TELEFONE E WHATSAPP 9 8266 8541 | Quem Somos | Anuncie Já | Fale Conosco              
sitedagranja
| Newsletter

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

ASSINAR

| Anuncie Aqui

Jardim

07/10/2013

De olho na boneca


Dendrobium, a orquídea mais comum nos dias de hoje, também integra uma família enorme com mais de 450 variações. Ela vem lá do Sudeste Asiático, da Índia e da Austrália. 
É uma planta epífera, isto é, se apoia nas árvores. Vive lá, agarradinha, enfeitando os troncos e as forquilhas. Olhem que interessante: Dendron significa árvore em grego e bios, vida. Ela vive na árvore e não da árvore.

Seu nome popular é “olho de boneca”. Isso porque, as variedades mais conhecidas e espalhadas por todos os cantos têm, no miolo de sua flor, um círculo escuro bem parecido com um olho negro ou castanho. Suas pétalas formam as pálpebras e os cílios. Agora é soltar a imaginação, pois parecem olhos de uma boneca.

Seu cultivo é fácil. Ao colocá-la em uma árvore, o lugar que ela mais se acomoda é a forquilha, aquele “V” que formam os galhos. Acomode sua orquídea e, se ela não estiver bem segura, amarre - sem apertar- com um fio de sisal ou barbante que vão se deteriorar quando a orquídea estiver presa sozinha. Não é bom usar arames. Eles não se acabam e podem estrangular a planta, impedindo o seu crescimento. Também não é recomendável envolver a raiz e o musgo ou qualquer outro substrato. Ela vai se prender ao ninho e não á arvore e corre o risco de ser derrubada pelo vento.

Você também pode amarrá-la em troncos lisos como os de uma palmeira. Em época seca dê uma borrifada com uma solução de água e óleo de nem (no frasco vem a proporção certa). A mistura vai adubar e proteger a planta de ataques de bichinhos. Só não borrife nas flores.
Se preferir plantar em vasos, escolha um de cerâmica, ou fibra de coco. Cuide para que a drenagem seja eficaz, pois a flor não suporta ambientes encharcados. Depois, acomode sua orquídea e preencha o vaso com substrato para orquídeas. (composto de carvão, cascas e mineirais).

Regue somente nas épocas secas. Quanto menos regar, mais as flores durarão.
A florada começa no fim do inverno e continua por toda a primavera. Se chover pouco. no verão lá estará a “boneca ainda nos olhando”. 

Pesquisadores e colecionadores vão encontrar uma grande diversidade nesta família. Algumas parecem borboletas. Outras aparecem com cores fortes, outras ainda amarelas e menores, delicadas. Mas todas dão vida. Vida à alegria. Vida à beleza. Vida à árvore dendróbios.


Veja mais

Época de Jasmim Manga
Época de Jasmim Manga
Acerola e Aceroleira
Jatrofa Podagrica
Época de Jasmim Manga
Primavera verde e amarela
Narciso, a flor de Agosto
Hortênsias: um toque azul no jardim
Plantas Nativas … por que plantar??
A Bela Emilia, plumbago auriculata!
Perpétua, a flor que não murcha
Minha planta está com piolho!
A Festa do Caqui! Por Regina
Marianinha, arbusto com buquês
Iris Neomarica caerulea "Regina"
Jasmim, a poesia do Outono!
Espatódea, a árvore do beija-flor
Seis plantinhas repelentes
Rosa, Rosinhas e Roseiras!
Jasminum azoricum, o Jasmim dos Açores

 


Regina Bittencourt

Regina Bittencourt, se apresenta como jardineira. Gosta de estar sempre perto das plantas , descobrir seus segredos e a melhor maneira de cuidá-las. Trabalha na Granja há 18 anos.

Pesquisar




X



















© SITE DA GRANJA. TELEFONE E WHATSAPP 9 8266 8541 INFO@GRANJAVIANA.COM.BR