TELEFONE E WHATSAPP 9 8266 8541 | Quem Somos | Anuncie Já | Fale Conosco              
sitedagranja
| Newsletter

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

ASSINAR

| Anuncie Aqui

Jardim Voltar

07/10/2013

De olho na boneca


Dendrobium, a orquídea mais comum nos dias de hoje, também integra uma família enorme com mais de 450 variações. Ela vem lá do Sudeste Asiático, da Índia e da Austrália. 
É uma planta epífera, isto é, se apoia nas árvores. Vive lá, agarradinha, enfeitando os troncos e as forquilhas. Olhem que interessante: Dendron significa árvore em grego e bios, vida. Ela vive na árvore e não da árvore.

Seu nome popular é “olho de boneca”. Isso porque, as variedades mais conhecidas e espalhadas por todos os cantos têm, no miolo de sua flor, um círculo escuro bem parecido com um olho negro ou castanho. Suas pétalas formam as pálpebras e os cílios. Agora é soltar a imaginação, pois parecem olhos de uma boneca.

Seu cultivo é fácil. Ao colocá-la em uma árvore, o lugar que ela mais se acomoda é a forquilha, aquele “V” que formam os galhos. Acomode sua orquídea e, se ela não estiver bem segura, amarre - sem apertar- com um fio de sisal ou barbante que vão se deteriorar quando a orquídea estiver presa sozinha. Não é bom usar arames. Eles não se acabam e podem estrangular a planta, impedindo o seu crescimento. Também não é recomendável envolver a raiz e o musgo ou qualquer outro substrato. Ela vai se prender ao ninho e não á arvore e corre o risco de ser derrubada pelo vento.

Você também pode amarrá-la em troncos lisos como os de uma palmeira. Em época seca dê uma borrifada com uma solução de água e óleo de nem (no frasco vem a proporção certa). A mistura vai adubar e proteger a planta de ataques de bichinhos. Só não borrife nas flores.
Se preferir plantar em vasos, escolha um de cerâmica, ou fibra de coco. Cuide para que a drenagem seja eficaz, pois a flor não suporta ambientes encharcados. Depois, acomode sua orquídea e preencha o vaso com substrato para orquídeas. (composto de carvão, cascas e mineirais).

Regue somente nas épocas secas. Quanto menos regar, mais as flores durarão.
A florada começa no fim do inverno e continua por toda a primavera. Se chover pouco. no verão lá estará a “boneca ainda nos olhando”. 

Pesquisadores e colecionadores vão encontrar uma grande diversidade nesta família. Algumas parecem borboletas. Outras aparecem com cores fortes, outras ainda amarelas e menores, delicadas. Mas todas dão vida. Vida à alegria. Vida à beleza. Vida à árvore dendróbios.


Veja mais

Acerola e Aceroleira
Jatrofa Podagrica
Época de Jasmim Manga
Primavera verde e amarela
Narciso, a flor de Agosto
Hortênsias: um toque azul no jardim
Plantas Nativas … por que plantar??
A Bela Emilia, plumbago auriculata!
Perpétua, a flor que não murcha
Minha planta está com piolho!
A Festa do Caqui! Por Regina
Marianinha, arbusto com buquês
Iris Neomarica caerulea "Regina"
Jasmim, a poesia do Outono!
Espatódea, a árvore do beija-flor
Seis plantinhas repelentes
Rosa, Rosinhas e Roseiras!
Jasminum azoricum, o Jasmim dos Açores
Que tal uma Berinjela no vaso??
"Pé de Escova de Garrafa" no meu jardim...

 


Regina Bittencourt

Regina Bittencourt, se apresenta como jardineira. Gosta de estar sempre perto das plantas , descobrir seus segredos e a melhor maneira de cuidá-las. Trabalha na Granja há 18 anos.

Pesquisar




X

























© SITE DA GRANJA. TELEFONE E WHATSAPP 9 8266 8541 INFO@GRANJAVIANA.COM.BR