Fone: (11) 4617-3641 | Quem Somos | Anuncie Já | Fale Conosco            
sitedagranja
| booked.net | Newsletter

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

ASSINAR

| Anuncie Aqui
Voltar

04/03/2010

Notícia - Silvio Leme fala sobre

Devido a alguns boatos de que, a partir de janeiro, a Avenida São Camilo teria mão única após a Rua José Felix de Oliveira (sentido Raposo Tavares), entramos em contato com a Secretaria de Transportes, onde, fomos atendidas prontamente pelo secretário adjunto, Sílvio Roberto Leme.


Devido a alguns boatos de que, a partir de janeiro, a Avenida São Camilo teria mão única após a Rua José Felix de Oliveira (sentido Raposo Tavares), entramos em contato com a Secretaria de Transportes, onde, fomos atendidas prontamente pelo secretário adjunto, Sílvio Roberto Leme.

Silvio Roberto Leme é engenheiro e, em maio de 2009, deixou a CET - Companhia de Engenharia de Tráfego, de São Paulo, para trabalhar na Secretaria de Transportes e Trânsito de Cotia. Além de nos esclarecer todas as dúvidas e boatos, ele nos adiantou sobre vários projetos viários importantes para Granja Viana. Confira:


Cruzamento Av. São Camilo X Rua José Félix de Oliveira

Diante das solicitações da Prefeitura de Cotia em razão do impacto urbanístico que irá causar à Granja Viana, a AlphaviIle Urbanismo apresentou estudo para melhoria no trânsito da avenida São Camilo. Algumas soluções foram aprovadas pela Prefeitura de Cotia, como a alteração geométrica e a implantação do sistema de ilhas no cruzamento da Av. São Camilo com a Rua José Felix de Oliveira. Esta mudança só será possível com a desapropriação de parte do terreno da Imobiliária Terceiro Millênio e a desocupação do "bico" do Condomínio Palos Verdes para o alargamento do cruzamento. A Prefeitura já entrou em contato com as partes envolvidas para que o projeto possa ser executado.

Cruzamento da Av. São Camilo com a R. José Felix
Trânsito na saída da São Camilo para José Felix

O estudo da Alphaville também prevê, além de uma faixa de pedestres, que beneficiará todos os circulantes, a instalação de um semáforo no cruzamento da São Camilo com a José Felix, o que trará mais ordem e segurança. Porém, como há quem seja contra por medo de assaltos e congestionamentos, o semáforo ainda está em estudo.


Mão única na Av. São Camilo e Rua José Félix de Oliveira

A proposta de transformar a Av. São Camilo em mão única, no sentido Rodovia Raposo Tavares, e a Rua José Félix de Oliveira em mão única no sentido da Av. São Camilo foi apresentada pela Alphaville Urbanismo. Porém, o secretário afirmou que essa possibilidade não é viável. Segundo Leme, o movimento ficaria muito intenso nas duas vias, e, provavelmente, o cruzamento ficaria pior do que é hoje. Ele explicou que haveria um problema de acessibilidade local, já que os moradores da Rua José Félix (após a Av. São Camilo, na descida para Carapicuíba), não teriam como voltar ao centrinho da Granja. Além disso, para acessar a Raposo Tavares, teriam que dar a volta toda pela Estrada da Aldeia. Várias ruas que poderiam ser usadas para essa volta foram fechadas ou apropriadas pelos residenciais desta região.

Já o plano viário da prefeitura, ao contrário do sugerido pela Alphaville, torna a São Camilo mão de entrada para a Granja e a Rua José Félix saída. Esta mudança inclui para o seu sucesso a construção de uma alça de acesso da José Felix à Raposo no sentido São Paulo, em frente ao colégio Rio Branco.


Via de acesso que atenda aos empreendimentos Alphaville e Cotolengo

Segundo o secretário de Transportes de Cotia, Claudio Olores, em entrevista à jornalista Fau Barbosa, para o portal Viva, ainda existe uma outra proposta de via de acesso que atenda aos empreendimentos Alphaville e Cotolengo, que já estão em andamento. "Seria uma nova via de acesso que sairá próximo ao retorno do km 26", explicou Olores.


São Paulo II, Fernando Nobre e Parque São George

O secretário de Transportes afirmou ainda que o plano viário já está na Câmara. "Ele já foi lido e discutido e deve ser votado nos próximos dias. Esse plano terá grandes intervenções na Rodovia Raposo Tavares". Segundo o secretário, o plano contempla um retorno (passagem de nível), no Parque São George, em frente à Churrascaria Bem-te-Vi, e um viaduto na saída de quem vem do SP II, em frente à empresa Astra Zeneca. Essas intervenções vão melhorar o acesso do km 30, que já está saturado e atende hoje todos os moradores dos condomínios da Rua José Giorgi, além de toda a região da Estrada Fernando Nobre.

Claudio Olores explicou também que o prefeito Carlão Camargo tem ido à Brasília onde tem feito várias reuniões, no sentido de trazer verba para a cidade, inclusive por conta da Copa do Mundo de 2014, onde o Centro de Treinamento do São Paulo Futebol Clube, em Cotia, deve sediar duas seleções internacionais. "Para isso, já estamos começando a nos preparar, e o engenheiro Silvio Leme já está pensando em alguns projetos viários para que essas pessoas possam vir pela Rodovia Raposo Tavares direto para o CT", ressaltou. (Fonte: Portal Viva)


Estrada Velha de Cotia

Na última quarta-feira, dia 03, foi realizada uma reunião, quando participaram o secretário de Habitação de Cotia, José Lopes Filho e representantes da Sabesp e do Supermercado Assai, para decidir o que será feito a respeito do trecho interditado da Estrada Velha de Cotia (entre as estradas do Capuava e do Embu), que teve parte da pista desmoronada no dia 6 de janeiro passado. A grande questão é quem arcará com os prejuízos, Assai ou a Sabesp? Enquanto isso, a população completa seu terceiro mês de dificuldades para circular pela região.

Trecho Interditado no Capuava

O Impacto dos novos Empreendimentos The Square, Prime Office e Shopping

Sílvio Leme falou também sobre o impacto que os novos empreendimentos The Square, Prime Office Park e o Shopping Granja Viana, trarão ao trânsito da região. O engenheiro informou que planeja instalar um semáforo nos acessos à Rua Basiléia e melhorar a geometria que abrange a entrada da Dona Deôla e do Habib"s, problema que será potencializado com a construção do The Square e dos prédios de Carapicuíba.

Mão inglesa no acesso do Habib"s à Dona Deola
Acesso do Habib"s à Dona Deola na confluência com a Estrada da Aldeia

Falando em soluções a longo prazo, essa melhoria seria feita por meio de um retorno viário junto à Rodovia, próximo ao km 21, facilitando o acesso à Dona Deôla e descartando a mão inglesa. Está previsto também a sinalização da mudança de mão na Estrada Velha de Sorocaba.

A Secretaria de Transportes e Trânsito já exigiu várias medidas ao Shopping Granja Viana, como a alteração nas vias de circulação, pequenas obras, equipe de sinalização e câmeras para monitoramento de trânsito, com o objetivo de melhorar o impacto que irá causar. Segundo o secretário, o Shopping é o maior interessado, já que, diferentemente dos outros empreendimentos imobiliários, os seus lucros não são gerados pela venda do imóvel e sim pelo volume de público que dependerá da facilidade em acessá-lo.


O Impacto causado pelo grande adensamento e municípios vizinhos

A intensidade do adensamento urbano é tanta que tem assustado os granjeiros. Isso acontece porque várias indústrias e centros empresariais têm migrado para a região. O Centro Empresarial São José é um grande atrativo, assim como o Rodoanel Trecho Sul, que atraiu muitas empresas de logística.

Pelo fato da Granja Viana estar localizada entre cinco municípios, ela é a primeira região a receber o impacto do aumento da população, dos empreendimentos e do trânsito. Conforme Silvio Leme disse, "Cotia ainda tem medidas em termos de planejamento urbano. A cidade consegue resguardar alguns direitos, enquanto outros municípios, por não estarem tão preocupados, acabam prejudicando o nosso trânsito".

Relembrou um exemplo de como a Granja está sendo afetada pela vizinhança, a instalação do pedágio na Rodovia Castelo Branco desviou o fluxo de Osasco, Jandira e Barueri para a Granja. Estes carros cruzam a Granja para pegar a Rodovia Raposo Tavares e escapar do pedágio.


Marina Novaes
Fotos: Ligia Vargas









 

Pesquisar





















© SITE DA GRANJA. TELEFONE E WHATSAPP 96948-3326 INFO@GRANJAVIANA.COM.BR