR

| Anuncie Aqui

Planeta Eu

30/01/2013

A lucidez é um vírus


Um visitante de um país onde há pouca água disponível foi levado pelos seus anfitriões para conhecer uma cachoeira no Rio de Janeiro. Ficou maravilhado, olhando aquela água toda, mas rapidamente seu rosto ficou muito apreensivo e ele gritou: “Pode fechar. Fecha!!!”

Para mim também é inacreditável. Sei que é a água que circula pelo planeta, chuva, evaporação, lençol freático e tudo o mais, mas não consigo deixar de me espantar com todo aquele volume de água correndo o tempo todo, sem que ninguém feche a torneira!

Ou seja, eu, assim como muitas pessoas, pensamos a vida em termos de escassez. Sempre penso em economizar e raramente em investir. Quando se raciocina assim, olhando para a falta, é natural que se pense em se garantir, em cercar o que se tem para não ficar sem. Assim fica fácil olhar para o Outro como concorrente.

Na contra mão deste caminho acidentado há um homem fazendo diferente. Ele não mora na residência imponente destinada ao presidente, mesmo governando o Uruguai. Continua vivendo na sua casa simples e anda no seu fusca de sempre, seus únicos bens. Ficou treze anos preso pela ditadura militar e foi torturado. Sobre esses anos ele conta: “Primeiro, eu ficava feliz se me davam um colchão. Depois, vivi muito tempo em uma salinha estreita, e aprendi a caminhar por ela de ponta a ponta”.

Pepe Mojica tem 77 anos e talvez por isso ele consiga ver o que fica facilmente invisível para nós: “A vida se vai passando e nós trabalhando e trabalhando para consumir sempre mais e a sociedade de consumo é o motor (...) O hiper consumo está agredindo o planeta e eles tem que acelerar este hiper consumo fazendo coisas que durem pouco porque é preciso vender muito. Uma lâmpada elétrica não pode durar mais de mil horas, mas existem lâmpadas que podem durar cem mil, duzentas mil horas, mas estas não podem ser feitas porque o problema é o mercado, porque temos que trabalhar e sustentar uma civilização que usa e joga fora. Estamos num círculo vicioso. (...) Criamos esta civilização filha do mercado, filha da competição (...)
O que aconteceria com o planeta se os indianos tivessem a mesma proporção de carros por família que os alemães? Não haveria oxigênio para respirar (...) O homem não governa hoje (...) somos governados pelo mercado, não governamos o mercado.”

Estas citações fazem parte do discurso que Pepe Mujica fez na Conferências da Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, também conhecida como Rio + 20, realizada em 2012 no Rio de Janeiro.

Tão difícil reverter esse jogo porque eu pessoalmente me amarro diariamente a ele e o perpetuo, mas se puder me lembrar sempre de que não quero ser governada pelo mercado, e agir como uma gotinha consciente no grande oceano, isso, já terá, espero, me alinhado com a possibilidade de mudança de orientação para nossa civilização.

Não rezo o credo que diz que há bons e maus. O mercado está aí sustentando a brincadeira, a realidade, as contas de todos nós. Os “manda chuva” lá de cima tem seus grandes problemas pessoais também e, juro, não queria estar no lugar que coube às essas pessoas de ter poder e não usar para o bem de todos.

Somos nós... esse é o grande segredo. Cada um alinhavando as condições de vida atual e das próximas gerações, fazendo na sua medida e agora por aqui este presidente de um país bem pequenininho, que vem dando exemplo, nos lembrando...

Pepe Mojica que doa noventa por cento do seu salário e vendeu a casa de veraneio do governo para construir moradias populares disse também que: “ Nós viemos ao planeta para sermos felizes porque a vida é curta e rapidamente se vai (...) Temos que lutar por uma outra cultura (...) A causa (dos problemas ambientais) é o modelo de desenvolvimento que nós construímos, e nós temos que rever nosso modo de vida. O desenvolvimento tem que ser a favor da felicidade humana, do amor ao Planeta Terra, das relações humanas, do amor aos filhos, de ter amigos, ter somente o essencial, precisamente porque este é o tesouro valioso que temos”.

A lucidez é um vírus... que consigamos virar o barco da nossa civilização para o entendimento de que somos coletivamente um organismo vivo que nos cabe cuidar, amar, proteger ...

O discurso do Presidente do Uruguai na Rio+20 pode ser visto no Youtube.

Foto: Presidente do Uruguai, Pepe Mojica e sua esposa.


Veja mais

Você está melhor?
No Baile com Hitler
Ela não veio
Santa ou maligna?
Isso é verdade ?
Sim, ele respondeu!
Ser cantora ou ciumenta?
Pirei na Batatinha!
Leva meu coração?
Eu minto sim!
Nana Nenê!
Os mansos e o presente
Vamos de mãos dadas!
Zezinho Bruce e eu, no Crepúsculo!
Papai Mamãe: um Clássico!
Piquenique com os Seres de Luz!
Sou feia!!
O corpo desobediente! por Jany
Não tem só bem pensar!
Voa Aurélio! por Jany

 


Jany

Escritora e Focalizadora de Dança Circular no UlaBiná.

Pesquisar




X





















© SITE DA GRANJA. TELEFONE E WHATSAPP 9 8266 8541 INFO@GRANJAVIANA.COM.BR