TELEFONE E WHATSAPP 96948-3326 | Quem Somos | Anuncie Já | Fale Conosco            
sitedagranja
| booked.net | Newsletter

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

ASSINAR

| Anuncie Aqui
Voltar

21/06/2018

Consciência da violência contra o Idoso

Dia 15/06 é Dia Mundial de Conscientização da violência contra a Pessoa Idosa. A data foi instituída pela Organização Mundial da Saúde



Dia 15/06 é Dia Mundial de Conscientização da violência contra a Pessoa Idosa. A data foi instituída pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e tem como objetivo chamar a atenção da sociedade para a causa dos idosos e assim ajudar a garantir o envelhecimento saudável, respeitoso e digno a todos. Aqui na região, entre outras instituições, temos a Associação São Joaquim, um exemplo de respeito e carinho com o idoso e em seu trabalho social tem por princípio apoiar a causa e as ações voltadas à população com mais de 60 anos. A Instituição existe há 12 anos e hoje atende a cerca de 300 idosos com trabalho de fortalecimento de autoestima e convivência social (veja vídeo acima). 


O Dia Mundial de Combate à Violência contra a Pessoa Idosa é um lembrete para a atenção que devemos dedicar a esta parcela da população. O envelhecimento faz parte do ciclo de vida e envelhecer com dignidade e respeito é um direito de todos. No site da Associação São Joaquim você também pode ver como contribuir para esta causa de atenção ao idoso.



Violência



Para a OMS, a violência contra a pessoa idosa se dá por ações e também por omissões cometidas uma ou muitas vezes, prejudicando a integridade das pessoas desse grupo etário e impedindo o desempenho de seu papel social.



De acordo com o IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, a população idosa com mais de 60 anos no Brasil irá tripilicar até 2050, o que traz grande preocupação diante da negligência sofrida por uma parcela dessas pessoas, inclusive dentro do próprio lar, por seus familiares.



Quando a violência acontece no contexto familiar, geralmente os agressores são filhos ou netos que apresentam conflitos no relacionamento com o idoso, que acaba se calando diante do problema por medo de represálias e ameaças, prejudicando, assim, sua vida de forma geral e, principalmente sua saúde mental.



Ao contrário do que pensamos, a violência contra a pessoa idosa não está apenas relacionada à agressão física. Esta pode ocorrer de diversas formas, ressaltando a negligência, maior forma de violação praticada contra o idoso atualmente no país.



Tipos de violência contra o idoso:



• Violência física: é o uso da força física para forçar o idoso a fazer o que não deseja, ferindo-os, provocando dor, incapacidade ou morte.
• Violência psicológica: agressões verbais ou gestuais com o objetivo de aterrorizar, humilhar, restringir a liberdade ou isolar do convívio social.
• Violência sexual: ato ou jogo sexual de caráter homo ou heterossexual realizado com idosos sob violência física ou ameaças.
• Abandono: ausência ou deserção dos responsáveis familiares, institucionais ou governamentais de prestarem socorro a uma pessoa idosa que necessite de proteção e assistência.
• Negligência: recusa ou omissão de cuidados devidos e necessários aos idosos por parte dos responsáveis familiares ou institucionais. Uma das formas mais presentes de violência contra o idoso no país.
• Violência financeira ou econômica: consiste na exploração imprópria ou ilegal ou ao uso não consentido pela pessoa idosa de seus recursos financeiros e patrimoniais.
• Autonegligência: diz respeito à conduta da pessoa idosa que ameaça sua própria saúde ou segurança pela recusa de prover cuidados necessários a si mesma.

Sinais de violência

• Depressão ou ansiedade por parte do idoso
• Demonstração de medo diante de alguns indivíduos
• Aparecimento de ferimentos físicos inexplicáveis
• Isolamento social


Fonte: Cartilha “Violência contra Idosos – o Avesso de Respeito à Experiência e à Sabedoria“, da Secretaria Especial de Direitos Humanos


 

Pesquisar




X















© SITE DA GRANJA. TELEFONE E WHATSAPP 96948-3326 INFO@GRANJAVIANA.COM.BR