TELEFONE E WHATSAPP 96948-3326 | Quem Somos | Anuncie Já | Fale Conosco            
sitedagranja
| booked.net | Newsletter

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

ASSINAR

| Anuncie Aqui

Planeta Eu Voltar

17/11/2016

Ai de mim! Por Jany Vargas


Vou te contar que dentro de mim mora uma pessoa bem chata! Ela me atrapalha muito! Sempre escolhendo aquilo que não deve, aquilo que me atrasa. Sempre me desviando dos caminhos que idealizo para mim!  

Ou ela solta o freio do meu carro e quando vejo estou numa ladeira na maior velocidade ou me breca quando estou para chutar na cara do gol. 

Tira as palavras da minha boca quando preciso dizer coisas importantes ou, ao contrário, me deixa desbocada quando preciso me calar. 

Gasta meu dinheiro suado com besteira e é muito fofoqueira! Seus hábitos alimentares são os piores. Só gosta do gostoso e assim me deixa barriguda! 

Não entende nada de nutrição, bons modos e, de vez em quando, me obriga a ir para a cama sem escovar os dentes! 

Ela está aqui me espreitando enquanto escrevo e me disse que se eu não deixar que ela escreva sua versão vai me fazer jogar - de novo! - um joguinho bobo de cartas na internet, me atrasando ainda mais para acabar essa crônica que, claro, ela deixou para a última hora.

Ok então, aceito sua exigência e a deixo falar: 

“O que seria da vida da minha hospedeira (que me acusa tanto!) se eu não trouxesse para sua vida a alegria inconsequente?

Sou o impulso e ela quer manter tudo em caixinhas etiquetadas. Não quer sofrer, nem se arriscar. Acha que a vida é uma cidade planejada! Fica segurando nas boias que encontra pelo caminho enquanto é arrastada pela correnteza do rio.

Flutue, eu digo! Se entregue! Ela acha que isso é irresponsabilidade, que tem contas para pagar, dentes para escovar...

Bom, já falei, já vou indo, tenho o céu azul para olhar, o vento para bater no rosto, o peito para se abrir. Hoje é um dia novo, inteiramente recheado de surpresas. Na verdade ela que é minha hospedeira e não o contrário, mas eu permito que ela continue na sua ilusão de "controle.” 

Com licença, vou chegando também por aqui. Moro nesse mesmo lugar de apenas 1m e 61 centímetros  - vamos dizer – mais ou menos bem distribuídos! Estava ouvindo o debate desses dois lados antagônicos como um psicólogo onde os casais vão para se entender numa terapia. Claro que estou acima dessas brigas, apenas observo e vejo o movimento que nos arrasta para lá e para cá. Não me envolvo diretamente.

Stop!!! Tragam a camisa de força!!! Muita gente palpitando e me dirigindo!!! Mas estou em boa companhia, vejam o que o Goethe escreveu em Fausto: “Ai de mim, duas almas moram em meu peito!”. Eu diria que ele tem sorte! Apenas duas!!  

Toda essa brincadeira para dizer que sou (somos?) múltipla! E se não presto atenção nisso sou jogada para lá e para cá sem rumo, nem amor! E, pior: projeto no mundo externo essa briga interna. 

Aprendo devagarinho a escutar essas vozes e vou indo sem me levar muito a sério como quer a arruaceira, pagando as contas como quer a responsável, olhando tudo como aquela que se sente distanciada! 

A torre de lançamento vem se aproximando e quando eu subir nela para ir para o espaço infinito iremos todas de mãos dadas. Felizes por termos brincado nesse jardim maravilhoso!  

Foto:Tirada na rua de um lambe lambe no muro da cidade de SP


Veja mais

Pirei na Batatinha!
Leva meu coração?
Eu minto sim!
Nana Nenê!
Os mansos e o presente
Vamos de mãos dadas!
Zezinho Bruce e eu, no Crepúsculo!
Papai Mamãe: um Clássico!
Piquenique com os Seres de Luz!
Sou feia!!
O corpo desobediente! por Jany
Não tem só bem pensar!
Voa Aurélio! por Jany
Olhos de cuidado! por Jany
Cuidado com o Penelin!
Fala que eu te escuto!
Na palma da mão!
A revolução da verdade!
Sim! Pode falar!
Ioiô para todos!

 


Jany

Escritora e Focalizadora de Dança Circular no UlaBiná.

Pesquisar




X















© SITE DA GRANJA. TELEFONE E WHATSAPP 96948-3326 INFO@GRANJAVIANA.COM.BR