Fone: (11) 4617-3641 | Quem Somos | Anuncie Já | Fale Conosco            
sitedagranja
| booked.net | Newsletter

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

ASSINAR

| Anuncie Aqui
Voltar

06/10/2016

Notícia - Nossa Professora que virou Miss!

fiogf49gjkf0dNeste mês de outubro em que os professores são merecidamente festejados, nossa homenagem vai para a granjeira Benedita Barbosa de Moraes Carvalho - a Benê.


fiogf49gjkf0d

Neste mês de outubro em que os professores são merecidamente festejados, nossa homenagem vai para a granjeira Benedita Barbosa de Moraes Carvalho - a Benê. Nascida na Vila do Campestre, Sub Distrito de Andradas, Sul de Minas Gerais em 1918, Dona Benê nos deixou no último dia 8 de setembro. Aqui fica um pouco da sua história, que torna a da Granja ainda mais rica.

Sua infância foi difícil - a mãe morreu no parto aos 18 anos de idade e ela foi criada por um tio, irmão de seu pai e dono de uma enorme fazenda na cidade de Getulina, interior de São Paulo, onde morou e trabalhou desde pequena. Aos 14 anos, veio para São Paulo estudar num Colégio Interno, fazer o primário e o secundário. Depois disso foi para Lins onde terminou a Escola Normal e se formou como professora.

Aos 30 anos, conheceu e se casou com seu marido Ary Mattos Carvalho, com quem teve 3 filhos, 6 netos e 3 bisnetos.

Em 1958 vieram morar na cidade de Cotia. Aqui foram moradores dos bairros do Mirizola, Estrada da Capuava e Granja Viana, onde se estabeleceram e moraram durante 54 anos.
Desde que chegou em Cotia, Benedita lecionou em várias escolas da região, como o Lar Escola Rotary, Escola Municipal da Água Rasa, Grupo Escolar Idomineu Nunes Caldeira, Grupo Escolar Batista Cepelos, Escola da Munck e na Escola Agrícola do Paruru, em Ibiúna. Em algumas delas, chegou a criar classes para crianças com necessidades especiais, coisa que não havia naquela época, um pioneirismo.

Em 2000, já idosa, Benê ousou desafiar o mundo com uma oportunidade inesperada: concorreu e foi eleita Miss Cotia da Melhor Idade e depois Miss São Paulo!
Sua vitória foi aplaudida de pé. No momento em que seu nome foi anunciado como Miss Melhor Idade do Estado, o auditório lotado na cidade de Serra Negra se levantou!
Ela admitia não ser a mais bonita, nem tão pouco a mais elegante, nem a que tinha desfilado com maior desenvoltura. No entanto foi, sem sombra de dúvidas, a que melhor representou a mulher idosa, de bem com a vida, sorridente, com mensagens de otimismo e de amor pela vida! Em nenhum momento ela estava preocupada com o título e sim em passar uma visão do idoso como um ser que ainda tem o direito de viver, de ser alegre, aplaudido e respeitado.

E não parou por aí - no Concurso Nacional de Miss Brasil da Melhor Idade, ela conquistou o 2º lugar para o Estado de São Paulo! Aos 82 anos, competiu com mulheres do Brasil inteiro, das mais diferentes classes sociais, dos mais diversos tipos físicos e das mais variadas culturas e etnias, todas com idade superior a 60 anos!
Nem é preciso dizer que sempre teve a família e os amigos ao lado apoiando, incentivando e vibrando com as suas vitórias.

Benê se dizia vitoriosa por ter vencido em sua vida três preconceitos:
- na infância e adolescência, o de que mulher não precisava estudar;
- depois, de que mãe e esposa não deve trabalhar fora, ter profissão;
- e por último, o de que o idoso não tem o direito de sonhar e de ser feliz.

Essa é a Benê que estará sempre em nossos corações e nas nossas lembranças mais alegres!

Por Gabriela Carvalho
Fotos: Família Carvalho

 








 

Pesquisar





















© SITE DA GRANJA. TELEFONE E WHATSAPP 96948-3326 INFO@GRANJAVIANA.COM.BR