Fone: (11) 4617-3641 | Quem Somos | Anuncie Já | Fale Conosco            
sitedagranja
| booked.net | Newsletter

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

ASSINAR

| Anuncie Aqui
Voltar

29/04/2010

Notícia - Furto de veículos

Um grande número de furtos de veículos tem ocorrido na R.


Um grande número de furtos de veículos tem ocorrido na R. dos Manacás, localizada no Jardim da Glória. O que mais assusta os comerciantes e moradores é que apesar da rua ser movimentada e da polícia ter sido comunicada, a prática já se tornou comum no local.

Em setembro de 2009, às 10h30 da manhã, furtaram o carro de Josimar Ferreira, proprietário da Condominium. Há oito anos instalados nessa rua, Josimar nunca havia tido problema. "Foi muito rápido, estacionei meu carro na Rua dos Manacás, paralelo ao barranco, entrei em uma reunião de 20min e quando saí, ele não estava mais lá". Josimar contou que notou uma mulher de aparência suspeita rondando, mas ainda não tem nenhuma pista de quem furtou o seu veículo, "não foi feito qualquer tipo de investigação".

Os funcionários do jornal Mais Conteúdo estão reclamando para a polícia desde dezembro de 2009. Só dentro do prédio em que eles trabalham cinco pessoas tiveram o seu veículo furtado. De acordo com Mariana Marçal, os furtos ocorrem sempre de dia.

Karine, funcionária do jornal, contou que furtaram seu carro semana passada por volta das 11h, "os guardas fazem uma ronda, mas o trabalho de prevenção é da polícia militar, ela que deveria estar executando um esquema de segurança, alguma ação efetiva". Karine acredita que o responsável pelos furtos é alguém da região que conhece muito bem o dia-a-dia das vítimas.

O proprietário do jornal, João Lino, informou que "desde dezembro ficamos sabendo que 12 carros foram furtados". João Lino acredita que 50% das empresas que se localizam nessa rua já tiveram funcionários que foram vítimas desse tipo de furto, "a polícia tem que tomar alguma atitude".

Em fevereiro de 2010, Rosângela Palermo, funcionária da Condominium, teve seu carro furtado às 11h da manhã, "eu presenciei a cena. Saí do escritório para buscar um documento e vi que uma moto estava subindo na contramão com dois jovens. A garupa, que usava um capacete rosa, desceu da moto e se dirigiu ao meu carro. Me joguei na frente do veículo, mas não consegui impedir que o rapaz levasse o carro". Rosângela nunca havia tido preocupação com essa rua, mas agora tem medo de ir ao próprio trabalho, "não vejo carro de polícia passando por aqui".

Semana passada, o proprietário da Criare, Rogério Couto, teve o seu veículo roubado na Rua Rio Maicure, que se localiza atrás da Rua dos Manacás. Ele estava dentro do carro e quatro jovens o abordaram a mão armada por volta das 22h30. Rogério acredita que como a região está crescendo, uma base da polícia deveria ser instalada no Jardim da Glória.

Mas a criminalidade não se reduz a veículos furtados ou roubados. Muitos estabelecimentos, como a Kilatem Veterinário Hotel e a Pizzaria La Societá também já foram assaltados a mão armada.

O veterinário Luciano Manzeli, da Kilatem, já teve a sua clínica assaltada em 2007 e 2008 e acredita que deveria ter mais viaturas circulando na região, "ando com bastante medo".

Paulo Roberto Susini, da Pizzaria La Societá, teve a sua pizzaria e o seu carro roubados em março de 2010, em plena luz do dia e seu estabelecimento já foi assaltado três vezes.

O delegado da Granja Viana, Dr. Alexandre Palermo informou que o índice de furtos de veículos aumentou desde o começo do ano, não só na R. dos Manacás, como em todas as ruas que permeiam a região devido à intensificação do comércio. "Muitos carros, de frequentadores ou comerciantes, estacionam nessas ruas. O maior índice de furtos é entre 8 e 10h da manhã".

Mas com as denúncias e B.O.s o patrulhamento foi intensificado e ocorreu uma diminuição nos furtos, "normalmente havia um ou dois furtos por semana. Com o aumento do patrulhamento, passaram-se três semanas sem a ocorrência de nenhum furto", afirmou o delegado.

Dr. Alexandre tentou rastrear os veículos furtados, mas não conseguiu obter a localização. Acredita que o responsável pelos furtos não é morador da região. Algumas pessoas notaram um rapaz boliviano circulando de maneira suspeita na região, mas até agora não há indícios de algum suspeito. De todos os carros furtados, apenas um foi encontrado, há um mês atrás, intacto na rua.

Aqui caberia muito bem o sistema de segurança defendido pelo vereador Zeca Pamplona, com monitoramento através de câmeras, já utilizado em várias cidades com sucesso, inclusive no centro de São Paulo.


Marina Novaes
Fotos: Lígia Vargas








 

Pesquisar





















© SITE DA GRANJA. TELEFONE E WHATSAPP 96948-3326 INFO@GRANJAVIANA.COM.BR