Fone: (11) 4617-3641 | Quem Somos | Anuncie Já | Fale Conosco            
sitedagranja
| booked.net | Newsletter

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

ASSINAR

| Anuncie Aqui
Voltar

25/05/2010

Estações Paulista e Faria Lima

Os curiosos que se aglomeraram em frente às estações Paulista e Faria Lima --as duas primeiras da linha 4-amarela do metrô-- puderam usar os novos trens às 13h24 desta terça-feira.


Os curiosos que se aglomeraram em frente às estações Paulista e Faria Lima --as duas primeiras da linha 4-amarela do metrô-- puderam usar os novos trens às 13h24 desta terça-feira.

A cerimônia de inauguração estava marcada para as 12h, no entanto os trens só seriam abertos para a população às 13h30. Houve uma confusão nos horários, o que causou o tumulto em frente às novas estações.

Hoje, o horário de funcionamento será reduzido em razão do evento de inauguração; a nova linha irá funcionar por pouco mais de uma hora. A partir desta quarta-feira (26), as duas estações funcionarão das 9h às 15h --fora dos picos da manhã e da tarde.

Com 3,6 km, o trecho terá passagem gratuita por três semanas. Depois, o bilhete unitário custará R$ 2,65.

Com as duas estações, a economia de tempo é expressiva. Às 18h06, a Folha levou 22 minutos de ônibus entre os pontos da Paulista e Faria Lima. De carro, o tempo chegou a 16 minutos --das 17h50 às 18h06. A nova linha fará o percurso em 3,5 minutos.

Os trens não têm condutor, tecnologia chamada de "driverless" - até então inédita no metrô de São Paulo.

Assim, por meio do para-brisa do trem, os passageiros poderão ver trilhos e túneis.

As composições, de fabricação coreana, podem chegar a 80 km/h. Elas são dotadas de câmeras de vigilância, o que permite atuar com rapidez em casos de emergência.

Outra novidade é que não há separação entre os vagões. O espaço para os passageiros é contínuo.

Há portas de vidro nas plataformas. Elas se abrirão apenas quando o trem parar na estação. O mecanismo impedirá que os usuários tenham acesso aos trilhos. A estação Sacomã, na linha 2-verde, tem o mesmo equipamento.

Na estação Paulista, esteiras rolantes levarão os passageiros até a estação Consolação, da linha 2-verde. As escadas rolantes também serão "inteligentes", com velocidade que varia de acordo com o número de passageiros.

Com a entrega parcial da linha 4, a rede do Metrô passa a ter 65,9 km. Nos próximos meses, um dos impactos esperados será a redução progressiva da frota de ônibus no corredor Rebouças.

As próximas estações da linha 4 a serem entregues serão Butantã, Pinheiros, Luz e República, até 2011. As estações Higienópolis-Mackenzie, Oscar Freire, Fradique Coutinho, São Paulo-Morumbi e Vila Sônia devem estar em operação até 2014.


Deficiências

As duas novas estações não têm banheiro, o que contraria portaria do secretário José Luiz Portella (Transportes Metropolitanos). A pasta afirma que resolverá o problema, mas não diz quando.

Também falta um acordo com operadoras de telefonia celular para que os aparelhos funcionem no túnel. Por fim, os mapas nas paredes não incluem a linha 4. Isso ocorre porque a linha ainda está incompleta, segundo a Via Quatro.


Fonte: FolhaOnline








 

Pesquisar



















© SITE DA GRANJA. TELEFONE E WHATSAPP 96948-3326 INFO@GRANJAVIANA.COM.BR