Fone: (11) 4617-3641 | Quem Somos | Anuncie Já | Fale Conosco            
sitedagranja
| booked.net | Newsletter

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

ASSINAR

| Anuncie Aqui

Carreira 40+

02/02/2018

É preciso ser empreendedor?


É só olhar para o lado, para a frente que encontramos alguém falando sobre empreendedorismo. Entramos na internet, ligamos a TV e é a mesma coisa. Então quer dizer que agora todo mundo tem de ser empreendedor? Depende.

Primeiramente vamos ajustar o conceito. A grande maioria das pessoas confunde ser empreendedor com ser empresário. Vamos separar: empreendedorismo é um comportamento. Empresário é uma condição jurídica. Se por um lado você pode ser empreendedor dentro de um órgão público, você pode passar anos sendo empresário e não sendo empreendedor (um quadro um pouco mais difícil, mas é possível).

Ficou confuso? Então vamos começar pela definição do dicionário: “aquele que, por iniciativa própria, realiza ações ou idealiza novos métodos com o objetivo de desenvolver e dinamizar serviços, produtos ou quaisquer atividades de organização e administração”.

Ou, seja, não tem qualquer relação com ter um CNPJ no seu nome. Você pode ser empreendedor da sua própria vida. Ou não. E como isso se encaixa no mundo profissional, e até no pessoal. Vamos então analisar o conceito.

Analisando cada ponto... 

A primeira parte da definição fala de “iniciativa própria”. Isso vale para tudo na vida. O que fazemos apenas depois que alguém nos empurrou ou obrigou dificilmente fazemos com prazer. Da academia a alguma atividade no trabalho. Como isso mexe com a nossa vida neste momento em que cada vez mais as grandes instituições estão ruindo e que a gestão das nossas carreiras sai do RH das empresas e passa para as nossas mãos: TUDO! A empresa não vai mais olhar tempo de casa ou horas que se fica no trabalho para promover alguém. Ela vai escolher quem já está mostrando características de um cargo acima para poder lapidá-las. Então você quer ser gerente, o primeiro passo será buscar conhecimento para transformar suas atitudes em atitudes que a empresa espera de um gerente, por exemplo.

Outro ponto: “desenvolver e dinamizar”. Empreendedor é aquele que busca crescer não importa no que seja. Empresas crescem e gostam de quem quer crescer. Quero ficar aqui no meu cantinho não cabe nessa conversa. E gente lenta também não. Estamos em um mundo em que as coisas acontecem mais rapidamente. Importante lembrar que rápido não quer dizer com pressa, como enfatiza sempre o tão admirado Mario Sergio Cortella. Dinamizar quer dizer não perder tempo com coisas ou pessoas inúteis. Está muito mais ligado a foco e concentração do que fazer de qualquer jeito só para tirar da frente. Até por que, quem faz com pressa tem de fazer novamente para consertar os erros e no fim das contas, ao somar todos os retrabalhos, a tarefa não foi feita com rapidez e muito menos dinamismo.

Fechando o conceito, o dicionário fala de atividades de organização e administração. Sim um empreendedor não fica focado apenas na criatividade de um produto ou serviço: criei um app novo, um bolo ou uma roupa bonita. Empreendedor dá valor à organização e à gestão, porque sabe que elas são elementos importantíssimos para que você tenha tempo e liberdade para criar. Costumo dizer que a disciplina é a melhor amiga da liberdade, mas sobre isso falarei em uma outra oportunidade.

Resumindo para o texto não ficar cansativo: em um mundo em que as grandes organizações estão se tornando a soma das pequenas - ou você acredita que todos aqueles departamentos que você encontra nas grandes indústrias, universidades, hospitais fazem parte da mesma empresa? Engano seu. Sob aqueles grandes guarda-chuvas muitos departamentos são, na realidade, pequenas empresas prestando serviços dentro de um cliente – no caso aquela grande empresa - e você nem sabe. Em um mundo em que a tecnologia substitui muito da estrutura física e humana, em que a mobilidade está comprometida e o CEP da residência já é filtrado nos robôs de seleção de currículos, o consumidor querendo cada vez mais personalização e as relações de trabalho estão perdendo vínculo no mundo todo, será que cada um de nós não precisa colocar pelo menos um pouco do conceito de empreendedorismo mesmo que seja para gerir a própria vida?

Não, realmente você não precisa ser dono de uma empresa. Mas o ambiente atual pede que você seja dono da sua própria vida mesmo que empregado ou até apenas estudando. Então, comportamento empreendedor, mesmo que apenas para autogestão, é algo que vai ser difícil de escapar nestes tempos modernos.


Veja mais

Atualização Profissional
Atualização Profissional
Atualização Profissional
Produtivo sem deixar de ser livre
As Emoções e o Dinheiro
O RH e o Big Data Governamental
Quando a empresa vira alvo na internet
Fake News, você está preparado?
2018: O que precisa ser feito
A revolução dos lixeiros
Home office e a Lei
O pensamento positivo e o medo
Duelo improdutivo por Karen
Escolha de carreira por Karen
Dá tempo de ser mãe e trabalhar?
Terceirização: questão de coerência
Bonzinho X Competente
Quando o RH atrapalha o treinamento
A educação financeira nas empresas
Protagonismo – um caminho sem volta

 


Karen Gimenez

Karen Gimenez - Master Coach, PNL Master e Coach em Inteligência
Financeira. Professora de Pós-Graduação e Diretora de Grupos de Estudos da ABRH
- Associação Brasileira de Recursos Humanos - Regional Alphaville. Atua
como processos de Coaching Executivo e de Negócios, desenvolvimento de
lideranças e porta vozes, gerenciamento de crises, gestão de conflitos e
consultoria estratégica em desenvolvimento de pessoas e equipes. Jornalista com
pós-graduação em Estratégia Empresarial e Geógrafa com especialização em Gestão
do Terceiro Setor. 



Contatos: karen@kgcoaching.netwhatsapp (11) 9 9114-2681 www.kgcoaching.net

Pesquisar

























© SITE DA GRANJA. TELEFONE E WHATSAPP 96948-3326 INFO@GRANJAVIANA.COM.BR