Fone: (11) 4617-3641 | Quem Somos | Anuncie Já | Fale Conosco            
sitedagranja
| booked.net | Newsletter

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

ASSINAR

| Anuncie Aqui
Voltar

07/11/2012

Notícia - Água e esgoto

Por Karen GimenezNo dia 10 de novembro, o Espaço Humanaterra, em Embu das Artes, oferecerá um curso voltado para Manejo Ecológico de Água e Tratamento Natural do Esgoto.


Por Karen Gimenez

No dia 10 de novembro, o Espaço Humanaterra, em Embu das Artes, oferecerá um curso voltado para Manejo Ecológico de Água e Tratamento Natural do Esgoto. O engenheiro e permacultor Guilherme Castagna dará dicas de como é possível trabalhar esses dois temas de forma caseira, eficaz, barata e em pequena escala. As dicas servem tanto para casas isoladas quanto para condomínios, já que a região de Cotia e entorno sofre de graves problemas, principalmente em relação ao tratamento de esgoto.

Em conversa com o Site da Granja, Castagna adiantou algumas orientações que dará no curso. "Usar a água de forma racional e fazer tratamento do esgoto em lugares em que o sistema ainda é de fossa ou inexistente, é bem mais fácil e barato do que se imagina", afirma. O engenheiro explica que a água descartada das residências é dividida em duas categorias: água cinza e água preta. Cinza é o nome dado à água originária de torneiras e chuveiros. "Apesar de conterem sabão e alguns outros resíduos, não são consideradas águas tóxicas. Já a água preta, que vem do vaso sanitário, essa sim tem um maior poder de toxidade e exige outro tipo de tratamento".

Separação das águas

Um dos principais problemas levantados pelo especialista está dentro das casas: "as duas águas são misturadas na tubulação. Ao fazer isso a água cinza, que teria diversos usos acaba se perdendo". Segundo ele, um pequeno ajuste na tubulação pode separar essas águas. "A água cinza é ótima para lavar quintal ou para irrigar alguns tipos de plantas, como a vegetação típica de Mata Atlântica ou árvores frutíferas. É só destinar por baixo da terra o encanamento para essas áreas do terreno. A irrigação deve ser feita por baixo da terra. Já imaginou molhar as árvores do seu quintal enquanto toma banho?", sugere Castagna. Para condomínios de terrenos muito pequenos, ele sugere uma iniciativa coletiva com o intuito de irrigar a área verde comum do condomínio, por exemplo com a água cinza.

Para a água preta, o manejo é um pouco mais detalhado, mas o especialista garante que esse sistema é de baixo custo e simples de fazer. "Dá para contratar empresas especializadas, mas cada um pode fazer por si só na própria casa ou por iniciativa do condomínio. Há diversos guias mostrando o passo a passo. A água preta contém fertilizantes encontrados nas fezes. Só não podem ser diretamente jogados nas plantas, precisam de um pequeno manejo antes", avalia.

O engenheiro garante que tanto ambientalmente quanto financeiramente o investimento vale a pena. "Em um condomínio, por exemplo, além da economia de água, esse tipo de irrigação reduz também a necessidade de mão de obra, pois as plantas são irrigadas automaticamente a cada abertura de torneira.

O especialista se coloca à disposição dos leitores do Site da Granja para fornecer mais detalhes sobre esses sistemas pelo telefone (11) 2386-2647 ou por e-mail: fluxus@designecologico.net








 

Pesquisar

























© SITE DA GRANJA. TELEFONE E WHATSAPP 96948-3326 INFO@GRANJAVIANA.COM.BR