TELEFONE E WHATSAPP 96948-3326 | Quem Somos | Anuncie Já | Fale Conosco            
sitedagranja
| booked.net | Newsletter

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

ASSINAR

| Anuncie Aqui
Voltar

10/02/2011

Última reunião do Conseg

O Conseg (Conselho de Segurança) da Granja Viana reuniu-se na noite da última quinta-feira (3), no salão do 2º DP da Granja para discutir as últimas ocorrências e os planos futuros para a segurança na região.


O Conseg (Conselho de Segurança) da Granja Viana reuniu-se na noite da última quinta-feira (3), no salão do 2º DP da Granja para discutir as últimas ocorrências e os planos futuros para a segurança na região.

Várias questões foram levantadas pelos 15 participantes presentes: falou-se sobre a cadeia pública de Cotia, que já chegou a ter mais de 500 presos, e hoje conta com cerca de 180, por uma limitação judicial. Na cadeia, um detento pode ficar por no máximo 72 horas, até ser enviado ao Centro de Detenção Provisória (CDP) mais próximo, no caso o de Itapecerica da Serra ou Osasco, já que a seccional de Carapicuíba (na qual Cotia está localizada) não possui CDP próprio, conforme explicou o Dr. Alexandre Miguel Palermo, delegado do 2º DP da Granja.

Outra questão muito comentada foi a ineficiência do serviço 190 na região. Segundo Palermo, a central que atende as ocorrências da Granja fica em Osasco, e os atendentes não conhecem muito bem a região, dificultando assim o envio de uma viatura para o local da ocorrência. O problema é agravado pela falta de placas com nomes de ruas em Cotia. Foi sugerida uma PPP (Parceria Público-Privada) para a implementação das placas nas ruas da cidade, já que a prefeitura não dispõe de recursos para isso. A parceria permitiria a inclusão de publicidade da empresa patrocinadora da placa. Outra sugestão foi equipar as viaturas com GPS, além da atualização do banco de dados da polícia.

O assunto mais comentado, no entanto, foi o plano de criação de um sistema de monitoramento por câmeras na região. O projeto foi explicado pelo corregedor da Guarda Civil de Cotia e Secretário Executivo do Gabinete de Gestão Integrada, Adilson Moreira. Segundo o corregedor, o projeto traria 100 câmeras para a Granja, de maneira que poucas pessoas monitorem vários pontos ao mesmo tempo. "Algumas das câmeras seriam doadas por estabelecimentos e condomínios da região", disse ele. Já foi feito um mapeamento de toda a Granja, indo desde a Estrada do Espigão até o Condomínio São Fernando. Uma das câmeras já foi instalada na Praça Niso Vianna, faltando apenas a fiação elétrica para o seu funcionamento. O equipamento permitirá um monitoramento de 360° e um alcance de vários metros, podendo chegar até o Shopping. A intenção de se implantar câmeras na região já vem de alguns anos atrás, quando o então vereador Zeca Pamplona (PSDB) sugeriu esse projeto (leia mais em Câmeras de monitoramento no km. 23 e Câmeras de monitoramento eletrônico, sim ou não?).

Ocorrências recentes
Sobre as últimas ocorrências da Granja, falou-se sobre o alto número de furtos de veículos na Rua dos Manacás (leia mais em Furto de veículos no Jardim da Glória) e no entorno do Shopping Granja Vianna, em especial na Rua Adib Auada e na marginal da Raposo. Fora isso, o último mês foi tranqüilo. "Janeiro é um mês de férias escolares, e não tem aquela movimentação do Natal em Dezembro, registrando, portanto, poucas ocorrências", disse Palermo.

Dois casos chamaram a atenção neste início de ano, ambos a menos de 1 km um do outro: o primeiro, ocorrido no domingo, dia 03/01, foi notório não só pela ousadia dos bandidos, mas também pela brutalidade: à 01h, um morador entrou na Avenida São Camilo, vindo da Raposo, e foi bloqueado em frente à Wizard por um caminhão atravessado na via. O veículo estava quebrado e a situação foi aparentemente aproveitada pelos criminosos. Quando o motorista tentou voltar, foi surpreendido por três bandidos jovens e armados que saíram de dentro de um Gol prata. Os criminosos renderam o morador, espancaram-no e levaram o seu carro, dinheiro e pertences, sendo seguidos pelo Gol prata. consultado pelo Site da Granja, Palermo afirmou que o caso foi registrado com o boletim de ocorrência nº 33/2011 pelo Plantão da Delegacia central, o qual foi encaminhado ao setor de investigações da Delegacia da Granja Viana.

Outro caso, mais recente, foi o assalto que a corretora de imóveis Regiane testemunhou na Rua Nova América, na esquina com a São Camilo. O local fica constantemente cheio de veículos que esperam para entrar na avenida, e a ação dos bandidos é facilitada pelo fato da rua ser estreita e íngreme, o que dificulta uma eventual fuga. De acordo com a corretora, uma moto com dois ocupantes pardos estava parada ao lado de um carro Voyage. Pensando ser uma discussão de trânsito, Regiane tentou ultrapassar, mas voltou quando o garupa lhe apontou uma arma e gritou para que ela saísse dali. A corretora não conseguiu ver se a vítima era homem ou mulher, nem se estava acompanhada ou não. "Eu só ouvi os motoqueiros gritando para o motorista: passa a grana, passa a grana!", diz ela. Segundo Palermo, este caso ainda não chegou ao conhecimento da Polícia civil.

Portanto, vamos ficar de olhos bem abertos ao circular pela Granja, especialmente à noite, e procurar evitar esses pontos que hoje se mostram mais perigosos. Palermo alerta que a melhor conduta para a população é a preventiva. "Precisamos tomar as devidas cautelas, educando nossos hábitos, postura essa que, comprovadamente, diminuem em até 85% as chances de sermos vítimas", diz ele.

Victor de Andrade Lopes
Fotos: Ligia Vargas e Victor de Andrade Lopes








 

Pesquisar




X















© SITE DA GRANJA. TELEFONE E WHATSAPP 96948-3326 INFO@GRANJAVIANA.COM.BR