Fone: (11) 4617-3641 | Quem Somos | Anuncie Já | Fale Conosco            
sitedagranja
| booked.net | Newsletter

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

ASSINAR

| Anuncie Aqui
Voltar

26/11/2009

Alagamento

Após muitas reclamações e vários alagamentos, a rua Tangará (atual Gal.


Após muitas reclamações e vários alagamentos, a rua Tangará (atual Gal. Fernando Albuquerque), finalmente terá seu problema de alagamento resolvido.

Recebemos vários flagrantes e fizemos uma matéria sobre o problema (leia aqui), os moradores do Jardim das Paineiras afirmam que o problema é causado pela construção do novo condomínio da Cyrela, o Nascentes da Granja.

Segundo Marcio Vieira, síndico do condomínio vizinho - Jardim das Paineiras - o problema teve início quando a Cyrela fechou o escoamento natural da água, construindo o muro do condomínio.
"Moro aqui há 10 anos e isso nunca aconteceu. Foi só construir o muro e o problema foi criado", disse.
"A água vertia para o terreno deles, e logo no primeiro verão após o início da obra, procurei a empresa para falar sobre o transtorno. O engenheiro na época, disse que iria resolver o problema, porém saiu da empresa e nada foi feito. Quando entrei em contato novamente, o novo engenheiro Jean me disse que não era problema dele", relatou.

Marcio nos contou que um morador chegou a perder o carro na enchente e que o seu condomínio, que fica há mais de 500 metros do local, teve que comprar uma bomba para retirar a água. "Nem a energia eles nos emprestaram, tivemos que comprar um fio de extensão e ligar no nosso condomínio", disse.

A secretaria-adjunta de obras da Granja Viana já havia entrado em contato com a empresa, e ficou acordado com o engenheiro Jean, que até o dia 11 de novembro o problema seria resolvido, o que também não aconteceu. Na manhã de ontem, o secretário Luis Gustavo Napolitano esteve no local, e após entrar em contato com a diretoria da empresa, um novo engenheiro foi enviado de São Paulo para resolver o problema.

De acordo com Ricardo Monteiro, engenheiro responsável por várias obras da Cyrela, o problema não tem nada a ver com a obra. Apesar disso, a empresa já havia solicitado uma autorização da prefeitura para sanar o problema.
"É uma depressão natural da rua, não é decorrente da obra", afirmou. "Não é culpa do empreendimento, o alagamento acontece por falta de uma captação subterrânea. Para se mexer na rua pública, é necessário uma autorização da prefeitura. Água de captação pública tem que ter solução pública", enfatizou.
A autorização da prefeitura saiu há 2 meses. "Recebemos autorização da prefeitura para amenizar a situação e melhorar a via. Mas para resolver, a prefeitura vai ter que fazer a captação subterrânea", concluiu.

Após muita discussão, nessa quarta-feira(25), a Cyrela iniciou as obras para escoar a água acumulada. "Vamos colocar a bomba para drenar a água e fazer um buraco com a retroescavadeira no terreno ao lado", disse o engenheiro Ricardo. "Mas essa não é a solução definitiva", ressaltou.
Ele prometeu também refazer as guias e melhorar o nível da rua.

Por Fau Barbosa








 

Pesquisar



















© SITE DA GRANJA. TELEFONE E WHATSAPP 96948-3326 INFO@GRANJAVIANA.COM.BR