TELEFONE E WHATSAPP 96948-3326 | Quem Somos | Anuncie Já | Fale Conosco            
sitedagranja
| booked.net | Newsletter

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

ASSINAR

| Anuncie Aqui

Colunas Site da Granja Voltar

10/11/2005

Existe vida além de nossos umbigos


Toda quarta-feira, às 7 horas da noite, venho ao colégio realizar minhas duas horas de trabalho voluntário. Seja véspera, de prova ou feriado; faça chuva, só garoa ou temporal, aqui estou como ajudante de curso. Sou quase que um professor auxiliar. Dou assistência especificamente em matemática, mas sempre que posso instigo o lado poético de meus alunos.

São eles na sua maioria adultos de baixa renda, trabalhadores em busca de um sonho. Tentam recuperar, se não todo, pelo menos parte do tempo perdido. A minha classe se equivale a 3º série do ensino fundamental e tem lá seus limites, muitos até. São vivos, mas vivem em mundo que exige minimamente a alfabetização. Escrevem como falam e às vezes não conseguem nem escrever. Percebo que faltam palavras e letras assim como falta ar para um pulmão. Sufoco-me também e tento traze-los junto comigo à superfície, mas muitos se perdem pelo caminho. Não por desistência, é que a sede pelo aprendizado pode ser grande, porém nunca igual à de uma criança. Muita vida já passou por eles, têm filhos e até mesmos dois empregos ou mais. Muito tempo já se foi desde a última vez que pisaram o pé na escola, se é que já pisaram.

Às vezes tenho a certeza de que o trabalho voluntário é mais para mim do que para eles. Essas duas horas semanais são poucas se comparadas ao tempo que eu gasto não fazendo nada, mas a cada minuto consigo sentir o respeito deles por mim. Eles me agradecem por uma ajuda ou pelo simples fato de estar por perto, mesmo que só observando. São pessoas de nomes estranhos e complicados, nomes compostos inimagináveis. São pessoas que buscam dignidade do jeito mais digno. São essas pessoas que fazem das minhas quartas-feiras menos egoístas...

E pensar que tudo começou ao acaso quando freqüentei uma reunião do voluntariado juntamente com um amigo só para saber como era. Hoje completam 9 meses de trabalho e, com o perdão do trocadilho, me sinto nascido pela segunda vez.


Veja mais

Desmitificando a hérnia de disco
TV Vagalume: Chorou ganha colo
TV Vagalume: A criança faz parte da tribo família
Bolo improvisado por Natureba TV
Queijo Vegano no Natureba TV
Batata Chips de forno que não gruda
TV Vagalume: Ajudando as crianças a lidar com a raiva
TV Vagalume: A quietude na convivência com as crianças
O que fazer quando a criança faz birra?
Biscoitos de Polvilho Colorido no Natureba TV
Leite de Coco caseiro no Natureba TV
Mousse de Chocolate na NaturebaTV
Naturvin - Cooperativa de Vinhos Naturais
Vinhos libaneses
Vinhos da Provence
Expovinis Brasil 2015
Amor e Vinho
Você sabe o que é SO2?
Degustando vinhos naturais - parte 1
Os vinhos naturais

 




Pesquisar




X















© SITE DA GRANJA. TELEFONE E WHATSAPP 96948-3326 INFO@GRANJAVIANA.COM.BR