TELEFONE E WHATSAPP 9 8266 8541 | Quem Somos | Anuncie Já | Fale Conosco              
sitedagranja
| booked.net | Newsletter

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

ASSINAR

| Anuncie Aqui

Colunas Site da Granja Voltar

07/05/2008

A mãe do Artista


Suelis, Martas, Marias, Lucias, Giseles, Cibeles, Sônias, Maras, Claras, Belas, Normas.

“Só as mães são felizes”, me disse o poeta ontem à noite, entre uma taça de vinho e outra.

Quando ouço a frase “Ninguém imagina como eu estou feliz”, arrisco a dizer que esse “ninguém” pode ser muito bem relativizado. Não há sofrimento ou alegria que as mães não sintam também. Dos pés ao umbigo, da cabeça ao espírito.
Do espírito santo de minha mãe, juro que ela sente a mesma alegria que eu quando subo no palco. Depois do show, não demonstra muito, mas sei que sente. Sei por que eu sinto, e somos unidos por corpo e alma.

Literalmente por corpo e alma. Literalmente.

A mãe do artista sente quando ele compõe, quando ele sofre, quando ele fica feliz, quando ele canta. A mãe do artista ouve Deus junto com o artista. A mãe do artista se inspira e inspira o artista.

A mãe do artista é o artista antes dele nascer.

Julia Lennon era a mãe de John. Foi sua primeira professora de música, ensinando ele a tocar banjo e violão. Dizia John que Julia lhe dava mais do que aulas: lhe dava coragem.
Tempos depois, John Lennon gravou com os Beatles a faixa “Julia” para o álbum branco, em 1968. Uma das canções mais bonitas dos Beatles, que fecha a primeira parte do disco. Mais a frente, em carreira solo, John Lennon gravou a canção “Mother”, muito mais visceral, dolorida, melancólica e simbólica. Duas músicas para a mesmo mulher, escritas pelo mesmo poeta.
Julia Lennon pode nunca ter ouvido nenhuma das canções que John compôs para ela, mas muito mais do que isso, ela sempre sentiu que John poderia ser capaz de escrever tais obras. O que o corpo sente, a alma pressente.

A mãe do artista ouve todas as músicas antes de todo mundo. Para a mãe do artista, não há música inédita, é só ela que sabe o que vai acontecer no show, e como vai acontecer. É a mãe do artista que sabe o momento exato em que ele vai subir no palco.

Se não fosse as mães, os artistas não seriam artistas. A culpa é toda delas:
Das Suelis, Martas, Marias, Lucias, Giseles, Cibeles, Sônias, Maras, Claras, Belas, Normas.

Igor Fediczko

ps. “Eu tenho tudo o que você precisa, e mais um pouco. Somos iguais na alma e no corpo”, me diz novamente o poeta, depois de mais uma taça de vinho.


Veja mais

Desmitificando a hérnia de disco
TV Vagalume: Chorou ganha colo
TV Vagalume: A criança faz parte da tribo família
Bolo improvisado por Natureba TV
Queijo Vegano no Natureba TV
Batata Chips de forno que não gruda
TV Vagalume: Ajudando as crianças a lidar com a raiva
TV Vagalume: A quietude na convivência com as crianças
O que fazer quando a criança faz birra?
Biscoitos de Polvilho Colorido no Natureba TV
Leite de Coco caseiro no Natureba TV
Mousse de Chocolate na NaturebaTV
Naturvin - Cooperativa de Vinhos Naturais
Vinhos libaneses
Vinhos da Provence
Expovinis Brasil 2015
Amor e Vinho
Você sabe o que é SO2?
Degustando vinhos naturais - parte 1
Os vinhos naturais

 




Pesquisar




X

















© SITE DA GRANJA. TELEFONE E WHATSAPP 9 8266 8541 INFO@GRANJAVIANA.COM.BR