TELEFONE E WHATSAPP 9 8266 8541 | Quem Somos | Anuncie Já | Fale Conosco              
sitedagranja
| Newsletter

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

ASSINAR

| Anuncie Aqui

Varal com texto Voltar

20/09/2007

Córrego Poscium - Centrinho da Granja


De inicio, gostaria que vocês que estão lendo essa matéria, a tratassem como informação de uma fonte confiável.
Nosso desejo nessa Coluna, é tentar consertar as situações erradas.
Um granjeiro me contou toda essa estória, que compartilho com vocês:

"Vim para a Granja em 1980, tudo terra, a Raposo ainda em pista simples, iluminação nem pensar, telefonemas para SP necessitava de ajuda da telefonista, a neblina era diária, etc... mas sempre um ótimo lugar para viver.
O Serrano já existia, pequeno, assim como outros comércios que ainda estão por aqui.
O córrego, do qual ainda não sei precisar o nome correto, corria livremente, possuía até peixes. Suas margens eram mais abertas e durante chuvas mais fortes, estendia sua largura até quase a José Felix em algum ponto mais baixo. Até o inicio dos anos 90, quando construções diversas foram aparecendo no entorno. Neste período, o prédio do Serrano foi gradualmente avançando contra o córrego, espremendo-o mais e mais e criando uma espécie de corredor de confinamento, delimitado de um lado pelos fundos das residências e de outro pelas propriedades que fazem frente pela Rua Jose Felix de Oliveira.
Qualquer foto mais antiga atesta este crescimento, mas não registra o crime que veio sendo executado , por meio do estaqueamento do leito do rio e construção dos anexos do supermercado por cima, bem como os imóveis do shopping e do depósito de construção.
O córrego foi afunilado de tal forma que, a partir do meio da década de 90, as chuvas mais fortes provocaram a interdição da José Felix na altura da ponte que existe em frente à farmácia...(devido ao transbordamento do mesmo, , inundando casas, piscinas e imóveis)...nas fotos em anexo vocês podem ver o estrago de uma destas enchentes e eu estou há cerca de três metros acima do leito.
Sem esquecer que todo o entorno na Raposo Tavares desde o km 22.8 (São Camilo) até a entrada do km 24 foi sendo ocupado por mais e mais imóveis, e toda a água pluvial recolhida é captada por este mesmo córrego, bem como o esgoto de tudo isto! É sim, esgoto.
Um esgoto a céu aberto, devidamente represado pelas estacas do Serrano, numa armadilha perfeita para papel, galhos e tudo o mais que é jogado ali.
Agora ele se apoderou de vez de mais uma parcela do rio, juntamente com novas construções (WAL MART, gente...) que vão captar água de chuva e despejar adivinhem aonde?
Caso não seja tomada nenhuma medida URGENTE (ééé sim, urgente, coisa para ontem!) , nas próximas chuvas teremos transbordamentos ainda piores e fatais. Numa das fotos, todo um muro de arrimo foi levado pelas águas, na parte traseira dos restaurantes. Como vai ser da próxima?
Quando do asfaltamento das ruas, Nova Amazonas, Nova América e outras, tentei mostrar ao Secretário de Obras da época a necessidade urgente de uma medida saneadora nesta condição do córrego, e até a reforma da ponte para que pudesse dar vazão ao volume crescente de água. Tudo isto que estou narrando pode ser comprovado perguntando-se à qualquer morador da rua Roma, Rio Bonito,Cascavel e outras à jusante da ponte . Adivinhem o que resultou???

Não acredito que de hoje ao fim do ano o Serrano seja obrigado a restaurar o que fez, demolindo o estacionamento por cima do córrego, criando uma segunda entrada por outra rua, etc.
Mas algo tem de ser feito e VIGIADO e COBRADO.

Nenhuma das pessoas hoje poderá virar as costas para o que já existe, devemos lutar para que tenhamos um mínimo de respeito pelas pessoas e pelo ambiente onde vivemos. Eu pessoalmente pago pela limpeza das margens do rio por uma extensão de cerca de 200m, EM AMBAS AS MARGENS, ensacando todo o mato e entulho e providenciando sua remoção; faço isto a cada três meses por uma questão de limpeza e prevenção. Faço sozinho, pois nunca ninguém demonstrou solidariedade para tal. Ninguém sequer aderiu à uma solicitação minha para que os limítrofes do córrego se cotizassem e executássemos uma limpeza mais profunda, baixando o leito em 40 cm; somente a sub prefeitura da Granja, por meio do Luis Gustavo, se comprometeu a ceder máquinas (falo isto não por que o Luis Gustavo é meu amigo, falo pois foi o único a demonstrar solidariedade para a causa).

Inclusive neste último feriado a limpeza foi feita novamente, desta vez com a ajuda do Marcos Amaral, proprietário da Estação do Sino. Se quiserem conferir como fica o córrego na minha divisa, é só entrar no estacionamento dos restaurantes e olhar. Comparem depois com a divisa do shopping, serrano, etc.

Vou continuar fazendo assim, mas agora vou cobrar uma postura mais séria quanto ao assunto. Acredito que teremos alguma solução, porém, esta tem de ser acompanhada de atitudes prévias, não adiantará nada ficar esperando ações públicas sem qualquer outra atividade antes.
Vamos nos mexer e conscientizar a coletividade dos problemas, eles afetarão a todos muito mais do que o fizeram até hoje.

É claro que, apesar de ter todas as informações, a Prefeitura, mesmo que munida de um imenso aparato judicial e vontade de todos, NÃO vai conseguir consertar tudo que está errado. Digo isto, pois é muita coisa e, depois de verem as fotos obtidas neste fim de semana, vão concordar comigo.
Sou da opinião que:
1) o Serrano está certo em dizer que está no lugar há 30 anos. Mas está errado quando afirma que nada mudou: estou providenciando a vocês em
email oportuno, uma foto aérea recente do levantamento topográfico onde pode-se notar a diferença no estupro do córrego.
2) a quase totalidade das construções, historicamente estão em desrespeito aos limites do córrego (claro: construídas antes da legislação e portanto, com direito adquirido). Vejam as fotos e tirem suas conclusões. Como e quando vai ser possível consertar isto? Nunca.

Resta então encarar o problema de outra forma:
Como vamos adequar esta condição degradada e alterar para um modelo que seja aceitável?
Resposta: consciência social de todos os envolvidos.
Vamos nos engajar num movimento em que todos tenham um pouco de trabalho em consertar o que está errado na Granja, vamos executar um mutirão e limpar este córrego, não vai demorar nada e o resultado é imediato.
Cabe então a todos fiscalizar a manutenção.

Ao Serrano: colocar abaixo a ponte, limpar a sua parte e corrigir suas divisas. (e tudo o que está errado lá dentro também, como pesos errados, material vencido, etc)

Prefeitura: adequar a ponte da Jose Felix e da Rua Roma para a maior vazão do córrego, não envolve grandes despesas, podemos fazer uma parceria com todos do centrinho, a verba é repassada para vocês e com as máquinas e homens tudo se acerta logo.

As fotos mostram por si: o local roçado são as divisas de meu sogro e minhas, são limpas a cada dois meses, o local mais fechado é em direção da Rua São Joaquim, o resto é em direção à Jose Felix, note como a ponte do Serrano afunila o córrego e a quantidade de lixo nos fundos do Serrano, Adriano Depósito e Shopping. A árvore caída no meio (vejam o machado para comparação) está lá não sei desde quando, mas paguei para tirar, todo o resto é possível fazer (não foi possível fotografar? Então, também é possível entrar e limpar!!!)

As ações no Ministério e aonde mais devem correr por si, precisamos tomar estas providencias sem depender delas, senão nunca vamos fazer nada."

Acesso para todas as fotos:
http://br.msnusers.com/5ripsnq1m1oqmir3sf0u1kgfu5
(À direita da página, clique em “exibir tudo”)

FAÇA PARTE DESTA CAMPANHA, CADASTRE-SE NO FORMULÁRIO AO LADO DA COLUNA.


Veja mais

Do privilégio ao exercício da responsabilidade
Espaço Integração 17 anos
Sustentabilidade em foco
Sobre a atuação da jovem Greta
Desmitificando a hérnia de disco
TV Vagalume: Chorou ganha colo
TV Vagalume: A criança faz parte da tribo família
Bolo improvisado por Natureba TV
Queijo Vegano no Natureba TV
Batata Chips de forno que não gruda
TV Vagalume: Ajudando as crianças a lidar com a raiva
TV Vagalume: A quietude na convivência com as crianças
O que fazer quando a criança faz birra?
Biscoitos de Polvilho Colorido no Natureba TV
Leite de Coco caseiro no Natureba TV
Mousse de Chocolate na NaturebaTV
Naturvin - Cooperativa de Vinhos Naturais
Vinhos libaneses
Vinhos da Provence
Expovinis Brasil 2015

 




Pesquisar




X





















© SITE DA GRANJA. TELEFONE E WHATSAPP 9 8266 8541 INFO@GRANJAVIANA.COM.BR