Lixo nas calçadas não pode! 

 mais fotos:  

No dia 19 o granjeiro João Clemente postou em suas redes sociais a sua revolta e incomodo por uma cena que viu no centrinho da região que tanto ama. Sacos e caixas de lixo empilhados na calçada de um estabelecimento comercial da Rua José Félix de Oliveira esperando pela primeira chuva para serem espalhados pela rua. Dias depois, a granjeira Maria Goreti Silva Camarano, do Conseg Granja Viana, nos enviou novas fotos de lixo mal acondicionado na mesma rua e fez a reclamação à Secretaria de Obras e Serviços de Cotia, que é a responsável pela fiscalização do descarte incorreto de lixo e outros materiais.

Segundo nos informou a assessoria de imprensa da Prefeitura, a Secretaria de Obras chegou a enviar a fiscalização ao local, mas o lixo já havia sido retirado. A orientação, de acordo com o órgão fiscalizador, é que sempre se faça a denúncia, pois em caso de flagrante o estabelecimento responsável pelo descarte irregular será notificado e em caso de reincidência, autuado.

A colocação de lixeiras para acondicionar o lixo dos estabelecimentos comerciais está prevista em Lei de 2001 promulgada pelo então prefeito Joaquim Horácio Pedroso Neto. Entre outras orientações, a lei determina que toda edificação construída a partir de sua ocupação deverá ser dotada de abrigo para recipientes de lixo. É o mínimo que se espera dos estabelecimentos comerciais da região, que coloquem lixeiras dimensionadas para a colocação de seus próprios resíduos.

Em resposta ao questionamento do Site da Granja sobre uma possível campanha educativa sobre o assunto, a atual Prefeitura se prontificou em iniciar uma ação neste sentido ao longo deste ano.

Para ler a lei Municipal que disciplina as posturas municipais e atividades destinadas ao recolhimento e disposição dos resíduos sólidos produzidos em Cotia, acesse: http://bit.ly/lixoemcotia



01/02/2018


Procure também por:

> lixo
> descarte
> irregular
> calçadas
> Cotia

<< voltar

  • Comentários (0)
  • Comente aqui
  • Indicar para amigo(a)
  • Imprimir
Nenhum comentário.

Preencha os campos abaixo:

Nome:
E-mail:  Exibir e-mail
Título:
Comentário: 
Seu comentário sobre essa matéria, será avaliado
e publicado no prazo máximo de 48 horas.
XOB   

Indique esta notícia a um(a) Amigo(a):

Seu Nome:
Seu E-mail:
Nome Amigo(a):
E-mail Amigo(a): 

newsletteranuncie

Receba nosso informativo semanal