TELEFONE E WHATSAPP 96948-3326 | Quem Somos | Anuncie Já | Fale Conosco            
sitedagranja
| booked.net | Newsletter

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

ASSINAR

| Anuncie Aqui

Granja Viana Voltar

Por Sílvia Rocha, direto da Cúpula dos Povos

O I Encontro Nacional do Movimento Cidades em Transição

Participar de um evento histórico global, como a Rio+20, já é um privilégio. Levar a Granja Viana até a Rio+20, então, é uma honra e uma grande responsabilidade.

Estarmos incluídos no evento "I Encontro Nacional do Movimento Cidades em Transição" foi fazer parte da história. Uma história local-global.

O evento aconteceu durante todo o dia 19 de junho. Primeiramente, o Transition Rio de Janeiro, que conta com várias iniciativas, foi o anfitrião do encontro, e abriu o evento, em plena Cúpula dos Povos, no Aterro do Flamengo, mais especificamente na Gaia Home, Tenda G, de nome Maria Bonita.

A tenda estava repleta, seja de iniciativas Transition de todo o Brasil, como de público interessado em nossas histórias e realidades.

Houve uma forma criativa e acolhedora dos diversos grupos participantes se conhecer e trocar experiências. Os grupos de cada localidade ficavam sentados em rodas, em esteiras, e as pessoas interessadas conheciam suas histórias e trocavam ideias com eles.

O Transition Granja Viana (TGV) na Rio+20

Nossa Granja Viana estava lá, teve seu espaço na Rio+20. Representada pelas granjeiras Isabela Menezes, Dani Terracini e eu.
Nós, do movimento TGV, tivemos o privilégio de levar para o Rio de Janeiro nossos feitos, sonhos, ações e realizações.

Compartilhamos com os outros grupos presentes inúmeras questões e desafios de todas as dimensões relativos à nossa sustentabilidade, ao presente e ao futuro que queremos.

Quando apresentamos o nosso pequeno grande trabalho de "formiguinhas da transição" na Cúpula dos Povos, o orgulho e a esperança vieram à tona: Isabela apresentou as ações que têm sido postas em prática no Transition Granja Viana, desde o seu início, em 2010: A nossa "Ecofeira Granja Viana", mensal, e o "GOL" (Gostamos de Orgânicos Locais), iniciativas que almejam valorizar o pequeno produtor local; o movimento "Voto Onde Moro", criação de uma seção eleitoral na Granja Viana e de uma campanha permanente para que os moradores da região transfiram seus títulos para exercer sua cidadania "onde moram"; a "Hora do Planeta", uma participação criativa e pró-ativa, onde a Granja Viana participa da campanha global e anual do WWF, envolvendo a comunidade e os restaurantes locais;

0 projeto "História na Escola", que faz um resgate da nossa história local, levando-a para as escolas, para que as crianças e jovens cresçam valorizando e respeitando o lugar onde moram; "Do meu Lixo Cuido Eu", iniciativas e ações que visam conscientizar, informar, ensinar e buscar soluções sobre a questão do lixo; a "Feira de Trocas AUescambAU", agora acontecendo durante a "Ecofeira", visando mudar hábitos de consumo e integrar a comunidade, entre outras.

Vieram grupos de todo o Brasil

Vieram grupos de várias localidades, como o Transition Serra, no Espírito Santo, primeira iniciativa brasileira. Também estavam lá, da terra dos anfitriões, as iniciativas Santa Teresa em Transição; Petrópolis em Transição; Bairro Vivo! Grajaú em Transição e Olaria em Transição; Laranjeiras; Minas Gerais estava representada pelo Transition Viçosa; o Ceará com o Saguatiba em Transição e de São Paulo também vieram o Transition Brasilândia e o Transition Guarulhos e o Trransition Piracicaba. Vieram grupos do Paraná, outros de Minas Gerais e de outras localidades.

Foi muito rico saber de cada grupo sua história, sua trajetória, suas ações e objetivos. Naturalmente, todos também compartilhavam suas limitações, dúvidas, e a troca de experiência nos fortaleceu.

Os novos desafios do movimento

May East, brasileira que mora em uma ecovila na Escócia, faz a ponte entre o Transition Internacional e o Transition Brasil. Ela fez uma instigante apresentação sobre as tendências e os desafios do movimento, e como trabalhar com eles localmente.

Durante o intervalo do almoço, houve uma apresentação, com degustação, sobre culinária crudívora.

A Rede Brasileira/Plataforma NING

Isabela Menezes, do TGV, fez a apresentação seguinte sobre o NING, a plataforma do Transition Brasil na Internet, onde encontra-se a Rede Brasileira (www.transitionbrasil.ning.com).

Explicou a todos as ferramentas e utilidades dessa plataforma, bem como a importância de nos comunicarmos por meio delas e de a atualizarmos, a fim de que todas as iniciativas troquem experiências on-line, o que pode, em muito, ajudar na construção do nosso movimento.

Dinâmicas no Encontro

Em seguida, houve entre os grupos a dinâmica "World Café"; na qual os participantes dos grupos se misturam e participam de mesas diferentes, onde temas sugeridos são discutidos em forma de rodízio e, a pessoa que permanece na mesa relata o que foi vivenciado para os novos integrantes, e assim por diante. No final, houve a apresentação dos temas discutidos, e todos puderam compartilhar o processo e a sua síntese.

Partindo para a prática dos próximos passos

Uma forma bastante pragmática que se seguiu foi por meio de uma grande roda na qual foram definidos temas trabalhados ao longo do "World Café", e pediu-se que já se criassem grupos de trabalhos, para que tudo o que foi levantado e trocado não se perdesse ou dissipasse.

Já estou trocando e-mails com o meu grupo: Empresas Sociais e Captação de Recursos. E que grupo animado!

Encerramento e Encontro de 2013

Houve uma celebração final e deu-se o encerramento: alegre, bonito, emocionado. E, sobretudo, esperançoso.
O Transition Brasilândia, da capital paulistana, será o anfitrião do próximo ano. É um grupo vibrante, com inúmeras ações e realizações na Vila Brasilândia, que, inclusive, já conta com três "negócios sociais".

Estão todos convidados!

Sobre o TGV (Transition Granja Viana)

O movimento Transition Granja Viana busca transformar as cidades em ambientes sustentáveis e mais integrados à natureza. Nossa inspiração para a transição: Granja sustentável um futuro viável.

Uma das características do Transition Granja Viana é que trabalhamos com alegria, com leveza e com muito amor (e humor!).

Colocamos a intenção da transição em nosso dia a dia, em nossas reuniões, em nossas ações e, sobretudo, em nossos corações.

Sustentabilidade na bagagem

Tivemos o privilégio de trazer para a Granja a energia e a aprendizagem sobre a transformação possível, por meio de exemplos, clamores, protestos, rituais, exposições, chamados, encontros, diálogos e tantas outras manifestações e expressões vividas, assistidas e sentidas.

Senti a energia da sustentabilidade no ar, no lindo Rio de Janeiro.

Falem o que falarem da Rio+20, ela aconteceu, as pessoas e os corações e as intenções se mobilizaram.

Marcamos nossas posições, houve inúmeras manifestações, discussões, repercussões em todos os níveis, visíveis e invisíveis.

O mundo acompanhou, e as questões lá tratadas reverberaram e devem reverberar mais e mais.

Seja no mundo, seja no nosso pequeno mundo. Nosso pequeno grande mundo.

Nossa Granja Viana em nossas mãos. E corações.









 

Pesquisar


















 

© SITE DA GRANJA. TELEFONE E WHATSAPP 96948-3326 INFO@GRANJAVIANA.COM.BR