TELEFONE E WHATSAPP 96948-3326 | Quem Somos | Anuncie Já | Fale Conosco            
sitedagranja
| booked.net | Newsletter

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

ASSINAR

| Anuncie Aqui
Voltar

09/11/2011

Vamos Perucar!

Por Layla Marques Fotos: Layla MarquesQue mulher está preparada para ouvir que está com câncer de mama? Na verdade, nenhuma de nós está.


Por Layla Marques
Fotos: Layla Marques

Que mulher está preparada para ouvir que está com câncer de mama? Na verdade, nenhuma de nós está. Mesmo sabendo ser uma doença tratável, principalmente se diagnosticada precocemente, a perda do seio e dos cabelos apavora. E não estamos falando de estética apenas, mas de autoestima, autoconfiança, feminilidade. "Quando descobri que estava com a doença foi muito complicado, até porque eu tinha duas filhas pequenas. Mas, o mais difícil para mim foi quando os meus cabelos começaram a cair por conta da quimioterapia. Eu não quis tirá-los com medo deles não crescerem mais e fiquei parecendo um cão sarnento. Foi muito difícil sentar na cadeira do cabelereiro e aceitar que eu ficaria careca", conta Ana Claudia Alves, que descobriu, em 2007, um câncer maligno, curado em 2009.

Qual a solução encontrada por Ana para superar a perda das madeixas? Perucar. É... do verbo "vestir a peruca", literalmente. "Parei de lamentar a perda de meus cabelos e resolvi inovar. Disse para mim mesma: vou comprar uma peruca bem chique e vencer esta fase", conta, aos risos. Tristeza, claro que sentiu, mas a força pela vida, a certeza de que alcançaria uma vitória era tão grande que as dores se transformaram em degraus. "Tenho para mim que quando passamos por uma dificuldade é porque uma coisa muito maravilhosa está para acontecer. Acho que coisas assim acontecem para aprendermos a valorizar mais nossas conquistas e a reclamar menos de nossos problemas que, na prática, são muito pequenos", incentiva.

E o que possibilitou que, aos 35 anos, Ana Claudia vencesse a doença foi o diagnóstico precoce. Assim que percebeu um nódulo diferente em suas mamas, buscou um médico de confiança e constatou o câncer. Por isso, fique ligada: realizar autoexame mensal em casa e estar em dia com os exames ginecológicos é muito importante e pode salvar a sua vida. "Hoje em dia não se morre mais de câncer, pode-se morrer com ele, mas por isso estamos aqui prontas para a luta", disse Ângela Maluf, secretária da Mulher de Cotia, ao Site da Granja, durante o 1º. Movimento Contra o Câncer de Mama, realizado no último sábado (5), no Ginásio de Esportes da cidade.

Cuidados e prevenção

Primeiro de tudo: saiba como é a sua mama. Não tenha medo de se tocar. Assim, caso apareça algum nódulo saberá identificar rapidamente. "O autoexame é fundamental, apenas não o faça durante o período menstrual, pois neste período as mamas apresentam alterações nas glândulas e sensibilidade. O ideal é fazer sempre antes ou depois, ou debaixo do chuveiro com os braços levantados ou em uma posição deitada", ensina a enfermeira do Pronto Atendimento do Portão, Luana Gil, que também estava presente no Movimento.

A conscientização também foi destaque no evento. Patrícia Souza, gerente de Setor da Avon de Cotia, lembra que muitas mulheres não sabem diagnosticar e que toda a informação é necessária e importante. "Do Movimento, fica a conscientização da causa, afinal muitas pessoas, às vezes, não sabem identificar a doença. São necessárias ações como esta e os diversos materiais como disponibilizamos aqui para que a mulher se prepare e consiga descobrir rapidamente a doença. O resultado disso é mais vida", finaliza.

As participantes do Movimento receberam camisetas doadas pelo Instituto Avon, fitas cor-de-rosa com o logo do evento entregues pela Faculdade Estácio de Sá e cartilhas informativas disponibilizadas pela Secretaria de Saúde e frutas, doadas pelo Pão de Açúcar. Ao final, caminharam pelas ruas do centro de Cotia, todas de rosa, para conscientizar ainda mais a população.

Para mais informações, disque: Saúde Mulher 0800-611-997
Dicas? Acesse o site do Instituto Avon: www.institutoavon.org.br








 

Pesquisar




X















© SITE DA GRANJA. TELEFONE E WHATSAPP 96948-3326 INFO@GRANJAVIANA.COM.BR