TELEFONE E WHATSAPP 96948-3326 | Quem Somos | Anuncie Já | Fale Conosco            
sitedagranja
| booked.net | Newsletter

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

ASSINAR

| Anuncie Aqui

Paia...Assada Voltar

27/10/2005

O larápio das igrejas


Existe por aí afora muito caboclinho esperto e safado. Imaginem que lá pras bandas do Córgo Fundo tinha um que era tal e qual do jeito que estou falando.
Pois não é não é que o dito cujo deu de roubar as coisas da igreja de lá? E virava e mexia, o padre saía excomungando o tal, pois não conseguia pegá-lo com a boca na botija, ou melhor, com a mão na mercadoria roubada. E vai daqui e vai dali, continuava sumindo coisa. Ora uma imagem sagrada, ora dinheiro dos cofrinhos...Enfim: um despropósito de coragem pra furto.
Mas – sempre tem um mas – eis que o padre resolve botar um paradeiro na roubança. Arma-se de um trabuco carregado e posta-se às escondidas no escuro da igreja em altas horas e ali espera, atocaiado, pelo ladrãozinho que não deveria demorar para aparecer.
Devia ser umas três da madrugada quando o padre, ali escondido atrás dum oratório, de arma em punho. Se depara com um vulto esperto na escuridão. O vigário engatilha seu trabuco e aponta no rumo do vulto que, percebendo, se esconde com a carinha de safado por detrás de uma estátua grande de um anjo de asas...
PADRE (falando alto) – Quem está aí?
Ninguém responde.
PADRE (mais alto) – Quem está aí? Estou perguntando.
Ninguém responde.
PADRE (apontando a arma engatilhada) – Pois bem. Não vai responder, não é? Pela última vez, vou perguntar: quem está aí? Se não responder, eu vou atirar. Vou pregar fogo. Quem está aí?
A VOZ (trêmula e disfarçada) – É... é ... um anjo, sêo vigário. Eu sou um anjo...
PADRE ( percebendo a malandragem) – Que anjo o quê, sêo idiota. Voa já daí!
A VOZ (caipiresca) – Num posso avuá, sêo vigário. Eu sou fióti (filhote) !
Conta-se que o padre, depois dessa resposta, resolveu ir dormir.


Veja mais

Fordinho 29
Caipira não se aperta!
O Cotuba e suas tiradas
Um causo de viajante
Era um barbeiro pra lá de bom
Pito do Inquilino
Êta caboclo unha de fome
Nos tempos do cangaço (eu disse can-ga-ço)
Ligações que custaram caro
A galinha americana
O que é que ocê me diz, cumpadi II
O Tédio
Carro de Boi
Oração Gaúcha
Brinquedo de escondê
Confissão de Caboco*
Balada Negra*
Chico Beleza*
A Flor do Maracujá*
Estradas*

 


Rolando Boldrin

Rolando Boldrin

Conta causos fazendo a gente saborear o modo gostoso de uma boa prosa.

ATENÇÃO!
SR. BRASIL, programa de Rolando Boldrin
TV Cultura: Sábados 19:00 h / Domingos 10:00 h

Pesquisar




X















© SITE DA GRANJA. TELEFONE E WHATSAPP 96948-3326 INFO@GRANJAVIANA.COM.BR