TELEFONE E WHATSAPP 9 8266 8541 | Quem Somos | Anuncie Já | Fale Conosco              
sitedagranja
| Newsletter

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

ASSINAR

| Anuncie Aqui

Varal com texto Voltar

10/02/2010

Celulite, inchaço, dores nas pernas


O que tudo isso tem em comum?


A circulação é um sistema composto pelas artérias, veias e vasos linfáticos.

As artérias são vasos que levam o sangue até os tecidos. São portanto as responsáveis pela nutrição das células. São as artérias que levam oxigênio, nutrientes e tudo que as células precisam para permanecerem saudáveis.

As veias são vasos que transportam o sangue das células de volta ao coração e aos pulmões para serem novamente oxigenados, e assim dar continuidade ao processo de nutrição celular.

Os vasos linfáticos fazem a limpeza final dos tecidos, retirando as substâncias residuais do metabolismo celular, e principalmente os líquidos existentes ao redor das células. São muito importantes portanto para que os tecidos não apresentem edema, que é o nome dado para o inchaço dos tecidos.

Para que a circulação funcione bem, todos esses vasos devem estar em plena atividade. Assim os tecidos estarão bem nutridos, e os “detritos” serão facilmente eliminados e os líquidos serão drenados.

Quando tudo está bem dificilmente haverá edema e dificilmente haverá dores nas pernas de causa circulatória.

Um dos grandes inimigos da estética feminina é a celulite, que se apresenta como irregularidades na superfície da pele (os “furinhos”) e causam grande desconforto devido tanto ao aspecto como a presença de dor e sensação de inchaço em alguns casos.

O desenvolvimento da celulite está intimamente ligado as alterações da circulação local. Definem o seu aparecimento a dificuldade da macrocirculação (as grandes veias) e também a microcirculação, que são vasos muito pequenos, invisíveis aos nossos olhos, e que garantem diretamente o bom funcionamento celular.

O aparecimento da celulite, sua manutenção e a piora do quadro estão diretamente ligados com a piora da circulação naquela região comprometida, e quanto mais difícil é a circulação local, maior a quantidade de fibrose (que é um endurecimento da pele), maior a quantidade de retrações (que são os “furinhos” da celulite), maior a presença de dor a apalpação do tecido, maior a possibilidade de rotura de pequenos vasos, que formam equimoses espontâneas (manchas roxas que aparecem mesmo sem ter havido qualquer trauma no local).

Sendo assim, o que a celulite tem em comum com as dores nas pernas e com o inchaço é a má circulação. Manter a circulação em bom estado garante saúde tanto do ponto de vista funcional como do ponto de vista estético. E neste caso, garantir uma melhora circulatória é ponto fundamental para melhorar a sensação de inchaço, de retenção de líquidos e combater os implacáveis efeitos inestéticos da celulite.

Existem várias formam de recuperar a circulação adequada, e isso inclui a dieta adequada, com pouco sal, ingestão de água abundante (2 litros por dia). Manter o peso adequado. A atividade física regular também é importante, com exercícios aeróbicos que usem a musculatura das pernas, como a caminhada, corrida, assim como os exercícios na água. Os vícios posturais também devem ser corrigidos, assim como os hábitos do dia-a-dia, como ficar muito tempo sentada, o fato de cruzar as pernas, o uso de roupas muitos justas.

A avaliação médica feita por especialista em circulação (angiologista e cirurgião vascular) irá determinar outras atuações como o uso de medicações, a realização de drenagens linfáticas, aplicação de medicamentos diretamente nos locais mais prejudicados (com a técnica que é chamada de mesoterapia). Existem também os casos em que a circulação está prejudicada devido a varizes, e essas podem ser corrigidas seja com a escleroterapia (mais conhecidas como “aplicações” ou “secagem dos vasos”) seja com algum método cirúrgico ou com o uso do laser.

Assim, temos que associar hábitos saudáveis e o tratamento individualizado para prevenir ou mesmo recuperar o bom funcionamento da circulação.


Dra. Thielen Szczypkowski
  • Cirurgiã Vascular pela Universidade Estadual Paulista - UNESP
     
  • Título de Especialista em Cirurgia Vascular pela Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular
     
  • Área de Atuação em Angiorradiologia e Cirurgia Endovascular pela Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular e Sociedade Brasileira de Radiologia
     


Veja mais

Do privilégio ao exercício da responsabilidade
Espaço Integração 17 anos
Sustentabilidade em foco
Sobre a atuação da jovem Greta
Desmitificando a hérnia de disco
TV Vagalume: Chorou ganha colo
TV Vagalume: A criança faz parte da tribo família
Bolo improvisado por Natureba TV
Queijo Vegano no Natureba TV
Batata Chips de forno que não gruda
TV Vagalume: Ajudando as crianças a lidar com a raiva
TV Vagalume: A quietude na convivência com as crianças
O que fazer quando a criança faz birra?
Biscoitos de Polvilho Colorido no Natureba TV
Leite de Coco caseiro no Natureba TV
Mousse de Chocolate na NaturebaTV
Naturvin - Cooperativa de Vinhos Naturais
Vinhos libaneses
Vinhos da Provence
Expovinis Brasil 2015

 




Pesquisar




X





















© SITE DA GRANJA. TELEFONE E WHATSAPP 9 8266 8541 INFO@GRANJAVIANA.COM.BR