Fone: (11) 4617-3641 | Quem Somos | Anuncie Já | Fale Conosco            
sitedagranja
| booked.net | Newsletter

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

ASSINAR

| Anuncie Aqui
Voltar

14/09/2016

Eleições 2016: Gilberto Capocchi

fiogf49gjkf0dEm continuidade à série de entrevistas com os candidatos a vereadores de Cotia, o Site da Granja entrevistou o advogado civilista e ambientalista, Gilberto Antonio Capocchi.


fiogf49gjkf0d

Em continuidade à série de entrevistas com os candidatos a vereadores de Cotia, o Site da Granja entrevistou o advogado civilista e ambientalista, Gilberto Antonio Capocchi. Em Cotia e municípios vizinhos, Capocchi atua nas áreas de família, sucessões, imobiliário e empresarial. Nas questões de meio ambiente tem agido junto a foros de inúmeras cidades. Anteriormente atuou como chefe de gabinete do Departamento de Águas e Energia Elétrica do Governo do Estado de São Paulo - DAEE, como assessor jurídico da Superintendência do Departamento de Limpeza Urbana – LIMPURB do Município de São Paulo. Seu currículo ainda inclui as atividades de coordenador jurídico e palestrante nos cursos de Meio Ambiente programados pela CETESB, coordenador do Movimento em Defesa da Granja Viana – MDGV e membro do Conselho Jurídico do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo – SINDUSCON. Confira a entrevista:

Site da Granja: Se eleito, quais são as suas prioridades para colocar em prática na cidade?
Capocchi: Como tenho dito, gosto de tudo em seus devidos lugares. E Cotia tem muito a ser recolocado no lugar certo. Hoje, da forma como vejo a vida da cidade, muita coisa deveria ter começar já, o que é impossível. Mas creio que algumas delas já poderão caminhar:
a) frear qualquer intenção de alguns em querer transformar Cotia em "paliteiro", com a verticalização por aí propalada. Verdadeiro ato desumano!
b) rever toda a parte do licenciamento ambiental cabível ao município, em especial a supressão de vegetação comumente desordenada ou feita ao arrepio da lei;
c) obrigar que seja feita cobertura permeável das áreas de circulação (carroçáveis) dos loteamentos e terrenos quando das obras de quaisquer edifícios;
d) programa para implantação da assistência médica para todas as crianças e jovens da Rede Escolar Municipal, incluindo exames laboratoriais e raio X (pulmão, mão e pé - estes dois últimos para avaliar o crescimento da criança/jovem).
É muita coisa e além dessas primeiras providências, ainda existem outras. Recordo-me de um professor que dizia para a classe: "guardem a cama e estudem"! Portanto, mãos à obra!

Site da Granja: Como você avalia a aceitação ao seu nome, por parte da população, e os trabalhos de base em torno da sua pré-candidatura?
Capocchi: Um grande meio de comunicação, hoje, é representado pelas redes sociais e outras formas. Aqui considerando, posso afirmar que ocupo uma boa posição na aceitação dos eleitores. Outra, é o pé na rua. Não raramente, sou parado e cumprimentado exatamente por ser candidato. Eu tenho publicado muitas mensagens a respeito dos trabalhos que pretendo desenvolver se eleito. Incrível como a resposta favorável é grande, o que me deixa feliz e confiante!

Site da Granja: Como candidato, você já iniciou seus trabalhos de base; com isso, o que já está sendo feito, no sentido de planos de apoio político?
Capocchi: Na verdade, entendo que o cargo majoritário, seja Prefeito, Governador ou Presidente, é o que alinhava o apoio político. No entanto, não posso descartar que quando se pertence a um colegiado, maior ou menor, tem que ter aliados quase que permanentes. É o ditado: "uma andorinha só não faz verão". Como não sou exceção, venho, assim como outros, conversando com muitos candidatos a vereador. Óbvio que não se faz distinção. No entanto, há sempre aqueles de quem as "químicas" mais se aproximam. Felizmente, tenho incontáveis amigos dentro dos mais de 300 candidatos para estas eleições de Cotia, da mesma forma que a eles retribuo a amizade.

Site da Granja: Por que você decidiu se candidatar a vereador da cidade de Cotia?
Capocchi: Inicialmente, como já me expressei por meio de vídeo de campanha eleitoral, Cotia me acolheu há muitos anos e me proporcionou grandes alegrias familiares, sociais e profissionais. Diante disso, pensava, eu, certo dia, como eu poderia agradecer e retribuir para a cidade e para os moradores a satisfação com que fui distinguido. Foi daí que decidi ingressar na política cotiana, com o objetivo de dar ao município e à sua população um tanto do tempo de vida que ainda me resta. Quero dar a ela meu esforço, meu trabalho, como se só para mim fosse. Não viso futuro, não viso riqueza, não quero galgar postos mais elevados. Só quero servir ao município e proporcionar maior bem estar à sua população, já bem sofrida. Quem me conhece sabe bem como sou.

Site da Granja: Quais seus principais planos e ações, pautados para as áreas da segurança, saúde, educação, meio ambiente, verticalização, infraestrutura e mobilidade urbana?
Capocchi: Parte desta questão já foi respondida, mas não custa, em resumo, repetir. Vamos lá (recordando que serei Vereador e não Prefeito, pois a ele caberá muito disto, lógico, com a minha direta e constante colaboração):

A). SEGURANÇA: Aumentar os efetivos da Guarda Municipal e da Polícia Militar (Estado), esta junto ao Governador.

B). SAÚDE: já falei sobre a instituição da assistência médica às crianças e jovens alunos da Rede Municipal
Escolar. No geral, há necessidade de mais hospitais para o atendimento reclamado pela população.

C). EDUCAÇÃO: além de equipar as escolas municipais, que hoje deixa muito a desejar, procurar assinar convênio com o Ministério da Educação para o fornecimento de material didático e escolar. Aqui, também, instalar e organizar uma biblioteca infanto-juvenil, muito importante para o desenvolvimento cultural da criançada.

D). MEIO AMBIENTE: Além do que já disse, reexaminar a estrutura fiscalizadora obrigatória. Entendo que muitos agentes fiscais devem ser contratados, por concurso público, e treinados pela CETESB, órgão estadual, o que evitaria, sempre que possível, o socorro da Polícia Ambiental - esta de principal, passaria a assessorar, quando sua presença se fizer necessária.

E). VERTICALIZAÇÃO: Não sou contra moradia, em absoluto! Sou é radicalmente contrário a prédios altos, independente da finalidade. Doze metros de altura, em Cotia, já está bom demais! Esta minha luta data de alguns anos e é muito difundida pelo MDGV - Movimento em Defesa da Granja Viana e outros Bairros, do qual fui seu Coordenador, hoje Consultor Jurídico.

F). INFRAESTRUTURA: O que falar sobre o que não há? Cotia é a primeira cidade no Brasil que não tem malha viária. Cotia padece da falta do saneamento básico. Seus rios são imundos e fedorentos em razão do despejo irregular de esgoto. A parte de iluminação pública ainda carece de muita instalação. Segundo o IBGE, nossa cidade cresceu enormemente nestes últimos 10 anos e não há uma rua nova a não ser as internas a loteamentos, lógico, particulares. Só para se ter uma ideia, de 2010, inclusive, até o momento, 7 anos após, a população cotiana cresceu cerca de 33 mil pessoas. Isto é, de 201 mil para 234 mil pessoas! Voltando um pouco mais no tempo, mas só até 2000 quando a população era, somente, de 148.987 residentes fixos. Um pulo gritante de 85 mil habitantes fixos em apenas 16 anos, enquanto a infraestrutura estagnou no tempo! Concluindo, diga-se, nesses números não está incluída a população flutuante! Serão de muito trabalho os anos vindouros para dar à população o que ela, minimamente, deveria obter de uma cidade civilizada! (Fonte: IBGE).

G) MOBILIDADE URBANA: Como a mobilidade urbana é resultado do tráfego de veículos, pode-se dizer que Cotia, de 0 (zero) a 10, ganhou a nota zero. Como antes me referi, sem abertura de novas vias, passagens subterrâneas ou aéreas de um lado para o outro da Raposo Tavares, o que lutaremos para conseguir, Cotia continuará sendo o caos que foi se acumulando nestes últimos anos.










 

Pesquisar



















© SITE DA GRANJA. TELEFONE E WHATSAPP 96948-3326 INFO@GRANJAVIANA.COM.BR