Fone: (11) 4617-3641 | Quem Somos | Anuncie Já | Fale Conosco            
sitedagranja
| booked.net | Newsletter

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

ASSINAR

| Anuncie Aqui
Voltar

11/08/2011

Notícia - Novas câmeras multam

A Polícia Rodoviária Estadual implantou há onze dias um sistema de monitoramento por câmeras no complexo rodoviário Castelo-Raposo que permite uma cobertura detalhada das vias, com o intuito de autuar motoristas infratores a distância.


A Polícia Rodoviária Estadual implantou há onze dias um sistema de monitoramento por câmeras no complexo rodoviário Castelo-Raposo que permite uma cobertura detalhada das vias, com o intuito de autuar motoristas infratores a distância. As 123 câmeras (90 na Castelo e na Raposo, e 33 no Trecho Oeste do Rodoanel) ficam no topo de postes de 20 metros de altura e captam imagens a 360 graus num raio de 1,5 quilômetro. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

Os equipamentos serão úteis para multar motoristas que cometerem infrações como ultrapassagens pela direita, tráfego no acostamento, manobras arriscadas e realização de "rachas". São infrações que ocorrem com uma frequência alarmante nas três rodovias em questão. As imagens são projetas em um telão de 25 m², e os registros ficam arquivados, sendo apresentados ao Departamento de Estradas de Rodagem (DER) em caso de contestação.

Os policiais fiscalizam o tráfego em 200 quilômetros do Centro de Controle Operacional (CCO) das concessionárias CCR Viaoeste e CCR Rodoanel, em Barueri.. Na Castelo e no Rodoanel Oeste, a cobertura pelas câmeras é de 100%. Na Raposo e na Senador José Ermírio (Castelinho), passa de 80%. Circulam, em média, 840 mil veículos por dia nessas rodovias.

De acordo com o gerente de Tráfego Fausto Camiloti, a concessionária já exibe mensagens na rodovia alertando os motoristas. Ele destaca que a aplicação das multas está de acordo com as normas do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). "Os policiais têm a atribuição legal de fiscalizar o tráfego. E antes fizemos um trabalho educativo."

Velocidade
Nos casos de excesso de velocidade, o policial se comunica com os colegas na rodovia para que usem o radar portátil, disponível nas viaturas, para apanhar o infrator. Isso porque ainda não há instrumento aferido pelo Instituto Nacional de Pesos e Medidas (INPM) para atestar a velocidade registrada pelas câmeras. Do Centro de Controle Operacional, os policiais também consultam as placas dos veículos para ver se há queixa de roubo e seguem o veículo até o próximo posto de fiscalização.

As duas concessionárias do grupo CCR são as únicas que já franquearam o sistema de câmeras para uso da Polícia Rodoviária. A iniciativa interessou à Secretaria dos Transportes do Estado e deve ser estendida aos 19 lotes do programa de concessões do governo paulista - mas ainda não há prazo. Técnicos da secretaria e de outras concessionárias já estiveram em Barueri para conhecer como funciona o processo.

As autuações
Melhor pensar duas vezes antes de cometer infrações perigosas, porém comuns nas três rodovias:

Infração grave - Dirigir caminhão na faixa da esquerda, não guardar distância do veículo da frente ou na lateral (moto), conduzir veículo em locais e horários não permitidos ou trafegar no acostamento. Multa de R$ 127,69, mais 5 pontos na Carteira Nacional de Habilitação.

Infração média - Ultrapassar pela direita ou atirar objeto do carro. Multa de R$ 85,13 e 4 pontos na CNH

Foto da Castelo:Epitacio Pessoa/AE
Foto da Raposo:Ligia Vargas








 

Pesquisar





















© SITE DA GRANJA. TELEFONE E WHATSAPP 96948-3326 INFO@GRANJAVIANA.COM.BR