Fone: (11) 4617-3641 | Quem Somos | Anuncie Já | Fale Conosco            
sitedagranja
| booked.net | Newsletter

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

ASSINAR

| Anuncie Aqui
Voltar

19/05/2010

Campeões do Mundo

Alunos de terceiro colegial, na reta do vestibular, vivendo intensamente por mais de dois meses a preparação e apresentação de uma peça de teatro? É isso que acontece com todos os alunos no último ano do ensino médio do Colégio Waldorf Micael.


Alunos de terceiro colegial, na reta do vestibular, vivendo intensamente por mais de dois meses a preparação e apresentação de uma peça de teatro? É isso que acontece com todos os alunos no último ano do ensino médio do Colégio Waldorf Micael.
Se dedicar a esta experiência parece ser algo como ficar distante da realidade de ter que optar por uma faculdade, uma profissão, mas não foi isso que eu percebi. Acompanhei através da minha filha, que é uma das alunas dessa classe, todo o processo e vi nele uma grande oportunidade de se auto conhecer dentro de um coletivo, e isso é, na verdade, importante para se ter uma ideia do que fazer no mundo como profissão.

Explico: Para que a peça aconteça os alunos têm que se entender entre eles. Começa com a decisão de que peça fazer. Todos se engajam, leem os textos, defendem suas ideias, e lutam pela sua escolha fazendo lá os seus lobbies, procurando seus parceiros de afinidade.

A peça mais votada foi Campeões do Mundo de Dias Gomes, que fala da ditadura e da Copa do Mundo em 1970. Estes temas os colocaram em contato com a questão do idealismo, da opressão. Ficaram curiosos, se voltaram para os adultos querendo saber suas histórias desse tempo, percebendo suas posições.

E aí veio a distribuição dos papéis. A hora da garra: lutar para ser o personagem que se quer, lidar com as dificuldades da competição por querer o mesmo papel que o amigo. Perceber seus pontos fortes e fracos. Se frustrar, se alegrar. Foram feitos quatro elencos diferentes. Um para cada dia de apresentação.

A capacidade de organização deles também foi solicitada porque cuidaram de tudo. Foram feitas comissões de figurinos, cenários, etc. Gerenciaram e criaram meios de arrecadar dinheiro para bancar os custos. É tradição que os alunos deste ano organizem o Mica Quiz, que levanta um bom dinheiro.

Aí começaram os ensaios. Veio a exaustão, a choradeira, a briga para que todos conseguissem o seu nível máximo para não comprometer o trabalho de todos.

O resultado foi lindo, os quatro elencos levaram muitos dos alunos de outros anos a assistirem todas as apresentações para compararem performances e sonharem com o ano em que serão eles a pisar no palco.

A direção foi de Leonardo Cortez e eu vi esta moçada sair do processo muito mais que campeões do mundo. Vi dignidade, vi o orgulho de levar a cabo uma tarefa tão grande, vi superação, vi que eles sabem muito bem o que é trabalhar pelo coletivo. Ingredientes importantes para ajudá-los a fazer escolhas neste final de ciclo. E isso tudo regado a muita música cantada por todos. Vozes que se fazem ouvir!


Jany
Fotos: Ligia Vargas








 

Pesquisar



















© SITE DA GRANJA. TELEFONE E WHATSAPP 96948-3326 INFO@GRANJAVIANA.COM.BR