Fone: (11) 4617-3641 | Quem Somos | Anuncie Já | Fale Conosco            
sitedagranja
| booked.net | Newsletter

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

ASSINAR

| Anuncie Aqui
Voltar

12/03/2012

Notícia - Caos

Obras viárias na Granja começaram nesta segunda feira, gerando um enorme transtorno no principal cruzamento do bairro, a R.


Obras viárias na Granja começaram nesta segunda feira, gerando um enorme transtorno no principal cruzamento do bairro, a R. José Felix X Av. São Camilo. A colocação de cones e agentes de trânsito no local, para testar a viabilidade do novo projeto (veja matéria abaixo), que pretende evitar que os motoristas cruzem essas duas avenidas e façam conversões à esquerda, não deu alternativas de percursos, dado o fechamento da rua Roma para obras. Assim, quem por exemplo, estivesse na José Felix no sentido da São Camilo e desejasse chegar na Fazendinha, simplesmente não tinha como fazer essa conversão!!

Nos inúmeros emails e telefonemas recebidos pelo Site da Granja, a indignação dos motoristas foi geral em relação a esta medida. Leia os comentários no rodapé da página.

A melhor solução para o problema desse cruzamento ainda parece ser aquela apresentada em 2010 pelos estudos da Alphaville Urbanismo, descartada pela Prefeitura por prever desapropriações no local. Saiba mais sobre o estudo entregue pela Alphaville Urbanismo

Obras viárias têm início na Granja

Em entrevista coletiva na manhã de sexta, dia 9/3, o Prefeito de Cotia Carlão Camargo anunciou à imprensa local o início de diversas obras viárias na Granja Viana a partir do dia 12/3.

O Secretário de Obras da Prefeitura, Benedito Simão e o Secretário de Trânsito Claudio Olores, apresentaram o projeto de melhorias que se estendem muito além do centrinho, mas é por ele que as obras se iniciam. A ideia central é abrir o maior número de artérias em torno da Av. São Camilo e adjacências e estabelecer os futuros fluxos de circulação. As primeiras vias a receberem pavimentação para integrar o novo tráfego são: o início da Ruas São Luiz continuando pela Zurich até a Basiléia, que permitirão um trânsito alternativo à São Camilo para quem vai em direção da Raposo Tavares. Quando perguntados pelo Site da Granja sobre a possibilidade de asfalto da continuação da Zurich até a Estrada da Aldeia (rua Marselha), responderam que serão feitas apenas algumas melhorias nesse percurso; pena, pois seria uma boa alternativa para distribuir o fluxo e evitar um gargalo na Rua Basiléia.

Ainda para suprir parte do fluxo de veículos nas duas vias principais da Granja, a Rua Roma também será pavimentada, ligando a São Camilo à rua das Granjas e vice-versa. " Veja mapa das Ruas que serão pavimentadas"

Cruzamento José Felix X São Camilo:

Já esse ponto mais crítico, demandou um estudo especial. Uma vez pavimentadas as Ruas Roma e Zurich, cujo prazo previsto é de 30 dias de obras a partir desta segunda-feira, será feito um teste naquele entroncamento, com o uso de cones e agentes de trânsito, proibindo-se as conversões que exijam cruzar as avenidas. Será coibida a conversão à esquerda na São Camilo por quem vem pela José Felix, e a conversão a esquerda na José Felix por quem vem pela São Camilo. O que aconteceu, no entanto, foi um grande caos, pois com a Rua Roma fechada, não há teste nesse local que dê algum resultado admissível.

Claudio Olores não considera a colocação de semáforo, por julgar que causaria ainda mais congestionamentos nas avenidas: "sem cruzamento, não é preciso semáforo, as alternativas ficam sendo a Rua Roma de um lado e a Rua Zurich de outro", defende. Também não pretende adotar mão única na São Camilo no sentido Raposo, para não prejudicar o comércio daquela avenida. Quanto aos ônibus, eles deverão passar pelo centro da Granja, entrar na Rua Roma e sair direto na São Camilo. A questão é se esse trecho tem estrutura e dimensões suficientes para dar conta desse volume de tráfego! E os caminhões de grande porte, também não terão mais acesso da José Felix para a São Camilo.

Um dos principais agentes causadores do trânsito nesse local específico é o horário de entrada e saída da Escola da Granja, que torna o tráfego ali inviável. Segundo Luiz Gustavo Napolitano, sub-prefeito da Granja e presente ao encontro, a diretoria da Escola com quem conversou, mostrou-se totalmente receptiva às mudanças que se fizerem necessárias para resolver o problema e já está tomando suas providências, buscando um local de estacionamento para os professores e assim liberando uma faixa de circulação interna da escola (onde hoje eles estacionam), para que os pais possam entrar com seus carros e pegar os filhos lá dentro, aliviando o congestionamento da rua no horário mais crítico.

Olores enfatizou ainda que essa obra inicial significa apenas uma melhoria da região da São Camilo, mas não propriamente uma solução. Tendo em vista a construção de grandes empreendimentos na avenida, como o Alphaville Granja Viana, que implicará num aumento significativo de veículos em circulação, será preciso estabelecer no médio prazo parcerias para a ampliação do sistema viário, para absorver essa nova demanda. O maior problema desse empreendimento e outros que ainda virão, é estar na divisa de municípios. Pertencem a Carapicuíba, que fica com o bônus dos impostos, mas utilizam a infraestrutura de Cotia, no caso a São Camilo, como entrada e saída para os seus moradores. Por isso o alerta do Secretário quanto ao paliativo das obras programadas. Olores foi questionado pelo Site da Granja sobre a projeto de 2010 apresentado pelo Alphaville Urbanismo (justamente no sentido de compensar o transtorno do empreendimento sobre o sistema viário), que previa, entre outras providências, a instalação de uma rotatória no fatídico cruzamento. Apesar de aprovado pela prefeitura em 2010, o secretário também descartou essa solução, dada a necessidade de desapropriações no local.

Os 2 km de obras no centro da Granja que se iniciam no dia 12 têm a previsão de 30 dias para serem concluídas e serão feitas com recursos da Prefeitura de Cotia.

Outros 28 km de obras anunciadas no encontro, incluem as Estrada da Aldeia, do Embu, do Capuava, Fernando Nobre, entre outras, e também a drenagem no km 21 com abertura do sistema hídrico que, também numa parceria com o Estado, deverá estar pronta até metade do ano. Questionado pelo Site da Granja sobre a tão sonhada alça de acesso para o São Paulo II, o prefeito garantiu que na próxima segunda, 12/3, em reunião agendada com o DER, será contratada uma empresa para fazer o estudo de viabilidade. Quanto à possibilidade de pedágio na Raposo, Carlão manifestou-se completamente contrário à ideia, pois não vê a rodovia como estrada, mas como avenida. No entanto, anunciou também que em reunião esta semana com o Prefeito de Vargem Grande, Roberto Rocha, e o Secretário de Estado dos Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes, foi dado início ao estudo da viabilidade de um monorail para ligar Cotia a São Paulo, uma ideia que pode estar saindo finalmente do papel.

Enquanto isso, aguardamos ansiosamente por essas medidas mais concretas, que a partir desta semana, podem tornar nossa vida na Granja um pouco mais... fluente!

Fotos: Fernando Almeida e Elis Nogueira.








 

Pesquisar





















© SITE DA GRANJA. TELEFONE E WHATSAPP 96948-3326 INFO@GRANJAVIANA.COM.BR