TELEFONE E WHATSAPP 96948-3326 | Quem Somos | Anuncie Já | Fale Conosco            
sitedagranja
| booked.net | Newsletter

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

ASSINAR

| Anuncie Aqui
Voltar

21/09/2009

Movimento Granja Viva e Rotary Empresarial GV

Algumas horas antes da Granja Viana sair às ruas nesse sábado(19) - para protestar contra o desmatamento da área onde será construído o empreendimento Alphaville Granja Viana - a Alphaville Urbanismo chamou a imprensa granjeira em seu escritório central para formalizar a doação de 10 mil mudas de árvores ao o Movimento Granja Viva e ao Rotary Empresarial Granja Vianna.


Algumas horas antes da Granja Viana sair às ruas nesse sábado(19) - para protestar contra o desmatamento da área onde será construído o empreendimento Alphaville Granja Viana - a Alphaville Urbanismo chamou a imprensa granjeira em seu escritório central para formalizar a doação de 10 mil mudas de árvores ao o Movimento Granja Viva e ao Rotary Empresarial Granja Vianna.

O fundador do Movimento Granja Viva, e também membro do Rotary Empresarial, Luis Gustavo Napolitano, abriu a reunião dizendo que, "diferente do que vão pensar, isso não é um cala boca".


Napolitano, falou como Secretário-adjunto de Obras da Granja Viana, e enfatizou que o empreendendor e o Município estão se entendendo através do diálogo, buscando uma solução para os problemas que estão sendo levantados por causa da obra. "Estamos sendo muito bem atendidos pela Alphaville em todas as questões. "O Granja Viva e o Rotary vão criar uma comissão para o plantio dessas árvores em regiões que necessitam de verde", disse citando a favela do chiclete, o Parque Alexandra, etc. "Esse foi um presente ganho por um ótimo relacionamento", ressaltou.

João Audi, presidente da Alphaville, estava presente à reunião: "A Granja Viana é uma região que pede diálogo", disse. "Diante disso, assumimos a preocupação de "revegetar" a região", relatou. "Toda essa doação é feita fora do plano de manejo. Estamos dispostos a buscar uma parceria", falou sugerindo reuniões semanais para poder assimilar tudo isso.

Marcelo Willer, diretor de negócios da Alphaville, contou sobre as últimas reuniões feitas em Carapicuíba, com lideranças de entidades de outros bairros que não a Granja Viana. Ele está ciente das preocupações dos moradores da Granja com relação ao parque público, que deve contemplar a presença de moradores de 4 ou 5 km do entorno. "Os vizinhos não querem que esse parque vire um parque de lazer. Por isso um plano de manejo deverá ser desenvolvido com a participação da comunidade", disse.

A Alphaville quer envolver as entidades da Granja Viana, e vai chamar a Prefeitura para participar, decidindo em conjunto onde serão plantadas as mudas. Luis Gustavo quer ainda contribuir usando a experiência com a implantação do Parque Teresa Maia.


Fau Barbosa


Fotos: Ligia Vargas








 

Pesquisar




X















© SITE DA GRANJA. TELEFONE E WHATSAPP 96948-3326 INFO@GRANJAVIANA.COM.BR