Fone: (11) 4617-3641 | Quem Somos | Anuncie Já | Fale Conosco            
sitedagranja
| booked.net | Newsletter

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

ASSINAR

| Anuncie Aqui
Voltar

11/09/2014

Notícia - Quando sinto que já sei

Mais uma vez, a Granja Viana ganha merecido destaque na Educação, com propostas que vêm revolucionar o ensino no país.


Mais uma vez, a Granja Viana ganha merecido destaque na Educação, com propostas que vêm revolucionar o ensino no país. Depois do filme Tarja Branca – A Revolução que faltava, que contou com a participação da instituição educacional Casa Redonda e da Oca - Associação da Aldeia de Carapicuíba, agora é a vez do documentário “Quando sinto que já sei”, de Antonio Sagrado Lovato, Raul Perez e Anderson Lima, que retrata, entre outros, a realidade educacional do Projeto Âncora.

Além do Âncora, a obra apresenta mais nove projetos educacionais espalhados pelo Brasil que propõem mudanças no padrão convencional das escolas e trazem uma nova forma de aprendizagem, sem testes, provas e séries. “Levamos muitos anos para amadurecer que escola seria essa que, além de construir uma nova humanidade feliz e sábia, também pudesse ser exemplo a seguir por outras instituições. Hoje fazemos parte de uma rede de entidades sociais e escolas que estão abrindo caminho para outro modelo de aprendizagem”, afirma Regina Machado Steurer, fundadora e conselheira do Projeto Âncora.

Além do educador e idealizador da Escola da Ponte (Portugal) José Pacheco e de Regina Steurer, as educadoras Cláudia e Edilene e a coordenadora geral do Projeto Âncora, Suzana Ribeiro, também foram entrevistadas no documentário.

Novos caminhos

Todos os projetos escolhidos têm por princípio o respeito pela individualidade de cada aluno e pelo contexto social que está inserido. Para Raul Perez, um dos diretores, a autonomia e a afetividade são as principais semelhanças entre as escolas visitadas, o que, segundo ele, significa entender o aluno como indivíduo e não como um produto em uma linha de produção. “O ensino que temos hoje forma especialistas. Você fecha portas e cria cursos para a criatividade acontecer. Isso, de certa forma, é cruel. Se a pessoa tem muitas potencialidades, deve poder desenvolvê-las com liberdade”, disse ele.

A cada escola visitada, um aprendizado. Um aluno de 10 anos da Politeia Escola Democrática, por exemplo, queria entender a Teoria da Relatividade. Numa escola tradicional, talvez isso fosse um problema e o estudante tivesse que esperar alguns anos e acabasse perdendo o interesse. No Projeto Âncora também tem um exemplo bastante interessante. Um estudante de nove anos era fascinado por mitologia grega e os professores foram introduzindo novos conhecimentos a partir das histórias e personagens que lhe interessavam.

“Neste mês em que comemoramos 19 anos, o filme é a constatação do quanto nossas crianças estão conseguindo conquistar autonomia, sabedoria e protagonismo, os melhores presentes com que poderíamos sonhar”, finaliza Regina.

 

Quando sinto que já sei
2014, digital, 75 minutos, Brasil
Direção: Antonio Sagrado Lovato, Raul Perez e Anderson Lima
Produção: Antonio Sagrado Lovato e Raul PerezP
Produção Executiva: Antonio Sagrado Lovato, Raul Perez e Anielle Guedes

Clique aqui para acessar o Facebook do filme.








 

Pesquisar

























© SITE DA GRANJA. TELEFONE E WHATSAPP 96948-3326 INFO@GRANJAVIANA.COM.BR