TELEFONE E WHATSAPP 9 8266 8541 | Quem Somos | Anuncie Já | Fale Conosco              
sitedagranja
| booked.net | Newsletter

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

ASSINAR

| Anuncie Aqui

Colunas Site da Granja Voltar

25/11/2009

Picasso e o golpe do guardanapo


Por Camila Donato

Um rapaz que costumava passar lá no Café da minha família para papear, um dia me contou - disse ele que era só uma lenda - uma história muito interessante.

Bem, se era lenda ou não, já não podemos mais saber. Ou tem alguém aí que conheceu o famoso pintor espanhol e ainda está vivo para tirar essa dúvida?

O fato é que Picasso, no começo da carreira - sem um tostão no bolso e nenhuma vergonha na cara –, já se tornando mais conhecido, pagava as contas dos restaurantes com sua própria arte. Um guardanapo com um desenho seu autografado.

Aproveitando-se da recente fama, fazia isso sempre que um garçom o reconhecia. Espertinho o garoto não?

Mas como tudo o que é bom dura pouco, e ele nunca se deu conta disso, um certo garçom conseguiu ser mais esperto do que o gênio pintor.

Um belo dia, Picasso pagou a conta como de costume e o garçom trouxe de volta um outro guardanapo com um desenho que ele próprio havia feito e assinado embaixo. Claro que o nome do pobre carregador de bandejas demoraria algum tempo para virar um autógrafo, mas sem se importar, entregou seu guardanapo para o Picasso, dizendo que era o troco da conta. Boa essa não?!

Verdade ou não, os dois foram muito criativos. E o rapaz que me contou essa história, também tinha lá seu dom artístico. A figura pintava ovos de avestruz. Bizarro, porque eu nunca havia conhecido alguém que pintasse ovos desse animal e me senti super honrada. Era de fazer qualquer Picasso morrer de inveja.

E como esse rapaz dos ovos também era chegado em filosofia, ficamos os dois “matutando” sobre o ovo da avestruz. Um deles equivale a mais ou menos vinte ovos de uma galinha nossa. Imaginem fazer uma omelete ou uma gemada...Daria tranquilamente para alimentar umas dez pessoas de uma só vez, e com um ovo só. E como será que deve ser separar a gema da clara de um ovo desses? Fácil não deve ser.

Pequeno Momento Feliz: Picasso me deu uma ótima idéia! Eu amo sair para comer. Quem dera, eu fosse famosa para pagar as minhas contas do jeito que ele pagava? Comeria nos melhores restaurantes de São Paulo...A diferença é que eu precisaria de uma quantidade maior de guardanapos para redigir minhas crônicas e autografar embaixo. Acho que vou tratar de ficar famosa logo. Dá-lhe crônicas então!

Camila Donato
Mora na Granja há mais de 20 anos. Adora estar em contato com a natureza e os animais.

Descendente de ítalo-germânicos, atualmente administra com o pai, o Café do Edgar.


Veja mais

Desmitificando a hérnia de disco
TV Vagalume: Chorou ganha colo
TV Vagalume: A criança faz parte da tribo família
Bolo improvisado por Natureba TV
Queijo Vegano no Natureba TV
Batata Chips de forno que não gruda
TV Vagalume: Ajudando as crianças a lidar com a raiva
TV Vagalume: A quietude na convivência com as crianças
O que fazer quando a criança faz birra?
Biscoitos de Polvilho Colorido no Natureba TV
Leite de Coco caseiro no Natureba TV
Mousse de Chocolate na NaturebaTV
Naturvin - Cooperativa de Vinhos Naturais
Vinhos libaneses
Vinhos da Provence
Expovinis Brasil 2015
Amor e Vinho
Você sabe o que é SO2?
Degustando vinhos naturais - parte 1
Os vinhos naturais

 




Pesquisar




X



















© SITE DA GRANJA. TELEFONE E WHATSAPP 9 8266 8541 INFO@GRANJAVIANA.COM.BR