Fone: (11) 4617-3641 | Quem Somos | Anuncie Já | Fale Conosco            
sitedagranja
| booked.net | Newsletter

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

ASSINAR

| Anuncie Aqui
Voltar

14/07/2010

Notícia - Aterro ilegal

Vídeo: Portal R7, com Rede RecordHá várias semanas, vimos acompanhando as denúncias de aterramento em área de preservação permanente no Condomínio Fazendinha.


Vídeo: Portal R7, com Rede Record

Há várias semanas, vimos acompanhando as denúncias de aterramento em área de preservação permanente no Condomínio Fazendinha. A reportagem do Portal Viva esteve várias vezes no local, constatou o descarregamento de terra de muitos caminhões num local que antes era uma mata de várzea, margeado por um rio, que ainda passa pelo local. Tudo foi desmatado e uma rua foi aberta nesse local, onde se vê claramente vários corpos d"água ao redor do asfalto. A quantidade de entulho jogada ali impressiona.

Entramos no terreno para ver "o que estava sendo aterrado". E a surpresa: um maravilhoso lago, com patos e uma belíssima vista, ali, morrendo aos poucos. Conversamos com os empregados da obra. Eles nos disseram que o dono do terreno é o atual Secretário de Obras de Carapicuíba. "É um tal de Joel da Madeireira. Ele vai construir uma casa aqui", disse o rapaz.

A devastação foi toda documentada e cópia da matéria foi inclusive encaminhada ao Secretário Estadual de Meio Ambiente - Xico Graziano - que disse se tratar de caso de polícia. Acrescentou ainda que ia mandar averiguar.

No entanto, a coisa não parou por aí e as denúncias continuam chegando, inclusive com fotos do local onde o lago está sendo aterrado.

Recebemos as fotos e entramos em contato com Fernando Chucre - deputado federal da região, pedindo ajuda no caso. Fernando acionou a seccional de Carapicuíba e o delegado Ambiental Marcelo. Os moradores estão indignados e prometem ir ao Ministério Público.

Informada do caso, a ONG SOS Mananciais do Rio Cotia, enviou email à nossa redação:
"Há mais de seis meses fizemos uma reunião extraordinária com representantes da diretoria da SOS Manancial do Rio Cotia, convidados e outras ONGs da região objetivando ações, conforme várias denúncias de ocorrências de aterros com entulho, lixo e assoreamentos nas regiões do Madeira, Euroville, Peroba, pesqueiro e aterro córrego S. Fernandinho, em Barueri. Todos a montante da Represa do Baixo Cotia, vítima destes impactos, principalmente este aterro, conforme vocês apresentam documentado com fotos", disse Yara Toledo.

Mais uma vez, as denúncias foram encaminhadas às autoridades competentes - Secretários do Meio Ambiente de Carapicuíba e do Estado de São Paulo, Xico Graziano, que novamente se comprometeu a enviar a polícia ambiental, além do que foi chamada a grande mídia para documentar os fatos. Deus queira que ainda dê tempo!

Matéria e Fotos: Fau Barbosa








 

Pesquisar

























© SITE DA GRANJA. TELEFONE E WHATSAPP 96948-3326 INFO@GRANJAVIANA.COM.BR