TELEFONE E WHATSAPP 9 8266 8541 | Quem Somos | Anuncie Já | Fale Conosco              
sitedagranja
| Newsletter

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

ASSINAR

| Anuncie Aqui

Minha Vida Animal

10/02/2021

Por que castrar seu Pet?


Além de reduzir o abandono de animais nas ruas a castração protege seu pet de alguns tipos de câncer.


Você sabia que a maior incidência de tumores mamários em cadelas adultas acontece entre os 4 e 12 anos de idade? 

O número cresce a partir dos 7 anos mas, segundo o  CRMV (Conselho Regional de Medicina Veterinária), não são só elas que são acometidas pela doença. De 1% a 3% dos casos são diagnosticados também em machos!

O diagnóstico e tratamento precoce é a melhor forma de proporcionar um prognóstico e talvez a possibilidade da  cura do tumor, assim como nos humanos. Por isso existem campanhas para conscientizar tutores a examinarem seus cães e ficarem sempre atentos às mudanças físicas e comportamentais do Pet. 

O exame se dá da mesma forma que a humana: apalpe as mamas do animal e sentindo qualquer volume anormal encaminhe ao veterinário de sua confiança o quanto antes. Além de nódulos e caroços na região das mamas outros indicativos podem ser:


·         As mamas do animal podem ficar inchadas ou mesmo dilatadas;


·         Se o animal demonstrar ter dor e sensibilidade ao seu toque nas mamas;


·         Se as mamas estiverem eliminando secreções em diferentes tons e odor desagradável. 


A incidência é variável mas todas as raças estão sujeitas a ter tumores mamários, inclusive os sem raça específicas ou misturas de raças. 

 

As possíveis causas podem ser: 


·         Uso de "anticoncepcionais" e vacinas "anti-cio" como método de controle natal do animal. Esse tipo de medicação eleva os números de fêmeas jovens, menores de 4 anos, acometidas pelo câncer, além de elevar também o número de fêmeas mais velhas com tumores. 

·         Condições como a gravidez psicológica (pseudociese) podem fazer com que a cachorra aumente suas chances de desenvolver um câncer de mama

·         A obesidade e o sobrepeso também são causadores da doença.

·         Problemas de desequilíbrio hormonal


A solução é a castração, tanto em cadelas quanto em gatas, e para machos e fêmeas

 

Para cadelas é muito comum  castrar antes do primeiro cio (castração precoce) e isso pode ajudá-la a evitar a alta produção hormonal, caindo para 0,05% as chances de desenvolver a doença. Após esse período, as chances vão aumentando progressivamente, e podem chegar a entre 8% e 25% nas cadelas maiores de 4 anos e não castradas. 

Mas cuidado: a castração pode trazer alguns problemas físicos, como aumento de peso e incontinência urinária.  Consulte seu médico veterinário de confiança e veja se seu Pet pode passar pela cirurgia de  castração. Não devemos esperar muito pois entre 2 e 3 anos o efeito protetor da castração diminui.

Vale lembrar que o objetivo da castração não é só prevenir câncer mas também educar os tutores sobre a posse responsável, para diminuir a população de animais de rua e de animais abandonados,  e consequentemente diminuir o índice de zoonoses (doenças transmitidas dos animais para os seres humanos). 


Veja mais

Adotar um pet
Dia dos Animais
Cães e férias de verão
Cães X Fogos
Pets e Crianças
O cão é um ser social
Treinando cães
Os cães e a quarentena
Como transportar animais corretamente
Vítimas anônimas
GPS para pets já é realidade
Buraqueira, uma corujinha muito fofa
Dia Nacional dos Animais por Ângela
Pets: uma ligação profunda
O espetáculo que mata!
O perigo das latas no lixo
A saúde dos beija-flores
Seu pet e a estação do inverno
O inverno chegou e com ele a Tosse dos Canis
Aranha marrom, pequena e perigosa!

 


Alice Manochio

Alice é adestradora de cães e trabalha com muito amor na Bicho de Boa. Foi granjeira por 17 anos até ingressar na faculdade e se mudar para o interior do estado. Hoje, além adestradora, Alice é gestora ambiental.
instagram/bichodeboa

Pesquisar




X

























© SITE DA GRANJA. TELEFONE E WHATSAPP 9 8266 8541 INFO@GRANJAVIANA.COM.BR