TELEFONE E WHATSAPP 96948-3326 | Quem Somos | Anuncie Já | Fale Conosco            
sitedagranja
| booked.net | Newsletter

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

ASSINAR

| Anuncie Aqui

Varal Com Texto Voltar

09/09/2005

O clássico sempre sobrevive ao tempo


Um trenchcoat Burberry é um sonho de consumo. É como um jeans 501 Levi"s ou um perfume Chanel Nº 5. São os básicos de luxo que carregam vários significados implícitos: elegância, tradição, bom gosto e durabilidade (aqui no caso, não só em qualidade, mas em estilo).

São quase 150 anos de história, desde a fundação da Burberry, em 1856, por Thomas Burberry, um jovem inexperiente de 21 anos que resolveu abrir uma pequena loja em Basingstoke, Hampshire (Inglaterra).
A primeira da marca em Londres foi aberta em 1891, na Haymarket, que hoje abriga o escritório central da empresa. Na década de 1900, a Burberry ganhou lojas também em Paris e em Nova York.

Em suas experiências para o desenvolvimento de novos tecidos, Thomas criou, em 1880, a gabardine, tecido resistente à água e extremamente durável, produzido a partir de um processo inovador na época.
O famoso xadrez Burberry foi criado em 1920 e se tornou marca registrada, tendo sido apresentado como o forro para a linha de trenchcoats em 1924. Não demorou para que o xadrez, formado pelas cores vermelho, camelo, preto e branco se tornasse sinônimo para a marca.

Em 1960, o xadrez Burberry saltou de dentro do trenchcoat e ganhou as ruas nas formas de guarda-chuva, bolsas, malas e echarpes.
Na década de 1980, houve uma grande expansão da empresa nos EUA, com a abertura de várias lojas espalhadas por todo o país. A Burberry hoje está presente em mais de 20 países. No Brasil, as peças da grife são comercializadas pela Daslu, em São Paulo.

Ciente da necessidade de acompanhar os novos conceitos e se preparar para o século 21, a empresa passou por uma revitalização, iniciada em 1997, que englobou não só novas campanhas, alterações na ambientação das lojas e produtos, mas também uma nova equipe de designers sob comando do estilista Roberto Menichetti (agora na francesa Celine). Christopher Bailey é o atual diretor criativo da marca.
Podemos observar nas últimas coleções apresentadas em Milão, um desejo de reafirmar o novo espírito da Burberry, como uma original marca de luxo inglesa, antenada com as mudanças de comportamento do seu público.


Veja mais

Givenchy - o nome da elegância
Espartilhos - Quatro séculos de história
Anos 40 – A moda e a Guerra
Anos 30 – Tempos de Crise
Anos 20 – Quando a moda mudou
O Biquíni – uma verdadeira bomba
O mundo fashion sobre patas
Blythe – Brinquedo Fashion
GUCCI - O império do novo luxo completa 85 anos
O Diabo Veste Prada
O universo do fetiche
Em defesa da moda
Madonna Forever
SPFW - O verão chega mais cedo
Zuzu Angel – o filme
A extravagância pode ser chique
A moda nas Copas
Moda e Surrealismo
Quando o punk virou moda
Casar está na moda

 




Pesquisar




X















© SITE DA GRANJA. TELEFONE E WHATSAPP 96948-3326 INFO@GRANJAVIANA.COM.BR