Fone: (11) 4617-3641 | Quem Somos | Anuncie Já | Fale Conosco            
sitedagranja
| booked.net | Newsletter

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

ASSINAR

| Anuncie Aqui
Voltar

24/07/2008

Castrar sim

Quem tem cães e gatos sabe.


Quem tem cães e gatos sabe. De repente, lá pelos oito meses de idade, o filhotinho fofinho e brincalhão começa a ficar adulto. Ou seja, o macho a ter atitudes como brigar com outros cães, fazer xixi nos móveis para marcar território e agarrar as pernas das visitas sem a menor cerimônia, entre outras artes. Já a fêmea, ao entrar no cio, irá pingar sangue pela casa e a atrair a presença dos cães da vizinhança. Isso tudo, sem contar com as ninhadas indesejadas que acabam indo para as ruas onde irão sofrer maus-tratos, acidentes, adoecer e morrer. Um animal de estimação nunca deve ser motivo de transtornos aos seus proprietários, mas sim de alegria. Portanto, a solução é castrar... E quanto antes, melhor!

É comum o proprietário encarar a castração como uma mutilação. Ele não imagina que a atividade "sexual" dos animais tem unicamente fins reprodutivos. Lembramos que o gato se reproduz de 3 em 3 meses, e o cachorro de 6 em 6, ficando difícil encontrar um lar para todos. Assim, devemos levar em conta, as vantagens para o animal e para seu dono. A castração previne doenças, distúrbios comportamentais (gravidez psicológica), tumores mamário ou de próstata. É rotina, em clínicas veterinárias, cirurgias emergenciais em virtude de Piometra (infecção uterina com acúmulo de pus), que pode matar em poucas horas. Nos machos, o aumento de testosterona induzido pelo cheiro de uma fêmea no cio aumenta a agressividade. Os animais fogem de casa para acasalar, brigam, agridem pessoas...Outra vantagem é que o cheiro forte e a freqüência da urina que diminui nos animais castrados. Ou seja, a castração contribui para o aumento da longevidade do animal, seu bem-estar e facilita o convívio com os sus donos. É uma cirurgia rápida, feita com auxílio de anestesia e medicamentos anti-inflamatórios sendo que o melhor período para a sua realização é aquele entre os 6 e 8 primeiros meses de vida do animal. Entretanto, não há qualquer problema se for realizada em animais adultos.

Para quem não pode arcar com os custos, existem clínicas que mantém campanhas de castração. Além de veterinárias, elas estão, literalmente, engajadas na causa animal. Proprietárias do Centro de Esterilização e Saúde Animal/Clínica Veterinária Gato Mia, as doutoras Fabiana Caviglia e Renata Queiroz não visam lucro, mas o bem estar animal. Além de projetos educacionais, elas promovem uma campanha permanente de castração, enfatizando os direitos e deveres do ser humano, em relação aos animais, seguindo o modelo de controle populacional traçado pela Organização Mundial de Saúde que identifica a eutanásia como sendo o método mais cruel, caro e ineficaz de controle de natalidade e propagação de zoonoses. A iniciativa visa promover, a custos acessíveis, a possibilidade de pessoas que adotam animais de rua, mas que não têm como arcar com as despesas da cirurgia, ou aquelas, independente da classe econômica, que sabem da importância da esterilização. A clínica também já fez, em parceria com a Prefeitura de Cotia, mais de 500 cirurgias de castração, atendendo animais da população de baixa renda.

Angela Miranda

Clínica Gato Mia
Estrada do Capuava, 390
(próximo à Sorveteria Sabiá - Km 30,6, sentido interior/capital)
Telefones: 4148.2311 / 4614.7882








 

Pesquisar



















© SITE DA GRANJA. TELEFONE E WHATSAPP 96948-3326 INFO@GRANJAVIANA.COM.BR