TELEFONE E WHATSAPP 96948-3326 | Quem Somos | Anuncie Já | Fale Conosco            
sitedagranja
| booked.net | Newsletter

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

ASSINAR

| Anuncie Aqui

Modo de Ver

09/09/2005

Foi tudo uma ilusão


Através de rádio, televisão e jornal desta segunda feira, 22 de agosto de 2005, nos chega a informação de que toda essa história de escândalos, roubalheiras, quadrilhas, desonestidades, embustes, enganos, mau-caratismos, políticos vagabundos e salafrários foi uma ilusão.

Bastou um discurso, ao qual foram dedicados três blocos do programa imbecilizante e preferência nacional há 35 anos e mais todas as manchetes de grandes jornais. Segundo dizem, o ministro mostrou a convicção de homem honesto e inocente. Nada mais que isso.

As lideranças dos partidos de oposição teceram elogios, que não estariam fazendo agora se o PT, como seria de esperar, tivesse realmente investigado somente a privataria do governo anterior e tudo aquilo de está agora sendo acusado de fazer. Mas não se preocupe, caro leitor, foi tudo uma ilusão.

Isso aconteceu há 24 horas e já vemos o desfile dos mesmos personagens da vida pública e empresarial brasileira há 40 anos dizendo que tudo vai bem, que o mercado está estável, a inflação falsa está sob controle e toda aquela cantilena própria dos que habitam o Monte Olimpo. O curioso é que muitos deles comandam ou trabalham para grupos que tiveram lucro líquido entre 2 e 8 bilhões de dólares nos últimos seis meses. Claro que seus funcionários do Congresso Nacional e dos vários governos concordaram imediatamente. E eu, que estava tão indignado, me acalmei, pois tudo não passou de um mal-entendido.

Para comemorar, estão botando fogo em todas as florestas remanescentes de nosso país, inclusive na Amazônia, para mostrar o júbilo e o patriotismo sempre presentes nestes grandes e honestos homens públicos de nossa maravilhosa e culta nação.

Rapidamente passaram uma reforma política que é uma obra-prima daquele jogo chamado trocar seis por meia dúzia, mostrando toda a enorme criatividade e capacidade de nossos comandantes.

Um outro prefeito, antigo mestre de vampirismo, com toda a prática em palcos mambembes, aproveitou a alegria deste momento para dizer que há centenas de novos radares fotográficos, e que agora basta você estar dentro de um carro para ser multado. Tudo pela saúde do povo. Para o nosso bem.

E prefeitos locais avisam que para cada buraco aniversariante de um ano eles edificarão uma nova lombada e contratarão novo parasita.

E ainda os membros dos legislativos municipais, estaduais e federais, num enorme esforço de união e sacrifício, passarão a trabalhar 15 minutos a mais cada 15 dias.

Os membros do Executivo fizeram também o juramento solene de controlar o nepotismo. Não poderão, em hipótese nenhuma, sob as penas das molezas da lei, contratar mais do que 50 parentes, familiares ou amigos.

Já o Legislativo, mais humilde, prometeu não trocar de carros importados e blindados mais de uma vez por ano.

Calmo e tranqüilo, preparo-me para a volta da rotina de viver para pagar impostos, taxas e multas diversos, já livre da preocupação de que a bolsa possa cair, o dólar subir, o risco-país aumentar e de que todas aquelas maravilhosas corporações mercantilistas tenham seus lucros estelares diminuídos.

De qualquer maneira, nas próximas eleições, como sou obrigado a votar e tenho a sensação de que NADA foi ilusão, votarei em branco. Talvez me sinta melhor. “Ouviram do Ipiranga, às margens plácidas… blablablá…”


Veja mais

País de Iluminados
Sumpalo
Bushada
Pantomina Brasileira
Sem Adversários
Lesma Lerda
O País do Tudo Bem
Corrupção virulenta
Infindável Desperdício
Estratégias de Manipulação
Patricia Kaufmann
Dívida Externa
Parados no Tempo
Ressaca Eleitoral
Arte e Política
Amenidades e Pressão
Eleições sem Fim
Eleições 2006
Fernando Ribeiro
Isabelle Ribot

 




Pesquisar



















© SITE DA GRANJA. TELEFONE E WHATSAPP 96948-3326 INFO@GRANJAVIANA.COM.BR