Fone: (11) 4617-3641 | Quem Somos | Anuncie Já | Fale Conosco            
sitedagranja
| booked.net | Newsletter

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

ASSINAR

| Anuncie Aqui
Voltar

17/07/2013

Notícia - Trânsito continua

por Layla Marques Dando continuidade às discussões sobre os problemas de trânsito na Granja, principalmente no cruzamento da Avenida São Camilo com a Rua José Félix de Oliveira, o vereador Luis Gustavo Napolitano (PSDB) se reuniu mais uma vez com moradores da Granja para debater o tema.


por Layla Marques

Dando continuidade às discussões sobre os problemas de trânsito na Granja, principalmente no cruzamento da Avenida São Camilo com a Rua José Félix de Oliveira, o vereador Luis Gustavo Napolitano (PSDB) se reuniu mais uma vez com moradores da Granja para debater o tema. O encontro aconteceu na quarta-feira, 17, na sede do Ciesp.

As propostas da reunião anterior - semáforo, desvio e mão única foram mantidos. Veja a reportagem. As novidades nesse encontro vieram em relação a propostas de restrição do trânsito de caminhões entre 20h e 6h, além de proibir a circulação de carretas no retorno do 22,8 Km. Outra solicitação foi a eliminação dos bolsões residenciais. “Poderíamos utilizar, como alternativas, algumas ruas que estão fechadas. Assim, o congestionamento melhoraria, principalmente em horários de pico”, disse Angela Serrano, representante do comércio local.

A fila de automóveis na porta das escolas nos horários de entrada e saída também foi citada, principalmente na Escola da Granja. Napolitano afirmou que o diretor do colégio, Alexandre Gambirasio, teria dito já estar providenciando para que o estacionamento interno da escola atenda a demanda dos carros. Outra sugestão foi a implementação de uma rotatória semelhante à existente no The Square.

Novamente o zoneamento

Toda vez que o trânsito entra em discussão, o problema do zoneamento vem junto, principalmente o da verticalização. A ideia do tombamento da Granja continua em alta, tanto em relação à taxa de ocupação quanto à preservação da flora e da fauna, recuo das calçadas e à impermeabilização do solo. Acredita-se dessa maneira, que a inviabilidade para as construtoras seria grande a ponto de fazê-las desistir da Granja.

“Diversos animais que sofrem risco de extinção têm passado por minha casa, perdidos, tamanha a devastação ambiental que fizeram no Alphaville Granja Viana, e é o mesmo que querem fazer com o Parque Cemucam. Precisamos estar atentos às decisões que nossos representantes têm tomado ao autorizar as construções de empreendimentos como esses”, lembrou o granjeiro e advogado Gilberto Capocchi. A próxima reunião ainda não tem data definida.







 








 

Pesquisar





















© SITE DA GRANJA. TELEFONE E WHATSAPP 96948-3326 INFO@GRANJAVIANA.COM.BR